Pular para o conteúdo

O que são grãos integrais?

Os grãos integrais incluem a casca externa (farelo) de trigo, cevada, arroz ou outro grão. Essa camada externa inclui fibras, vitaminas e minerais, todos os quais fazem parte de uma dieta saudável.

As fibras também ajudam as pessoas a se sentirem saciadas e mantém os movimentos intestinais regulares. A farinha branca, ou refinada, é feita dos grãos do grão após a remoção do farelo. A remoção do farelo remove grande parte das vitaminas e fibras.

O que são gorduras sólidas?

As gorduras sólidas contêm muitas gorduras saturadas e trans. Elas são chamadas de gorduras sólidas porque geralmente são sólidas em temperatura ambiente, como manteiga, gordura vegetal e margarina.

As gorduras animais também se enquadram nesta categoria. Carnes gordurosas, natas, pele de frango, bacon e alguns queijos contêm gordura sólida.

As gorduras mais saudáveis têm gorduras insaturadas e geralmente são líquidas à temperatura ambiente, como os óleos. No entanto, se os óleos são hidrogenados, eles se tornam gorduras sólidas. Os óleos hidrogenados são encontrados em algumas margarinas, sobremesas embaladas e produtos de panificação.

Servindo o tamanho certo

Reduzir as porções para tamanhos mais saudáveis permite que o corpo se acostume com o tamanho correto das porções. A maioria das refeições em lanchonetes e restaurantes de fast food são superdimensionadas em termos de porções e calorias.

Encolha seu prato para perder peso

Os pratos de jantar também ficaram maiores, junto com o tamanho das porções. Embora muitas pessoas tenham sido ensinadas a "limpar o prato", isso pode significar que 'estão comendo demais.

Pratos de salada servidos

Coma de um prato menor, como um prato de salada, para o tamanho adequado das porções. Aprenda o tamanho certo da porção e sirva essa quantidade, não voltando por segundos ou servindo em travessas familiares. Mantenha as sobras em recipientes de porção única.

Comer fora? 4 dicas sobre o tamanho da porção

Faça com que as porções do restaurante se encaixem em um plano de alimentação saudável.

  • Peça meia porção ou prato infantil.
  • Se pedir uma entrada grande, peça que metade seja embalada antes de comer.
  • Compartilhe pratos grandes.
  • Escolha um aperitivo e uma sopa em vez do prato principal.

Sua Dieta Diária

A ingestão calórica diária depende da idade, sexo e nível de atividade da pessoa. Em geral, uma mulher que não é fisicamente ativa deve ingerir cerca de 1.600-1.800 calorias por dia. Um homem ativo de tamanho médio provavelmente precisa de 2.400 a 2.800 calorias.

Uma ingestão diária saudável inclui

  • 1,5 a 2 xícaras de frutas e 2 ½ a 3 ½ xícaras de vegetais,
  • 3 xícaras de laticínios com baixo teor de gordura ou sem gordura,
  • 6-9 onças de grãos (lembre-se que metade deve ser grãos inteiros),
  • 5 a 6 ½ onças de proteína magra,
  • não mais do que 5-7 colheres de chá de óleos,
  • apenas 160-330 calorias de gorduras sólidas e açúcares.

Aprenda a avaliar o tamanho de uma porção

Mantenha uma imagem mental do tamanho certo da porção, imaginando itens do dia-a-dia, como uma bola de beisebol, CD ou um baralho de cartas. Dessa forma, é fácil reconhecer o tamanho das porções saudáveis.

Corte aquela batata assada no tamanho certo

O tamanho correto da porção de uma batata é aproximadamente do tamanho de um mouse de computador. Isso equivale a 1 xícara de vegetais.

Mas as batatas dos restaurantes provavelmente serão muito maiores e cheias de coberturas que acumulam calorias. Ao jantar fora, coma metade da batata ou opte por uma batata-doce mais saudável (carregada com vitaminas A e C).

Sirva a quantidade certa

Meia xícara de macarrão tem o tamanho aproximado de meia bola de beisebol. Isso é 1 onça de macarrão (grãos). Certifique-se de contar o número de porções de massa na contagem de grãos do dia. Pule o pão se comer mais de uma porção de massa.

Escolha molhos de tomate em vez de molhos cremosos com alto teor de gordura. 'Escolha um molho com baixo teor de gordura ao fazer salada de macarrão.

Cortar waffles no tamanho certo

Uma porção de 30 gramas de grãos em uma panqueca ou waffle tem o tamanho aproximado de um CD. Substitua a pilha de panquecas por uma panqueca mais um ovo, para obter uma porção de grãos e outra de proteína.

Ou escolha panquecas de grãos inteiros, como trigo sarraceno ou panquecas de trigo integral. Escolha frutas frescas ou xarope sem açúcar para as coberturas.

Seus favoritos podem enganá-lo

Bagels e muffins podem parecer saudáveis, mas geralmente contêm duas a três vezes o tamanho recomendado da porção.

Mesmo um bolinho com baixo teor de gordura pode conter 300 calorias. Manteiga ou cream cheese por cima podem adicionar ainda mais calorias e gordura.

Usar produtos para emagrecer como o detox caps também pode lhe ajudar na perda de peso. Detox caps funciona com ação de limpeza de toxinas, oxidantes e outras gorduras desnecessárias de seu organismo.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

O IMC é um valor calculado e se aproxima do percentual de gordura corporal.

Na verdade, medir o percentual de gordura corporal de uma pessoa não é fácil e muitas vezes impreciso sem o monitoramento cuidadoso dos métodos.

Os métodos a seguir requerem equipamento especial, pessoal treinado, podem ser caros e alguns estão disponíveis apenas em certas instalações de pesquisa.

  • Pesagem subaquática (pesagem hidrostática) : Este método pesa uma pessoa debaixo d'água e, a seguir, calcula a massa corporal magra (músculos) e a gordura corporal. Este método é um dos mais precisos; no entanto, o equipamento é caro.
  • BOD POD : O BOD POD é uma câmara computadorizada em forma de ovo. Usando o mesmo princípio de medição de corpo inteiro da pesagem hidrostática, o BOD POD mede a massa e o volume de um sujeito, a partir dos quais sua densidade de corpo inteiro é determinada. Usando esses dados, a gordura corporal e a massa muscular magra podem ser calculadas.
  • DEXA : A absorciometria de raios-X de dupla energia (DEXA) mede a densidade óssea . Ele usa raios-X para determinar não apenas a porcentagem de gordura corporal, mas também onde e quanta gordura está localizada no corpo.

