Pular para o conteúdo

Com grande parte do mundo bloqueado ou contemplando um retorno iminente a ele, pode-se perdoar sua respiração suspensa enquanto aguarda atualizações sobre qualquer pequeno progresso que possa ter sido feito para desenvolver uma vacina para Covid-19.

Um processo que normalmente leva muitos anos parece ter sido reduzido a uma confusão em questão de meses, e cerca de 240 vacinas potenciais estão atualmente em desenvolvimento em vários lugares em todo o mundo, incluindo quarenta em ensaios clínicos e nove em estágios finais de teste.

Para os governos e seus conselheiros científicos, todos com uma aura cansada de gente sem ideias, uma vacina é, sem dúvida, o Santo Graal na luta contra Covid. As novas restrições impostas são invariavelmente precedidas das palavras "até termos uma vacina".

É claro que novas vacinas nem sempre funcionam, por isso é necessário ter a nota obrigatória de cautela. Mas supondo que pelo menos um o faça, o que, realisticamente, é o melhor que podemos esperar dele?

Estamos esperando muito de uma vacina?

Frequentemente, supõe-se que uma vacina é a panaceia que finalmente vai deixar o onipresente SARS-CoV-2 na história. Mas será que estamos esperando muito disso, pelo menos nos estágios iniciais?

No campo da medicina existe um conceito denominado "imunidade esterilizante", em que um indivíduo vacinado pode esperar proteção total de um vírus. Mas os corona vírus raramente são tão cooperativos.

Em vez disso, é muito mais provável que a inoculação forneça eficácia em, digamos, 50%, o que significa que a vacina será um grande passo em frente, mas não fará o vírus desaparecer, pelo menos não durante a noite.

Possivelmente, o mais avançado dos projetos de vacina Covid-19 em andamento é o que está sendo desenvolvido pela Oxford University e pela AstraZeneca.

Experimentos realizados em macacos como parte deste projeto mostraram que a vacina protegeu os primatas do desenvolvimento de pneumonia, mas quantidades de vírus permaneceram nas vias aéreas superiores.

As vacinas candidatas são uma potencial virada de jogo

Apesar de seu desempenho provavelmente imperfeito, as vacinas candidatas, se forem bem-sucedidas até certo ponto, prometem mudar o jogo.

Isso ocorre porque ambos minimizam as chances de o receptor ser infectado e também, se a infecção ocorrer, reduzem muito a gravidade da doença que se desenvolverá. Assim, traz benefícios em duas frentes.

De acordo com Vincent Munster, chefe da unidade de ecologia de vírus do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Laboratórios das Montanhas Rochosas, que chefiou a pesquisa: "Se levarmos a doença da pneumonia a um resfriado comum, acho que é um grande passo frente."

Transferir a Covid-19 para uma condição não ameaçadora encerrará a necessidade de restrições a serem impostas para proteger os serviços de saúde e abrirá o caminho para um retorno à vida normal e uma economia rejuvenescida.

FONTE: https://uniccg.com.br/

Seja você um iniciante ou não, é muito importante fazer corretamente os exercícios, caso contrário, pode acabar provocando lesões mais graves.

Por exemplo, se você está acompanhando aulas no YouTube, saiba que o número de visualizações ou seguidores não significa qualidade.

Vale a pena se informar se o professor tem formação na área e se é qualificado. Se não for, melhor procurar outro canal.

Por isso que separamos aqui os 8 erros mais comuns ao praticar uma atividade física sozinho:

#1 Não exagerar

O confinamento reforçou a prática de uma atividade esportiva, mas preste atenção para não começar pelos exercícios mais difíceis.

É preciso saber quais são os seus limites e a dica é começar aos poucos, especialmente para quem não tem o hábito de se exercitar.

Esse é o melhor caminho para não acabar desistindo!

#2 Treinar com pesos pesados

É claro que o desejo da maioria das pessoas é aumentar o nível do treinamento para ver o resultado mais rapidamente.

Mas se você está começando agora, não cometa o erro de treinar com pesos pesados.

No início, o melhor é trabalhar simplesmente com o peso do próprio corpo, e gradualmente, ir acrescentando outros pesos.

#3 Fazer muita ou nenhuma pausa

O tempo de descanso entre os treinos é fundamental. Não relaxar por alguns minutos irá refletir diretamente na eficácia da sua atividade física.

O corpo precisa de descanso para reconstruir os tecidos musculares, e não descansar pelo menos 1 ou dois dias por semana é contra produtivo e aumenta o risco de lesões ligadas à fadiga física.