Os dois métodos a seguir são simples e diretos:

  • Compassos cutâneos : este método mede a espessura das dobras cutâneas da camada de gordura logo abaixo da pele em várias partes do corpo com compassos (uma ferramenta de metal semelhante a uma pinça); os resultados são então usados para calcular a porcentagem de gordura corporal.
  • Análise de impedância bioelétrica (BIA) : Existem dois métodos de BIA. Um envolve ficar em uma escala especial com palmilhas. Uma quantidade inofensiva de corrente elétrica é enviada através do corpo, e então a porcentagem de gordura corporal é calculada. O outro tipo de BIA envolve eletrodos que são normalmente colocados no pulso e no tornozelo e nas costas da mão direita e na parte superior do pé. A mudança na tensão entre os eletrodos é medida. O percentual de gordura corporal da pessoa é então calculado a partir dos resultados da BIA. No início, esse método apresentou resultados variáveis. Equipamentos e métodos de análise mais novos parecem ter aprimorado esse método.

As tabelas de peso para altura são úteis para determinar a obesidade?

Medir a porcentagem de gordura corporal de uma pessoa pode ser difícil, portanto, outros métodos costumam ser usados para diagnosticar a obesidade.

Dois métodos amplamente usados são tabelas de peso para altura e índice de massa corporal (IMC).

Embora ambas as medidas tenham suas limitações, são indicadores razoáveis de que alguém pode ter problemas de peso. Os cálculos são fáceis e nenhum equipamento especial é necessário.

A maioria das pessoas está familiarizada com as tabelas de peso por altura.

Embora essas tabelas já existam há muito tempo, em 1943, a Metropolitan Life Insurance Company introduziu sua tabela com base nos dados dos segurados para relacionar o peso à doença e mortalidade.

Médicos e enfermeiras (e muitos outros) usam essas tabelas há décadas para determinar se alguém está acima do peso. As tabelas geralmente têm uma faixa de pesos aceitáveis para uma pessoa de uma determinada altura.

Um problema com o uso de tabelas de peso para altura é que os médicos discordam sobre qual é a melhor tabela a ser usada. Várias versões estão disponíveis.

Muitos têm faixas de peso diferentes e algumas tabelas levam em consideração o tamanho do corpo de uma pessoa, idade e sexo, enquanto outras tabelas não.

Uma limitação significativa de todas as tabelas de peso para altura é que elas não fazem distinção entre o excesso de gordura e músculo.

Uma pessoa muito musculosa pode ser classificada como obesa, de acordo com as tabelas, quando na verdade não o é.

Uma das melhores formas para perder peso é usar produtos naturais, como o detox caps. Detox caps funciona emagrecendo quem usa e limpando seu organismo de toxinas e oxidantes desnecessários. Vale a pena conhecê-lo!

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Algumas dietas são mais conhecidas e respeitadas do que outras, e isso não é novidade pra ninguém.

Optar por uma dieta saudável e que traga resultados interessantes a longo prazo é melhor do que dietas mirabolantes e que só deterioram o seu organismo.

A Dieta Ornish é famosa e respeitada em todo o mundo pelos resultados benéficos ao nosso organismo.

Justamente por não agredir seu organismo de maneira abrupta.

Usar produtos para emagrecer que limpam seu organismo também pode ajudar a acelerar a perda de peso, como o detox caps.

Detox caps funciona e muitas pessoas estão utilizando!

Caso quiser conhecer a dieta Ornish em sua teorias, vantagens e desvantagens, leia conosco abaixo:

A Teoria do Plano de Dieta

Comer mais, pesar menos é uma das poucas dietas desenvolvidas como resultado de pesquisas.

O objetivo principal dessa dieta era reverter as doenças cardíacas. A base para essa dieta é consumir uma dieta vegetariana com alto teor de fibras e baixo teor de gordura, com quantidades limitadas de laticínios.

O objetivo é consumir principalmente carboidratos complexos (vegetais, frutas e grãos inteiros), baixo teor de gordura total principalmente de ácidos graxos ômega-3 e limitado em gordura saturada e baixo teor de açúcar.

A atividade física e o gerenciamento do estresse também são enfatizados.

Vantagens

A pesquisa apóia os benefícios dessa dieta à saúde, e você perderá peso se seguir o plano. O site fornece receitas e informações detalhadas sobre nutrição, exercícios e controle do estresse.

Desvantagens

A principal desvantagem dessa dieta é que ela pode ser extremamente limitada e difícil para algumas pessoas segui-la.

A ingestão média de gordura é de apenas 6% do total de calorias, o que é consideravelmente inferior aos 20% a 35% recomendados. Essa limitação ocorre porque a carne foi omitida do plano.

Cortar todo um grupo de alimentos pode ser uma restrição muito grande para manter a longo prazo, então algumas pessoas fazem melhor modificando esta dieta para permitir uma quantidade moderada de carne.

A alta ingestão de fibras também pode representar um problema inicialmente.

É melhor aumentar lentamente a quantidade de fibra que você consome para que seu corpo possa se acostumar com isso.

O objetivo é sempre a perda e manutenção de peso a longo prazo. Esta dieta tem pesquisas para apoiá-la, mas pode precisar de modificações para que funcione para você.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Imagine um dia estressante: Seu chefe chamou você na frente de toda a equipe por um deslize; o novo medicamento de sua mãe não parece estar ajudando; você sempre se esquece de ligar para o carpinteiro sobre o vazamento.

Você compra seu doce preferido e se senta para saboreá-lo. Após a primeira mordida, chega uma mensagem de texto e você começa a verificar seu telefone. Em breve, tudo o que resta do seu doce é um saco de papel coberto de migalhas.

Você comeu tudo, mas não deu tempo para se divertir. Este cenário parece familiar? Talvez você substitua um doce por algo crocante ou salgado, mas a ideia é a mesma.

Chama-se comer emocionalmente - recorrer à comida em busca de conforto quando se sentir estressado, com raiva ou triste, mesmo se não estiver com fome.

A conexão de peso emocional

Comer emocional é um mecanismo de enfrentamento que algumas pessoas usam para aliviar o estresse, o medo, a raiva, o tédio e a solidão.

Às vezes, as emoções ficam tão ligadas aos hábitos alimentares que você procura comida reconfortante sem perceber. Se você é um comedor emocional, provavelmente aprendeu que o alívio da comida não dura muito.

Esse hábito pode causar ganho de peso com o tempo, especialmente se seus alimentos favoritos são ricos em calorias, açúcar e gordura - e geralmente são. O excesso de peso pode aumentar o risco de doenças cardíacas, derrames e outras doenças crônicas - sem mencionar que aumenta o estresse que você está sentindo.

Comer atento

Se você está comendo por outros motivos que não a fome, é hora de retreinar seus hábitos. A alimentação consciente é uma técnica que os nutricionistas usam com os clientes para ajudar a conter a alimentação emocional.

Envolve prestar atenção deliberada às suas escolhas alimentares e estar ciente do que está acontecendo em seu corpo e mente.

Você pode aprender a reorientar seus padrões alimentares. Considere obter a ajuda de um nutricionista e / ou psicólogo especializado em alimentação consciente.

Enquanto isso, aqui estão algumas dicas para você começar:

  1. Escreva. Comece um diário alimentar e de humor, para controlar o que e quanto você come e como você se sente ao comer. Procure padrões para ver a conexão entre seu humor e os desejos por comida.
  2. Quebre o ciclo. Se você identificar um padrão negativo, tome medidas para alterá-lo. Talvez você possa substituir por alternativas mais saudáveis para substituir junk food ou reduzir o tamanho das porções. Ou dê um passeio quando surgir um desejo para se distrair da tentação.
  3. Livre-se das distrações. Quando estiver comendo, desligue todas as telas e concentre-se na comida - no sabor, no cheiro e na aparência. Aproveite cada mordida e preste atenção às suas dicas de plenitude.
  4. Avalie e depois morda. Antes de fazer um lanche, pare um segundo para avaliar sua fome em uma escala de 1 a 5. Você está realmente com fome ou apenas entediado? Comece com um copo de água - às vezes a sede se disfarça de fome. Depois de alguns minutos, se ainda estiver com fome, aprecie a comida.
  5. Vá devagar. Estabeleça pequenas metas para mudar seu comportamento. Por exemplo, comece fazendo as refeições em uma mesa, em vez de quando estiver em trânsito. Ou abaixe o garfo entre as mordidas para saborear a comida. Mudar hábitos antigos exige tempo e compromisso.
  6. Use Detox Caps. Detox Caps funciona como um potente emagrecedor, além de possuir a função de limpeza de toxinas e oxidantes de seu organismo. Vale a pena conhecer!

Com um pouco de prática, a alimentação consciente pode ajudá-lo a encontrar a alegria na comida e a aprender a ouvir - e amar - seu corpo.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Se você é daqueles que ama passeios de barco, lancha, jet ski e iate, provavelmente já se perguntou onde essas embarcações ficam atracadas, quais são os custos para manter lancha, barco e outras embarcações e como funciona uma marina

Pensando nisso, neste artigo reunimos uma série de informações sobre o que é uma marina e como funciona essa estrutura pensada exclusivamente nas embarcações. Sendo assim, confira a seguir todas essas informações.

O que é uma marina?

A primeira coisa que você precisa saber é que uma marina é um conjunto de instalações adaptadas para oferecer inúmeros serviços para embarcações, incluindo abrigo, abastecimento de combustível, garagem náutica, entre outras coisas. Também um local adequado para levar as crianças para passeio.

Algumas marinas ficam na água salgada e outras ficam em água doce. Contudo, a maioria delas oferecem vagas para embarcações, podendo ser secas ou molhadas, dependendo da necessidade do dono do barco. 

As vagas secas são compostas por galpões arejados e abrigados. Já as vagas molhadas são locais adaptados para atracar embarcações e mantê-las "guardadas" na água. 

Sendo assim, você pode pensar que uma marina é uma garagem de barco ou estacionamento de barcos. Na verdade, às vezes confundida com a garagem náutica, a marina é mais que um lugar onde estacionar barcos. Ela oferece infraestrutura e vários serviços tanto para as embarcações quanto para os donos de barcos. 

Como funciona uma marina?

Agora que você já sabe o que é uma marina, provavelmente quer saber como funciona uma marina. Se você já conhece a garagem náutica, saiba que uma marina funciona de forma similar, pois também oferece o chamado "estacionamento para barcos", ou seja, as vagas para embarcações. 

Contudo, a marina reúne uma série de serviços complementares, além de contar com uma infraestrutura muito maior e mais adaptada para oferecer todos esses serviços. Portanto, uma marina funciona como um estaleiro e ao mesmo tempo garagem náutica. Lá é possível atracar sua embarcação e ao mesmo tempo ter serviços de abastecimento, limpeza, manutenção, mecânica, despachante, aluguel de embarcações e muitos outros. 

Por isso, quem tem uma embarcação ou mesmo gosta de passeios de barco, lancha ou jet ski, não pode deixar de conhecer uma marina e contar com todos esses serviços especializados em embarcações recreativas. 

Quais são os serviços de marina mais comuns?

São muitos os serviços que você poderá encontrar em uma marina e cada local oferece uma gama de serviços diferentes. Por isso, é sempre importante consultar se a marina escolhida oferece os serviços que você procura. Em todo caso, veja a seguir os principais serviços oferecidos por uma marina:

  • Transporte próprio e especializado para embarcações
  • Manutenção especializada de barco, lancha e jet ski
  • Abastecimento de embarcações com gasolina ou diesel
  • Vagas de garagem que podem ser secas e molhadas
  • Segurança com monitoramento e alarmes nas vagas de garagem
  • Ajuda náutica com material de salvatagem em caso de imprevistos em alto mar
  • Auxílio burocrático com despachante especializado em embarcações
  • Infraestrutura completa como pier, rampa de fácil acesso à água, água potável, banheiros, vestiários e restaurante

Algumas marinas ainda contam com estacionamento próprio para automóvel com toda a segurança necessária para os donos de embarcações e visitantes. Outras ainda oferecem embarcações para passeios recreativos por meio do aluguel de barco, jet ski ou lancha. 