Por outro lado, se essas pausas forem muito extensas, você não terá nenhum benefício.

#4 Não se aquecer nem se alongar

Muitas pessoas pensam que praticar um esporte em casa não precisa de aquecimento nem de alongamento, e isso é um grande erro.

Saiba que os aquecimentos preparam o corpo para uma atividade física e diminuem o risco de lesões.

E em relação aos alongamentos, eles reduzem problemas musculares e melhoram a postura e o equilíbrio.

#5 Não seguir a ordem dos exercícios

Depois que você escolheu qual atividade física praticar, é importante segui-la do começo ao fim.

Assim como na academia, quando você faz um exercício em casa, é preciso respeitar o programa, pois só assim chegará nos resultados que deseja.

#6 Ter a mesma rotina esportiva todos os dias

Repetir as mesmas aulas todos os dias é um erro frequente quando os exercícios são feitos em casa.

A repetição do mesmo movimento pode se traduzir em dores ou mesmo sobrecarga de alguma parte do corpo, por exemplo, o joelho.

E dependendo da intensidade do exercício, aumenta mais a chance de ter um problema no menisco.

Caso isso ocorra, o mais indicado é parar imediatamente o exercício e pedir a orientação de um médico ortopedista especialista em joelho.

#7 Escolher uma aula para o seu nível

Se você tem o hábito de praticar Yoga ou se é completamente um iniciante, evite um treino de alta intensidade.

Isso vai aumentar o risco de lesões e assim, perder toda a motivação para continuar.

Por isso, escolha uma aula de acordo com o seu nível e às suas capacidades físicas.

#8 Mofidicar os exercícios

É importante saber que um programa de exercícios é construído de maneira progressiva e geralmente, cada aula permite trabalhar grupos musculares complementares.

Dessa forma, é necessário seguir uma certa lógica para obter os resultados.

Apenas lembrando que em função da sua condição física ou ainda de sua história com lesões, alguns exercícios serão mais adequados do que outros.

#9 Não escutar seu corpo

Quando fazemos exercícios em casa e exageramos, há uma tendência a não prestar atenção aos sinais de alerta que o corpo está enviando.

Se você se sente muito cansado ou sentir alguma dor, é melhor parar, escutar seu corpo do que ter que parar seus treinos mais tarde.

É preferível dar tempo para o seu corpo se recuperar do que piorar uma lesão, a qual pode te impedir de se exercitar por um longo período.

 

Se você quer realmente obter todos os benefícios de uma atividade física em casa, preste bastante atenção a cada um desses erros mais comuns e ao evitá-los, não apenas se sentirá melhor, mas reduzirá o risco de lesões mais sérias.

Covid-19 é um acrônimo para coronavírus doença 2019. Coronavírus são uma grande família de vírus comuns em todo o mundo. Eles podem causar doenças respiratórias em pessoas e animais. Este em particular teve origem na China no final de 2019, na cidade de Wuhan. Nas últimas duas décadas, os surtos de coronavírus causaram preocupação global, incluindo um em 2003 com a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e mais recentemente em 2012 com a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS).

Covid-19 é uma doença causada pelo SARS-CoV-2 que pode desencadear o que os médicos chamam de infecção do trato respiratório. Pode afetar o trato respiratório superior, viz. seios da face, nariz e garganta ou trato respiratório inferior, viz. traqueia e pulmões. Casos graves podem levar a doenças respiratórias graves e até pneumonia.

Em 30 de janeiro de 2020, a OMS declarou o surto de Covid-19 uma emergência de saúde global. Em 11 de março de 2020, a OMS declarou que era uma pandemia global.

Fatores de risco -

A seguir estão os fatores de risco que podem predispor as pessoas à infecção por Covid-19 -

Idade de 65 anos ou mais -

Pessoas com 65 anos ou mais correm um risco maior de infecção por Covid-19 devido à redução da imunidade. Eles são mais propensos a ter algumas co-morbidades associadas, como diabetes, hipertensão, doença renal crônica e doença pulmonar obstrutiva crônica. Além disso, o curso da doença tende a ser mais grave, resultando em maior mortalidade. No entanto, sua transmissão entre a população idosa pode ser reduzida com a adoção de medidas preventivas adequadas.

Doença pulmonar crônica e asma -

Pessoas com asma têm maior probabilidade de contrair Covid-19. Os dados do hospital mostram que os pacientes respiratórios têm maior probabilidade de apresentar complicações graves. Como ainda não há cura para ele, a melhor ação que as pessoas podem tomar é proteger-se da infecção. O mesmo acontece com outras doenças pulmonares crônicas.