Quais são os custos para manter lancha?

Quem pensa que os custos com a compra de um barco, lancha ou jet ski se resumem ao preço de compra da embarcação e ao combustível, está muito enganado. Há muitos gastos para manter embarcações, como a vaga em marina, manutenção preventiva, mecânica de barco, limpeza da embarcação, serviço de ligação do motor semanalmente, entre outros custos. 

Os valores para manter uma lancha ou barco variam muito, pois dependem principalmente do tamanho da embarcação. Quanto maior é a embarcação, mais caro são os serviços em torno da lancha ou barco. 

Além disso, é preciso considerar se o proprietário tem local adequado para guardar a embarcação ou se precisará de uma garagem própria, como as vagas para barcos oferecidas por marinas. No caso de proprietários que possuem local adequado para guardar a embarcação, é preciso pensar no transporte dessa lancha até a água doce ou salgada, conforme roteiro de viagem. 

Ou seja, há uma série de custos envolvidos em ter uma lancha, barco, jet ski ou iate. Portanto, se você pretende comprar uma embarcação é importante considerar se vale mais a pena adquirir a embarcação ou alugar barco ou lancha para passeio recreativo. 

Quanto custa deixar barco em marina?

Como mencionado anteriormente, os custos variam muito dependendo do tipo de vaga escolhido e do tamanho da embarcação. Por exemplo, uma embarcação de 23 pés pode ter um custo de R$ 1200,00 por mês para ficar guardado em uma marina. Mas isso é apenas um valor aproximado, pois cada marina trabalha de uma forma e costuma incluir outros serviços também. 

Isso significa que, se for contratado serviços adicionais como limpeza do barco e ligação do motor semanalmente, o custo por mês para deixar barco em marina pode ser ainda maior. 

Quanto custa marina para jet ski?

Assim como no caso anterior, depende de uma série de fatores. Nesse caso, o principal fator é a escolha da vaga, já que os tamanhos dessas embarcações não costumam variar tanto. Portanto, o preço irá variar se a vaga for molhada ou seca e se outros serviços também forem incluídos no custo para deixar jet ski em marina. 

Sendo assim, mais uma vez devemos lembrar que, se você pretende comprar uma embarcação, é fundamental considerar se os custos mensais e anuais para manter a embarcação cabem no seu bolso. Além disso, você deve avaliar se vale mais a pena alugar uma lancha, barco ou jet ski para passeio recreativo do que adquirir alguma dessas embarcações.

Em todo caso, os serviços oferecidos por uma marina atenderá você em todos os quesitos, desde o aluguel de embarcações até os cuidados especializados com seu barco, lancha ou jet ski. Sendo assim, vale muito a pena visitar uma marina e aproveitar todos esses serviços oferecidos especificamente para embarcações recreativas.

Algumas crianças podem ter dificuldade com os aspectos físicos da alimentação e faltar algumas habilidades motoras orais, como mastigar, chupar e engolir.

Isso ocorre por meio de práticas insalubres que os colocam em risco de atraso ou desenvolvimento anormal e incluem:

  • bebês sendo alimentados por bicos de mamadeira com orifícios extragrandes para acelerar o processo de alimentação. Esses bebês geralmente desenvolvem as habilidades necessárias para evitar asfixia, mas podem não desenvolver um padrão de sucção forte e eficiente
  • bebês sendo transferidos muito cedo de mamadeiras para xícaras, diminuindo ainda mais as oportunidades de desenvolver a sucção
  • transição de bebês sob cuidados para alimentos sólidos que geralmente são insossos e com muito pouca textura. Como resultado, as crianças têm oportunidades limitadas de desenvolver ainda mais os músculos dos articuladores da fala (língua, lábios, bochechas, mandíbula). Ao introduzir alimentos sólidos, inclua uma mistura de salgadinhos, purê e picados. Quando os alimentos sólidos são introduzidos pela primeira vez por volta dos 6 meses de idade, os bebês são mais propensos a experimentar e aceitar novos alimentos

"Seja paciente, procure o conselho de um profissional. Considere falar com a enfermeira designada da criança se ela estiver tendo problemas com novas texturas de alimentos.”

É interessante inclusive entender melhor para solucionar problemas de obesidade infantil.

Usar produtos detox com recomendação médica pode ser uma boa opção.

Detox caps funciona limpando seu organismo e diminuindo sua composição corporal a nível de gorduras.

Os sintomas comuns de distúrbio motor-oral incluem:

  • uma postura de boca aberta com uma língua protuberante sem tom
  • um comedor bagunçado que tem dificuldade em gerenciar uma variedade de texturas
  • dificuldade em mastigar alimentos mais duros
  • aquisição de sons de fala atrasada com dificuldade de entender a fala

Os cuidadores preocupados com as habilidades motoras orais das crianças devem entrar em contato com o visitante de saúde ou médico de família, que pode encaminhá-los a um serviço especializado, se apropriado, como um fonoaudiólogo, para um exame.

O profissional pode fornecer sugestões para melhorar a força e coordenação dos músculos necessários para a fala e alimentação, ou fornecer terapia contínua para ajudar a superar essas dificuldades.

Fale com a enfermeira designada da criança ou o clínico geral para encaminhamento e mais informações.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Você está pensando em dar um novo visual ao seu quarto de casal e não  tem ideia por onde começar?

Então  saiba que pequenos detalhes podem fazer toda a diferença, onde uma simples mudança na disposição dos móveis ou uma pintura nova pode dar a sensação de um novo quarto.

Cada vez mais, recebemos em nossa empresa de administração de condomínios clientes pedindo dicas de decoração, pois isso também faz parte do nosso dia a dia.

Por isso, com base em nossa experiência, selecionamos aqui 5 dicas top para decorar seu quarto de casal.