Problemas cardíacos graves -

Covid-19 causa danos diretos aos pulmões e desencadeia uma resposta inflamatória, que coloca estresse no sistema cardiovascular de duas maneiras, viz. ao infectar os pulmões, os níveis de oxigênio no sangue caem e os efeitos inflamatórios do próprio vírus fazem com que a pressão arterial também caia. Nesses casos, o coração deve bater mais rápido e com mais força para fornecer oxigênio aos órgãos principais.

De acordo com a European Society of Cardiology, indivíduos com doenças cardíacas como insuficiência cardíaca, cardiomiopatia dilatada, formas avançadas de cardiomiopatia ventricular direita arritmogênica e pacientes com doença cardíaca cianótica congênita estão em maior risco.

Obesidade severa -

Há um número crescente de relatórios que relacionam a obesidade a uma infecção mais grave por Covid-19 e à morte. A obesidade reduz as reservas cardiorrespiratórias protetoras e enfraquece a regulação imunológica que parece provavelmente ajudar na progressão para o estágio crítico da doença.

Os pesquisadores descobriram que entre os indivíduos com Covid-19 com menos de 60 anos na cidade de Nova York, aqueles com IMC entre 30-34 Kg / m2 e maior que 35 Kg / m2 tinham 1,8 vezes e 3,6 vezes mais probabilidade de serem admitidos em exames críticos cuidados, respectivamente, do que indivíduos com IMC inferior a 30 Kg / m2.

Um novo estudo publicado em 2020 na Diabetes Care concluiu que os pacientes com Covid-19 têm duas vezes e meia mais probabilidade de ter pneumonia grave se forem obesos do que se não fossem. A obesidade traz consigo um estado inflamatório crônico. Se a obesidade é um fator de risco independente para suscetibilidade à infecção, são necessárias mais pesquisas.

Diabetes -

O diabetes é um fator de risco para hospitalização e mortalidade pela infecção por Covid-19. Os diabéticos têm resposta imune prejudicada à infecção em relação ao perfil de citocinas e alterações nas respostas imunes, incluindo células T e ativação de macrófagos. O controle glicêmico deficiente prejudica vários aspectos da resposta imune à infecção viral e também à potencial infecção bacteriana secundária nos pulmões. O controle glicêmico deficiente é um fator de risco para infecção por Covid-19 e seus resultados adversos. Portanto, a importância do controle glicêmico rígido em diabéticos não pode ser negligenciada.

Doença renal crônica -

Pessoas com doença renal crônica apresentam risco aumentado de infecção. Pessoas em revistei diálise podem ter sistemas imunológicos mais fracos, tornando mais difícil combater infecções. No entanto, os pacientes renais precisam continuar com seus tratamentos de diálise regularmente programados e tomar as precauções necessárias conforme recomendado por seu provedor de saúde.

Pessoas com transplante renal precisam tomar medicamentos anti-rejeição, também conhecidos como medicamentos imunossupressores, que mantêm o sistema imunológico menos ativo.

Doença hepática -

Todos os pacientes com doença hepática correm o risco de resultados adversos do vírus. Além disso, algumas pessoas com certas doenças hepáticas são extremamente vulneráveis. Eles incluem pessoas em imunossupressão para um transplante de fígado ou hepatite auto-imune (AIH) e pessoas com câncer de fígado que estão fazendo quimioterapia ativa.

Pessoas imunocomprometidas -

Uma pessoa de qualquer faixa etária pode ter seu sistema imunológico comprometido. As condições que podem causar comprometimento imunológico em uma pessoa incluem tratamento de câncer, tabagismo, transplante de medula óssea ou órgãos, deficiências imunológicas, AIDS mal controlada e uso prolongado de corticosteroides e outros medicamentos para enfraquecimento do sistema imunológico.

Há relatos de que, em alguns pacientes com Covid-19, a morte ocorreu provavelmente devido a uma tempestade de citocinas, quando o sistema imunológico entra em sobrecarga, danificando até mesmo o tecido saudável que pode levar à falência de múltiplos órgãos, sepse e até morte.

Conclusão -

Certas pessoas correm alto risco de uma infecção grave se pegarem Covid-19. Todos precisam tomar medidas para proteger a si mesmos e aos outros de serem infectados ou disseminados. Mas as pessoas pertencentes a uma categoria de alto risco devem tomar todas as precauções necessárias para se proteger.

 

A modelagem do vestido mullet caiu definitivamente no gosto tanto das celebridades quanto das fashionistas de plantão justamente pelo seu corte diferenciado e completamente moderno. ...continuar lendo "Dicas de looks com Vestido Mullet"

Todo mundo tem um sorriso brilhante com dentes brancos. Mas muitas pessoas têm dentes amarelos ou cinza. Cores desagradáveis ​​que são bem comum entre quem bebe e fumantes.

A higiene bucal é essencial para dentes saudáveis. Escovar os dentes três vezes ao dia por pelo menos dois minutos remove a placa bacteriana, que é parcialmente responsável pela mancha. Quanto ao uso do fio dental, evita depósitos de alimentos.

Apesar dessas precauções, os dentes ainda podem ter um amarelado desagradável. No entanto, existem algumas dicas naturais para clarear os dentes sem passar pela caixa "dentista".

1. Bicarbonato de sódio

bicarbonato de sódio é conhecido por suas muitas virtudes. Sua ação abrasiva torna possível "lixar" os dentes . Portanto, é recomendável não abusar deste produto particularmente eficaz.

Limite-se a uma vez por semana no máximo .

2. Carvão vegetal

carvão fornece bons resultados para o clareamento dos dentes. A dica de uma avó que também tem a vantagem de tratar a halitose (mau hálito). Mas cuidado, não há dúvida de usar o carvão comprado para churrasco ... 

Comprado em na internet o clareador dentalo carvão é colocado na escova de dentes e depois aplicado nos dentes . Não se preocupe se o seu sorriso for preto: lave a boca e você descobrirá um dente branco.  Conheça o Clareador dental BlackWhite – vem fazendo sucesso no marketing digital, o link da loja online está no final dessas dicas.

3. Argila verde

argila verde é um produto 100% natural, usado principalmente como máscara na pele. Ele também tem uma ação real de clareamento nos dentes.

Misture com água para obter uma pasta e use-a como pasta de dente .

4. a maça

Mesmo que não substitua a escovação dos dentes , pode limitar a formação de cáries. Também é um excelente lanche para o evento.

Mastigar uma maçã, uma fruta com polpa ácida, ativa a salivação e, portanto, limita o depósito de tártaro . 

5. Sal marinho

É o truque mais econômico ainda que tenha se provado. De fato, o sal marinho é rico em iodo e possui propriedades anti-sépticas . Fácil de encontrar, compre orgânico, se possível, no seu supermercado. 

Dilua o sal marinho em um copo de água morna e mergulhe a escova de dentes. Faça uma escovação convencional .

E ai, gostou das dicas? Fique por dentro no https://www.clareadordental.com.br

Cada vez mais são criados produtos com ação de estímulo sexual, e na busca por esse benefício conheci então a chamada Maca x Power, um poderoso potente com ação sexual. Se você chegou até esse texto então está aguardando minhas informações sobre este composto estimulante, que age de forma benéfica no homem, resultando no alcance dos resultados.

Por tanto, siga conosco nesse artigo, pois aqui serão passadas informações relevantes e de sucesso a você que está insatisfeito com seu desempenho sexual ou precisa de algum produto para algum problema do tipo. O Estimulante Maca X Power pode resolver seu problema!

FUNCIONA MESMO?

A impotência sexual e outros problemas do tipo atingem um alto número de homens em nosso país e também no mundo, e nesses casos é necessário pedir auxilio a algum agente externo que resulte no bom funcionamento do órgão sexual.

Para quem busca isso, a Maca x Power é uma ótima opção, pois de fato os resultados são alcançados e o casal fica satisfeito. Para comprovar isso você poderá fazer uma boa análise das opiniões de quem utilizou o produto, e depois de conferir isso com certeza você vai optar por utilizar esse composto desenvolvido por especialistas.

PARA QUE SERVE O ESTIMULANTE?

Funcionando como melhor opção de estimulante sexual no mercado o Maca x Power serve para diversos casos que afetam os homens, e são eles:

  • Acaba com a ejaculação precoce: O produto age contra a ejaculação precoce assim proporcionando ao homem mais tempo de sexo.
  • Potência sexual: O composto irá resultar em maior potência sexual, assim o homem terá mais energia e melhor desempenho.
  • Mais libido: O desejo sexual masculino fica maior.
  • Acelera o metabolismo: Dessa forma o homem terá mais energia e também perderá medidas fazendo sexo. Se você procura esses resultados esse produto serve para trazer á você homem.

O QUE DIZ NA BULA

É de suma importância que o homem saiba como utilizar esse produto, para dessa forma obter e usufruir dos benefícios. Vale lembrar que esse estimulante não é um remédio. Logo, não existe bula para estimulantes naturais.