07 - 5 Dicas de Decoração para o Seu Quarto de Casal

 

5 dicas para decoração de seu quarto de casal

É bem provável que você já saiba que o primeiro passo é tirar todas as medidas do espaço.

Assim, vai ficar bem mais fácil no momento de escolher os móveis, caso esse seja o seu caso.

O que não pode acontecer é comprar algum móvel que depois você perceba que fica impossível de circular pelo quarto por conta do tamanho.

Mas se você quiser manter o mobiliário já existente, veja aqui 5 dicas para mudar completamente o layout do seu quarto.

1.Defina o estilo que tem mais a ver com o perfil do casal

Quando você define um estilo para o seu quarto, otimiza muito o trabalho, pois vai procurar adaptar o espaço para esse estilo.

Por exemplo, se optar por um estilo moderno, vai investir em móveis práticos e funcionais, além de cores mais claras.

2.Mudar a cor das paredes

Uma dica para dar um novo visual no quarto é mudar a cor das paredes.

No entanto, tome um certo cuidado apenas quanto ao tamanho do quarto, pois se colocar um tom muito vibrante, a tendência é que pareça menor do que realmente é.

Nesse caso, aposte em cores mais claras, pois dão a impressão de amplitude, e aí você apostaria em objetos decorativos, como almofadas e colchas, com cores estampadas ou tons mais fortes.

3.Recicle os móveis

Aquela velha história de reciclar também vale para os móveis do quarto. 

Além de você gastar bem menos, vai deixar, por exemplo, uma cômoda ou o armário do jeito que deseja.

Se você for mais habilidoso, pode também pensar em colocar uma cabeceira na cama ou estofar uma poltrona. O que vale aqui é sua criatividade!

4.Adesivos e papel de parede nas paredes

Os adesivos estão em alta hoje, onde você encontra desenhos para todos os tipos de estilo.

Uma dica é colocar adesivos ou papel de parede na parede onde fica a cama, o que vai realçar bastante o ambiente.

5.Móveis planejados

Se o seu problema é falta de espaço para organizar suas coisas, uma dica é apostar em móveis planejados, onde cada coisa tem o seu lugar.

Além disso, você consegue aproveitar todos os espaços, deixando o quarto mais organizado e sem o risco de ficar constantemente bagunçado.

Independentemente de qual seja o tamanho do seu quarto de casal, tenha sempre em mente que é um espaço onde você deve se sentir bem, e ser o mais acolhedor possível.

Em uma era de dietas com alto teor de proteína e baixo teor de carboidratos, você pensaria que uma deficiência de proteína é inédita, mas ficaria surpreso com quantas pessoas economizam neste poderoso macronutriente, especialmente aquelas que jejuam intermitentemente ou cortam calorias .

A proteína é essencial para uma variedade de funções corporais, incluindo construir e reparar músculos, controlar a fome e estabilizar o açúcar no sangue, e desenvolver cabelos e unhas saudáveis.

Portanto, se você não está recebendo proteína suficiente, isso pode afetar tudo, desde seu peso até seu humor.

Nossos corpos podem absorver apenas 20 a 30 gramas de proteína de uma vez, diz Sarah Mirkin, RDN, autora de Fill Your Plate, Lose The Weight, um plano de perda de peso de 21 dias para mulheres com mais de 40 anos.

Caso quiser amegrecer de forma mais segura, pode usar detox caps que são cápsulas detoxque limpam seu organismo de gorduras e toxinas desnecessárias.

Detox caps funciona de forma natural e ainda mais rápida.

Mirkin recomenda consumir pelo menos 20 gramas de proteína em cada refeição. Consumir essa quantidade o ajudará a ficar satisfeito e ter energia suficiente para o dia inteiro. Dito isso, há sinais de que seu corpo está lhe dizendo que você precisa de mais proteína. Fique atento a essas bandeiras vermelhas.

Você está malhando, mas a gordura da barriga não se move

Quando você levanta pesos, as fibras musculares se rompem. Para ajudá-lo a reparar os músculos e torná-los mais fortes do que antes, uma porção de proteína pós-treino é fundamental.

“Se você deixar de reabastecer com proteína após os treinos, você apenas quebrou o músculo, o que resulta em perda muscular”, diz Mirkin. Desfrute de um desses lanches cheios de proteína após um treino duro para ajudar a restaurar seus músculos.

Você está constantemente desejando açúcar e carboidratos.

Quando você faz uma refeição que não tem proteína suficiente, é mais provável que você se sinta insatisfeito e comece a comer alimentos gordurosos e açucarados.

Natalie Jill, a treinadora líder do Fit After 40 , diz: "A proteína equilibra as coisas, interrompe os desejos e nos mantém satisfeitos por mais tempo." Certifique-se de consumir proteína suficiente em todas as refeições para manter seu desejo por doces sob controle. Algumas opções de proteína magra incluem peixe selvagem, bife do lombo, peru moído e peito de frango.

Sua pele está seca e escamosa.

Se você costumava ter uma pele rechonchuda e brilhante, agora sem brilho e escamosa, isso pode ser um sinal de que há falta de proteína em sua dieta.

“As proteínas constituem os blocos de construção de nosso cabelo, unhas e pele. Se você não está recebendo o suficiente, você pode desenvolver cabelos quebradiços e secos ou pele seca e escamosa”, diz Steven Bowers, DO, autor de Secrets of the World Healthiest People .

Prepare a refeição desses muffins de ovo de espinafre e queijo de cabra para um café da manhã portátil e com proteína durante toda a semana.

Você está com fome uma hora depois de comer.

Os carboidratos demoram menos para digerir do que as proteínas e as gorduras. Isso significa que você sentirá fome em menos tempo se acumular carboidratos e não equilibrar suas refeições com mais proteína e gordura.

“Se você começar o dia apenas com leite e cereais, o açúcar no sangue vai disparar e depois cair”, explica Mirkin. “Isso fará com que você busque mais carboidratos para se levantar novamente.”

Mirkin recomenda comer uma refeição balanceada com proteínas, gorduras e carboidratos para ficar satisfeito por horas. Isso se divide em 40% de proteína, 30% de gordura e 30% de carboidrato por refeição.

Você se sente cansado o tempo todo.