Todas as informações necessárias e dúvidas que possam surgir estão dispostas na própria embalagem do estimulante sexual. Para utilizar esse produto é preciso tomar uma cápsula por dia, faça isso antes ou depois de seu café da manhã.

BENEFÍCIOS ENCONTRADOS NO PRODUTO

Para ter informações mais completas sobre o produto é necessário conhecer quais são alguns dos benefícios oferecidos pela Maca x Power.Os benefícios do produto são:

  • Prazer: É comum encontrarmos casos onde o homem não consegue apresentar um bom desempenho sexual e proporcionar prazer á mulher. Mas esse caso não irá acontecer quando você fizer o uso do composto citado, pois ambos terão um extremo prazer na relação sexual.
  • Potência: Dependendo dos movimentos, tempo e ações dentro do sexo, você homem irá precisar de mais energia e potência para continuar o ato sexual. Esse resultado será facilmente conseguido quando você começar á fazer o uso desse composto de estimulo sexual.
  • Fertilidade: Ao utilizar esse produto citado você vai aumentar sua chance de fertilidade, isso ocorre devido os hormônios que são ativados pelo composto do produto. São esses os benefícios da Maca x Power, mas vale ressaltar que ainda existem diversos outros.

QUAL É O PREÇO PARA TANTOS BENEFÍCIOS?

O produto Maca x Power não possui um preço elevado, visto a quantidade de benefícios que ele trás, o valor é simbólico. Vendido em forma de kit, você pode comprar até 6 produtos de uma só vez. A recomendação de comprar é uma só: somente pelo Site Oficial!

O Site Oficial é blindado e 100% seguro, perfeito para garantir a originalidade do seu produto. Vários suplementos e estimulantes naturais viraram febre na internet e, assim, muitas empresas de plataformas abertas vendem produtos falsificados. Não arrisque, compre somente no Site Oficial!

A Moringa Oleífera é uma planta que se originou na Índia, mencionada por muitos botânicos e biólogos como um milagre natural. A Moringa é a expectativa para a disseminação da fome mundial.

Benefícios da Moringa Oleifera

A planta é uma fonte de vitaminas e sais minerais, que é composta por mais de 92 elementos de nutrição e 46 tipos de antioxidantes. Ainda, são 36 substâncias anti-inflamatórias, 18 aminoácidos, com a inclusão dos 9 aminoácidos fundamentais que não são produzidos pelo corpo humano:

  • quantitativo 7x maior de vitamina C do que a laranja;
  • quantitativo 4x maior de cálcio em relação ao leite;
  • quantidade 2x maior de proteína em relação ao Iogurte;
  • 4x maior de vitamina A em relação a cenoura;
  • 3x maior de potássio em relação a banana;
  • 27% de elemento proteico, correspondendo ao quantitativo da carne do boi;
  • quantidade maior de ferro em relação ao espinafre;
  • vitaminas A, B (riboflavina, niacina e tiamina), C, E, beta caroteno;
  • quantitativo de minerais como o Cromo, Cobre, Fósforo, Ferro, Magnésio, Manganês, Potássio, Selênio e Zinco.

Dentre os benefícios da Moringa Oleifera estão a:

  • Nutrição;
  • Redução dos níveis de glicose
  • Redução com moderação dos níveis de colesterol
  • Redução da pressão arterial
  • Efeito antioxidante
  • Articulações melhores em razão do efeito anti-inflamatório
  • Pode ser um ajudante no combate ao asma
  • Promove o aumento das defesas naturais do corpo
  • Promove o fortalecimento dos músculos e ossos
  • Aprimora o desempenho da funcionalidade mental
  • Promove o estímulo do crescimento do cabelo
  • Proteção do fígado e os rins
  • Disponibilização de energia
  • Auxílio no emagrecimento
  • Possui propriedades antibacterianas

Alimentos para humanos – De acordo com as propriedades alimentícias, a planta pode ser usada em tratamentos de desnutrição, pois é fonte de proteínas, vitaminas e sais minerais. Também pode ser usada no combate à obesidade e ao aumento do colesterol, com substituição de nutrientes correspondentes, porém com muito mais vitaminas e sais minerais, a carne e diversos outros alimentos que engordam ou que são fontes em gorduras saturadas.

Alimentos para animais – ao ser plantada de modo forrageira, pode promover a alimentação de carneiros, coelhos, cabritos, galinhas caipiras, vacas leiteiras.

Além disso, a planta disponibiliza resultados positivos em tratamentos de prostatite, reumatismo, tumores, artrites e outras doenças auto-imunes, câncer da próstata, hipertensão arterial, hepatite, vírus Epstein-Barr, epilepsia, fadiga crônica, males causados pelo tratamento de câncer, tratamento pré-natal, de glaucoma, de má nutrição de adultos e crianças, de redução  da obesidade, lupus eritematoso, mobilidade gastrintestinal, cura de irritação gastro-intestinal,  de dermatoses, de bronquites e de inflamações de mucosas em lactentes. As raízes promovem o efeito laxante. A planta também reproduz um efeito de renovação das células epiteliais, do cérebro e dos órgãos sexuais.

Pesquisas apresentam eficácia em doenças, a partir de uma ação anti-diarréica, anti-inflamatória, anti-microbiana, anti-diabética, diurética, anti-espasmódica, vermífuga (flores e sementes).

Moringa Oleifera emagrece?

As folhas da planta, usadas no preparo do chá, são constituídas por um antioxidante denominado de ácido clorogênico. Teoricamente, esse elemento tem ação no controle dos graus de açúcar no sangue, otimizando a queima de gorduras.

Estudos apresentaram fatores de que o ácido clorogênico gerou uma perda alta de peso em seus testes. Entretanto, a afirmação ainda não é disponível em relação ao chá de moringa na ação de emagrecimento, pois os testes não foram realizados em humanos.

Como consumir Moringa Oleífera ?

A planta pode ser ingerida:

– em forma de sementes: a partir da semente da Moringa é possível a extração de óleo de qualidade parecida com o azeite de oliva. Ela também leva o título de melífera, propriamente a produção de abelhas. O mel das flores é medicinal e atinge um alto valor no mercado da Europa.

Pela criação intensa de sementes e flores, pesquisas atuais promovem a recomendação do plantio para o extrato de biodiesel, através das sementes. Para ingestão das sementes verdes, pode-se cozinha-las de forma semelhante ao quiabo, feijão e afins, e consumidas como salada.

– em forma de folhas: tanto as folhas quanto as flores dessa planta são consumíveis. Elas também produzem chás, especialmente os de uso contínuo.

– em forma de flores: existe um prato produzido a partir das flores, típico da Indonésia e Timor Leste, com o nome de makansufa. O processo realizado para a ingestão das flores é fritando-as em óleo de coco, e imergindo-as em leite de coco, e ainda acompanhadas de arroz ou também milho.

É possível, ainda que as folhas e flores sejam ingeridas por meio de smoothies/vitaminas, sucos com outros legumes, por exemplo, a beterraba, a cenoura, ou frutas (laranja, melão, maçã, mamão, abacaxi, caju). Também, podem ser usadas em chás de uso continuo. As flores podem também ser usadas em produção de chá medicinal, que são específicos para resfriado, de utilização comum em diversos países. O líquido das flores ou folhas, pode constituir caldos ou molhos, de modo natural, para a preservação de vitaminas e sais minerais.

É ótimo para o tratamento para diminuição de gorduras, e ainda, por sua característica rica em nutrição, favorece uma reeducação da alimentação sem agredir ao corpo e ao sistema metabólico.

– em forma de vagens: vagens recém colhidas tem cozimento de mesmo modo de vagens de feijão. Elas são muito usadas dessa maneira no Haiti.

– em forma de cascas: a partir das cascas é possível produzir artesanato, pois elas são perfeitas para o molde de cestos, por exemplo, facilitando trançados e afins. Elas também extraem fibra para a produção de tapetes. A seiva possui um sabor doce.

– em forma de batatas: a plantação pode ocorrer em canteiros, de modo parecido a hortaliças, e ao passo que a planta alcança a cerca de 30cm, o pé é arrancado e se promove a extração da batata para a ingestão alimentar. Essas batatas possuem um sabor semelhante ao rábano. Tanto a seiva e as batatas, disponibilizam as vitaminas concentradas das plantas. Essa batata pode ser ingerida em saladas ou pratos refogados, até mesmo em sucos de frutas ou também legumes. Posteriormente a esse prazo de 30 dias a batata some e se modifica na raiz da planta.

Como cultivar uma Moringa?

De fato, as sementes podem ter a plantação em lugar específico, ou em sacos para replantio. Devem ser enterradas, numa profundidade mínima de 3cm. Não utilize muita água, pois as sementes podem ficar podres e acabam não germinando. A hidratação com moderação, por duas vezes semanais, já basta. Há também a possibilidade de reprodução de mudas por estacas.