“Se você está economizando em proteínas, pode sentir uma névoa no cérebro ”, diz Mirkin. “A proteína faz você se sentir mais acordado e alerta, enquanto os carboidratos podem fazer você se sentir sonolento.”

Uma deficiência de ferro, também conhecida como anemia, também pode causar fadiga extrema.

Acontece que alguns alimentos ricos em ferro também são ricos em proteínas, como feijão, quinua, carne moída e fígado de galinha.

Seu cabelo está caindo.

Um rabo de cavalo mais leve pode ser o grito de socorro do seu cabelo. “ A perda de cabelo é muito comum em dietas de baixa caloria e proteína”, diz Mirkin.

“Os aminoácidos essenciais são necessários para cabelos, pele e unhas saudáveis.” Se você não come carne ou não a limita em sua dieta, certifique-se de adicionar essas fontes vegetais de proteína completa às suas refeições.

Eles contêm todos os nove aminoácidos essenciais que nosso corpo não consegue produzir por conta própria.

Mirkin criou receitas especiais que embalam uma dose dupla de ingredientes saudáveis para os cabelos em seu novo livro Fill Your Plate, Lose The Weight. Experimente adicionar um de seus favoritos, como esta salada de salmão com abacate e tomate, ao seu plano de refeição semanal.

Você está perdendo peso, mas suas roupas ainda estão justas.

É possível pesar menos, mas parece que você não perdeu um quilo se você está perdendo músculos em vez de gordura.

Você tende a perder mais massa muscular com a idade. “Quando nossos hormônios começam a mudar, comer proteínas se torna ainda mais essencial porque é o momento em que nosso corpo começa a perder massa magra”, diz Jill.

Preserve os músculos conquistados com dificuldade, acumulando proteínas e eliminando as calorias vazias de alimentos açucarados e altamente processados.

Você está mais mal-humorado do que o normal.

A proteína pode melhorar o seu humor, fornecendo os aminoácidos essenciais para a produção dos neurotransmissores serotonina e dopamina.

“Sem esses aminoácidos essenciais, é provável que você experimente depressão , alterações de humor e ansiedade”, diz Mirkin.

Da próxima vez que você se sentir deprimido, experimente um desses waffles de proteína bons para você para um doce saudável que vai levantar seu ânimo.

Você está sempre inchado.

Mesmo se você evitar bebidas e alimentos que induzem o inchaço, você ainda pode sentir inchaço na barriga, pernas e tornozelos devido à falta de proteínas.

“A proteína é necessária para manter um equilíbrio adequado de fluidos dentro e fora das células do seu corpo”, diz Mirkin.

Traga seu corpo de volta ao equilíbrio ao incorporar mais proteína em seus pratos, como trocar iogurte grego por creme de leite ou trocar proteína em pó de chocolate por cacau em pó em produtos de panificação.

Você está demorando mais dias doentes

A proteína alimenta os anticorpos que combatem as doenças, tornando-a um importante estimulador imunológico.

Se você continuar pegando resfriados, uma deficiência de proteína pode ser a culpada. Mirkin observa: “A maioria dos alimentos ricos em proteínas também contém zinco, que ajuda a combater infecções”.

Obtenha um grande impulso de poder de combate aos germes com este smoothie de manga de morango, que contém mangas embaladas com vitamina C e iogurte grego rico em proteínas.

Encha o seu prato e perca o peso

E então,ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Contea nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Go to Geek Prank and try the online Windows XP simulator, play with the classic Minesweeper and Tetris games or listen to some music.

A água de gengibre pode ser facilmente preparada em casa e é uma maneira conveniente de consumir gengibre por seus potenciais benefícios à saúde.

As pessoas usam o gengibre há milhares de anos, tanto como condimento em alimentos quanto como remédio natural, para tratar uma variedade de doenças, como dor e náusea.

Neste artigo, examinamos os benefícios e riscos potenciais do gengibre e algumas das evidências científicas a respeito, além de como fazer água com gengibre em casa.

Benefícios para a saúde

A água de gengibre pode ajudar com dores, náuseas e perda de peso.

Embora existam estudos que apóiam os benefícios potenciais do gengibre para a saúde, há pesquisas limitadas sobre o consumo de água com gengibre especificamente.

A maioria dos estudos não indica se os participantes tomaram gengibre em cápsulas, adicionaram-no à comida ou beberam água com gengibre ou chá.

No entanto, gengibre e água com gengibre podem ser úteis para as seguintes condições:

Dor

A água de gengibre pode ajudar a diminuir alguns tipos de dor.

Em um estudo que envolveu 60 adultos com enxaqueca, os pesquisadores descobriram que usar o gengibre como uma terapia adicional era melhor do que tomar analgésicos sozinho.

Náusea

As pessoas há muito usam o gengibre como um tratamento à base de ervas para as náuseas.

Em uma revisão de 2015, os pesquisadores analisaram nove estudos em que as pessoas usaram gengibre para náusea pós-operatória, efeitos colaterais da quimioterapia, náusea viral e enjôo matinal.

Os estudos, embora nem sempre clinicamente estanques, todos indicaram que o gengibre proporcionou uma redução nas náuseas e vômitos.

Níveis de colesterol

Um estudo em ratos sugere que o gengibre pode reduzir os níveis de colesterol.

Os ratos comeram uma dieta rica em colesterol, o que aumentou seu colesterol total, triglicerídeos e lipoproteínas de baixa densidade.

Os pesquisadores descobriram então que alimentar os ratos com suplementos contendo gengibre evitou o colesterol alto na corrente sanguínea.

No entanto, mais pesquisas são necessárias para determinar se o gengibre teria os mesmos efeitos sobre os níveis de colesterol em humanos.

Controle de açúcar no sangue

A água de gengibre pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue em jejum em pessoas com diabetes tipo 2.

Em um estudo de 12 semanas , os pesquisadores dividiram 41 pessoas com diabetes tipo 2 em dois grupos. Um grupo tomou 2 gramas de um suplemento de gengibre em pó por dia, enquanto o segundo grupo recebeu um medicamento placebo.

As pessoas que tomaram gengibre experimentaram uma redução significativa no açúcar no sangue em jejum.

Perda de peso

Em outro estudo, os pesquisadores dividiram 10 homens em dois grupos. Um grupo bebeu água quente com gengibre após o café da manhã. O outro grupo não.

Os homens que beberam água com gengibre relataram maior sensação de saciedade.

Embora o estudo tenha sido pequeno e sejam necessários estudos adicionais, ele sugere que a água com gengibre pode ter um papel no controle de peso.

Além de fazer a limpeza do organismo de toxinas desnecessárias, o que também ajuda no emagrecimento.

Mas, existem outras opções para a perda de peso e desintoxicação do organismo.

Detox caps funciona da mesma maneira, mas com um efeito muito mais rápido.

Riscos e efeitos colaterais

Beber água com gengibre parece ser seguro para a maioria das pessoas. No entanto, pode haver algumas situações em que é melhor consultar um médico primeiro.

De acordo com o Centro Nacional de Saúde Complementar e Integrativa, existem algumas preocupações de que o gengibre pode interferir na medicação para diluir o sangue.

Embora a pesquisa seja inconclusiva, as pessoas que tomam anticoagulantes devem falar com seu médico antes de beber água com gengibre.

Pessoas que bebem água com gengibre em excesso podem experimentar efeitos colaterais leves, incluindo:

  • gás
  • dor abdominal
  • diarréia
  • azia

Um estudo, que usou dados de 1.020 mulheres, revisou a segurança do gengibre durante a gravidez.

Os pesquisadores descobriram que o uso de gengibre durante a gravidez para tratar náuseas e vômitos não aumentou o risco de:

  • natimorto
  • nascimento prematuro
  • malformações de nascimento
  • um baixo índice de Apgar (aparência, pulso, careta, atividade e respiração em recém-nascidos)

No entanto, embora nenhum estudo tenha concluído que o gengibre causa danos na gravidez, ainda é melhor conversar com um médico antes de beber água com gengibre durante a gravidez.

Como fazer água de gengibre em casa

As pessoas podem fazer água com gengibre em casa e adicionar limão para melhorar o sabor

Como alternativa, uma pessoa pode fazer água com gengibre em casa.

A melhor maneira de fazer isso é usando raiz de gengibre fresco, que as pessoas podem encontrar em supermercados na seção de produtos frescos.

Uma maneira comum de fazer água com gengibre é a seguinte:

  1. rale 1,5 colheres de chá de gengibre fresco
  2. ferver 4 xícaras de água
  3. adicione o gengibre na água
  4. retire a água do fogão
  5. deixe o gengibre em infusão por cerca de 5 a 10 minutos
  6. coar o líquido para remover pedaços de gengibre
  7. deixe a água esfriar o suficiente para beber ou coloque na geladeira e beba gelada

O gengibre tem um sabor forte. Para algumas pessoas, adicionar um sabor, como mel ou limão, pode melhorar o sabor.

Resumo

A pesquisa não é conclusiva de que beber água com gengibre melhora a saúde de uma pessoa. No entanto, estudos limitados mostram alguns possíveis benefícios. Como

beber água com gengibre parece ter poucos riscos para a maioria das pessoas, pode valer a pena tentar.

Também pode incentivar a ingestão de mais água, uma boa maneira de se manter bem hidratado.

É relativamente fácil fazer água com gengibre em casa.

Como acontece com todos os suplementos ou remédios de saúde, é melhor conversar com um médico antes de tentar água com gengibre.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao contedo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

A biotina é uma vitamina B que ajuda o corpo a converter alimentos em energia.

Também chamada de vitamina H ou vitamina B7, é importante para o funcionamento dos olhos, cabelos, pele e cérebro. Também pode apoiar a função hepática;

A biotina é uma vitamina solúvel em água, o que significa que seu corpo não a armazena. Como resultado, você precisa consumi-lo regularmente para manter os níveis adequados.

A deficiência de biotina é tão rara que não há evidências suficientes para estabelecer uma dose diária recomendada (RDA) ou uma necessidade média estimada (EAR) para ela.

No entanto, o valor diário (DV) da biotina é normalmente cerca de 30 mcg por dia.

Embora a biotina esteja disponível como suplemento, a maioria das pessoas pode obter tudo o que precisa com uma dieta variada.

A biotina é uma das principais vitaminas responsáveis pela limpeza de toxinas de nosso corpo.

E caso esteja com déficit da mesma, podemos usar opções alternativas para essa limpeza, como usar o detox caps.

Entre outros alimentos que também são ricos em biotina.

Aqui estão os 10 principais alimentos ricos em biotina.

1. Gemas de ovo

Os ovos estão cheios de vitaminas B, proteínas, ferro e fósforo. A gema é uma fonte especialmente rica em biotina.

Um ovo inteiro cozido (50 gramas) fornece aproximadamente 10 mcg de biotina, ou aproximadamente 33% do DV.

Você deve sempre cozinhar os ovos totalmente, para reduzir o risco de envenenamento por Salmonella e melhorar a absorção de biotina.

A clara do ovo contém uma proteína chamada avidina, que pode interferir na absorção da biotina se comida crua.

Os ovos podem ser cozidos , mexidos ou usados para fazer produtos assados, como muffins ou waffles.

RESUMO

Ovos inteiros cozidos são uma boa fonte de biotina devido à gema, que é rica em várias vitaminas B.

2. Legumes

Legumes como ervilhas, feijões e lentilhas são ricos em proteínas, fibras e numerosos micronutrientes.

Algumas das fontes mais ricas de biotina nesta categoria são amendoim e soja.

Uma porção de 1 28 gramas de amendoim torrado contém pouco menos de 5 mcg de biotina, ou 17% do DV.

Um estudo sobre o conteúdo de biotina em alimentos japoneses populares encontrou 19,3 mcg de biotina - 64% do DV - em uma porção de 3/4 de xícara (100 gramas) de soja inteira.

Os legumes são normalmente fervidos e usados como base para entradas e saladas ou incorporados em salteados ou pratos assados.

RESUMO

Legumes, especialmente amendoim e soja, são uma boa fonte de biotina. Eles também são ricos em proteínas, fibras e outras vitaminas e minerais.