A planta não tem muitas exigências em relação aos solos e água, quando muito nova ou adulta, porém na etapa de início, para um bom enraizamento é necessário que a terra não tenha característica de aridez ou seca. Caso use hormônio, um enraizador favorece muito a distribuição por estacas.

Para ver mais sobre saúde veja o Reportagem social: https://www.reportagemsocial.com.br/

Apesar do zumbido ser uma condição de maior incidência nos idosos, não é algo com ligação necessariamente a essa fase na vida.

Sendo assim, não afeta apenas essa faixa etária, especialmente quando se leva em consideração a variedade de fatores que podem contribuir para que ele apareça.

É interessante lembrar que se trata de um sintoma decorrente de lesões, infecções, desequilíbrios hormonais, entre outras causas que serão apresentadas neste artigo.

O que é zumbido?

Essa condição é capaz de afetar cada pessoa de uma forma distinta, sendo vários tipos de percepções distintas, para alguns o som se compara a um chiado, apito, barulho de cigarra, entre outras opções. De acordo com dados dos últimos anos da OMS (Organização Mundial da Saúde), aponta-se que cerca de 278 milhões de pessoas enfrentam o problema.

Trata-se, basicamente, da percepção de um som sem causa ou efeito o ambiente. Ao buscar um médico, é importante estar atento aos sintomas presentes simultaneamente com o zumbido ou de forma independente, para que seja possível detectar com mais facilidade qual é a sua enfermidade ou problema que originou esses sintomas.

Quais são as principais causas?

Na maioria dos casos, o zumbido possui relação com alguma outra condição de saúde, seja uma lesão, acidente ou o desencadeamento de alguma doença, como a síndrome de meniere. Dessa forma, ao contrário do que muitos pensam, nem sempre o zumbido está relacionado com a velhice e a surdez.

Perda de audição: a perda de audição pode ocorrer ou não gradativamente por causa da idade. No entanto, em alguns casos, a falta de tratamento de doenças vestibulares, entre outros fatores, pode comprometer precocemente a capacidade auditiva;

  • Distúrbios: disfunções podem levar ao aparecimento de zumbido, como as que acometem a tireoide, uma importante glândula para o equilíbrio do organismo, o hipotireoidismo e o hipertireoidismo;
  • Depressão: acredita-se que essa pode ser uma das causas para a incidência do zumbido, já que os níveis de neurotransmissores importantes são alterados em decorrência ao transtorno depressivo. No entanto, é importante lembrar que a depressão também pode ser um dos fatores de risco ligados ao zumbido causado por outras enfermidades ou lesões;
  • Doenças: algumas doenças, não apenas as vestibulares como a labirintite, podem contribuir com o surgimento do zumbido, especialmente por comprometerem a circulação sanguínea adequada. Dessa maneira, os estímulos auditivos enviados para o cérebro sofrem alteração. Exemplos dessas doenças são a hipertensão e o diabetes;
  • Dores no pescoço: aponta-se dores no pescoço como uma das razões para o zumbido, a explicação, é que as medidas tomadas para atenuar a dor, acabam impactando também nos estímulos auditivos e dessa forma, o zumbido pode surgir;

Além dessas causas apresentadas anteriormente, outros fatores podem desencadear o problema, como problemas na mandíbula, abuso de álcool ou tabaco, desvios na coluna, entre outras.

A melhor forma de encontrar a causa é ficar atento aos sintomas presentes e relatar ao médico de forma precisa.

Não se esqueça de nunca se automedicar e sempre buscar por orientação adequada em um consultório médico, afinal, alguns dos fatores citados podem ter complicações graves, como a depressão e infecções.

Para ver mais sobre o assunto: https://www.cemescentromedico.com.br/

Intolerância alimentar

Você sofre com intolerância alimentar?

Sabia que assim como você, milhares de outras pessoas também sofrem desse problema.

O mesmo ocorre quando o organismo não contém enzimas suficientes para absorver os açúcares de certos tipos de alimentos ingeridos pela pessoa.

É diferente da alergia por alimentos, pois quando se trata de alergia o alimento ingerido é tratado pelo organismo como invasor.

O que é alergia alimentar?

Não confunda alergia alimentar com intolerância alimentar, nesse mal entendido o corpo acaba sendo prejudicado e nisso, os órgãos podem sofrer as consequências.

Os sintomas podem ser:

  • coceira
  • lábios inchados
  • diarreia
  • falta de ar
  • tosse
  • choque anafilático (na pior das hipóteses)

Mesmo sendo uma alergia leve, pode haver ataques mais sérios após a ingestão de certos tipos de comida.