3. Nozes e sementes

Nozes e sementes são uma boa fonte de fibra, gordura insaturada e proteína. A maioria também fornece biotina, mas a quantidade tende a variar de acordo com o tipo.

Uma porção de 1/4 xícara (20 gramas) de sementes de girassol torradas oferece 2,6 mcg de biotina, ou 10% do DV, enquanto 1/4 xícara (30 gramas) de amêndoas torradas contém 1,5 mcg, ou 5% do DV.

Nozes e sementes podem ser apreciadas cruas, colocadas em saladas, misturadas em pratos de massa e salteados ou misturadas em nozes caseiras e manteigas de sementes.

RESUMO

Comer uma variedade de nozes e sementes é uma boa maneira de aumentar a ingestão de biotina. Sementes de girassol e amêndoas são fontes especialmente boas.

4. Fígado

Certas carnes orgânicas , especialmente fígado, são ricas em biotina. Isso faz sentido biologicamente, já que a maior parte da biotina do corpo é armazenada no fígado.

Apenas 75 gramas de fígado bovino cozido fornecem aproximadamente 31 mcg de biotina, ou 103% do DV.

Fígado de frango cozido é uma fonte ainda mais rica, contendo 138 mcg por porção de 75 gramas - impressionantes 460% do DV.

Algumas pessoas gostam de fígado frito com cebola, picado em hambúrgueres caseiros ou picado e cozido em pratos de massa.

RESUMO

Embora o fígado não seja um dos alimentos mais populares, é uma das melhores fontes de biotina. Uma porção padrão de fígado de frango e bovino fornece, cada uma, mais de 100% do DV.

5. Batata doce

A batata-doce é rica em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes carotenóides . Eles também são uma das melhores fontes vegetais de biotina.

Uma porção de 1/2 xícara (125 gramas) de batata-doce cozida contém 2,4 mcg de biotina, ou 8% do DV.

Batatas doces podem ser assadas ou no microondas até ficarem macias. Você também pode descascar, ferver e amassá-los ou adicioná-los a hambúrgueres vegetarianos caseiros.

RESUMO

A batata-doce é uma ótima fonte vegetal de biotina, com 1/2 xícara (125 gramas), cozida, atendendo a 8% da VD.

6. Cogumelos

Os cogumelos são fungos ricos em nutrientes que oferecem vários benefícios à saúde, incluindo uma ampla quantidade de biotina.

Na verdade, seu alto teor de biotina os protege de parasitas e predadores na natureza.

Aproximadamente 20 cápsulas (120 gramas) de cogumelos botão enlatados contêm 2,6 mcg de biotina, que é quase 10% do DV.

Uma porção de 1 xícara (70 gramas) de cogumelos botão frescos picados possui 5,6 mcg, ou 19% do DV;

Cogumelos enlatados funcionam bem sobre macarrão, em cima de pizzas caseiras e em molhos e molhos, enquanto cogumelos frescos também podem ser recheados e assados, salteados ou adicionados a saladas.

RESUMO

Os cogumelos enlatados e frescos são uma boa fonte de biotina e são fáceis de adicionar a vários pratos.

7. Bananas

As bananas são uma das frutas mais populares em todo o mundo. Eles são embalados com fibras, carboidratos e micronutrientes como vitaminas B, cobre e potássio.

Uma pequena banana (105 gramas) também fornece aproximadamente 0,2 mcg de biotina, ou 1% do DV.

Eles costumam ser comidos sozinhos, mas você também pode adicioná-los a smoothies, espalhar manteiga de amendoim sobre eles ou congelá-los para fazer sorvete não lácteo.

RESUMO

As bananas são um lanche doce, nutritivo e popular, e também fornecem pequenas quantidades de biotina.

8. Brócolis

O brócolis é um dos vegetais mais densos em nutrientes, pois é cheio de fibras, cálcio e vitaminas A e C.

Também é uma boa fonte de biotina. Apenas 1/2 xícara (45 gramas) de brócolis cru picado contém 0,4 mcg, ou 1% do DV.

Você pode desfrutar cru com homus ou dip, cozido no vapor, assado com azeite e temperos, misturado em sopas ou salteado e adicionado a massas e caçarolas.

RESUMO

O brócolis fornece pequenas quantidades de biotina e é rico em vários outros nutrientes, incluindo cálcio e vitaminas A e C.

9. fermento

Tanto a levedura nutricional quanto a levedura de cerveja fornecem biotina, mas as quantidades específicas variam de acordo com a marca.

A levedura de cerveja, também chamada de levedura ativa seca, é usada para preparar cerveja e pão com fermento.

Por outro lado, o fermento nutricional é um fermento inativo frequentemente usado para fazer queijo não lácteo.

A levedura nutricional pode conter até 21 mcg de biotina, ou 69% do DV, por 2 colheres de sopa (16 gramas).

Por outro lado, um pacote padrão de 2,25 colheres de chá (7 gramas) de fermento seco ativo usado para panificação fornece 1,4 mcg de biotina, ou 5% do DV.

RESUMO

Leveduras secas nutritivas e ativas, que são usadas como condimento alimentar e na panificação, respectivamente, são boas fontes de biotina.

10. Abacates

Os abacates são mais conhecidos como uma boa fonte de folato e gorduras insaturadas, mas também são ricos em biotina.

Um abacate médio (200 gramas) contém pelo menos 1,85 mcg de biotina, ou 6% do DV.

Os abacates podem ser comidos crus, amassados em torradas, mexidos em guacamole e fatiados em saladas , sopa de taco e burritos.

RESUMO

Os abacates, comumente usados para fazer guacamole, são particularmente ricos em gorduras saudáveis, assim como em biotina.

O resultado final

A biotina é uma vitamina B solúvel em água que seu corpo precisa obter dos alimentos. A deficiência é rara e pode ser evitada comendo alimentos ricos em biotina.

Algumas das melhores fontes de biotina incluem legumes, gemas de ovo, carnes orgânicas, nozes, sementes, cogumelos, abacates, batata-doce e fermento.

Suplementos de biotina também estão disponíveis, mas a maioria das pessoas pode obter toda a biotina de que precisa com uma dieta balanceada.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje?

Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!