Como tratar

Esse tipo de problema costuma-se ocorrer na infância da pessoa, porém o problema pode sumir antes dos 5 anos já que o sistema imune da garotada está em alto desenvolvimento.

Se o problema persistir até a adolescência, infelizmente a pessoa pode levar o problema para o resto da vida.

A imunoterapia é uma das apostas de vários especialistas para tratar o problema de intolerância alimentar. Esse tipo de tratamento só pode ser feito em hospitais com especialistas pois o mesmo pode haver efeitos colaterais.

Maiores causadores de alergia alimentar

E agora, tratando-se de alimentos prejudiciais para quem sofre de alergia alimentar, veja quais sãos os alimentos que você deve estar evitando de comer:

  • Castanhas
  • Leite e seus derivados
  • Gergelim
  • Trigo
  • Soja
  • Peixes e frutos do mar
  • Ovo
  • Amendoim

Já os alimentos para quem sofre de intolerância alimentar são:

  • Camarão
  • Leite
  • Frutas cítricas
  • Carnes processadas
  • Repolho
  • Ovos
  • Grãos com glúten
  • Banana
  • Vinho tinto
  • Produtos com corantes

Se ao ingerir algum desses alimentos você sentir os seguintes sintomas abaixo, procure um alergologista:

  • barriga inchada
  • má digestão
  • gases

Lembre-se, alergia e intolerância alimentar tem diferença. Se sentir alguns dos sintomas mencionados no artigo, procure ajuda médica com urgência.

 

Intolerância alimentar dica

Quer ter uma vida mais saudável e fugir de médicos ou medicamentos?

A melhor coisa a se fazer é praticar atividades físicas, procurar comer apenas alimentos saudáveis e se você sofre com esse problema, procure se cuidar da maneira correta para evitar maiores complicações.

Saúde é uma só, e devemos cuidar muito bem dela. Eu sei que é difícil deixar de comer certos alimentos que você gosta, porém saiba que é para seu bem.

Não sofra mais de intolerância alimentar.

Não é novidade que clínicas estéticas estão bombando no Brasil, seja para eliminar gordura localizada ou harmonizar o rosto.

Preparamos essa lista para você com as tendências de procedimentos estéticos no Brasil.

A revolução estética no Brasil

Homens e mulheres aderem aos cuidados com a aparência em todo mundo. Um fato que tornou esses cuidados tão evidentes foi a ascensão das redes sociais na nossa sociedade.

Deixar o rosto harmônico e eliminar o excesso de gordura deixou de ser um sonho e se tornou uma necessidade.

Conheça abaixo a lista com os procedimentos estéticos que bombarão no ano que vem:

Harmonização facial

A harmonização facial tem por objetivo tornar o rosto harmônico e bonito sem a necessidade de fazer cirurgia plástica.

A harmonização do rosto geralmente utiliza:

  • Ácido hialurônico para preencher algumas regiões como o zigomático, o malar e os lábios;
  • Botox para evitar rugas;
  • Skinbooster para melhorar o aspecto da pele;
  • Jato de plasma para eliminar a flacidez.

Aplicação de botox

A aplicação de botox é sem dúvida um dos procedimentos estéticos mais realizados em todo o mundo.

Nesse procedimento é aplicada a toxina botulínica, produzida através da bactéria Clostridium botulinum.

O objetivo desse procedimento é atenuar e evitar:

  • Linhas de expressão;
  • Pé de galinha;
  • Sorriso gengival.

O botox causa uma paralisia muscular na região em que foi aplicado, evitando o agravamento e o surgimento de rugas.

Lipo enzimática

A lipo enzimática tem por objetivo diminuir a gordura localizada através de microinjeções.

A lipo enzimática pode ser aplicada nas seguintes regiões:

  • Abdômen;
  • Costas;
  • Papada (Lipo de papada);
  • Quadril;
  • Embaixo dos glúteos.

Jato de plasma

O jato de plasma é um procedimento responsável por:

  • Remover de verrugas;
  • Remover manchas;
  • Estimular a produção de colágeno;
  • Remover linhas de expressão;
  • Remover a flacidez.

Skinbooster

O Skinbooster tem como principal objetivo hidratar a pele e fornecer todas as vitaminas que ela precisa.

Através de microagulhas, as enzimas e vitaminas são inseridas na camada mais profunda da pele.

Pump up

O objetivo principal do Pump Up é levantar e modelar o bumbum, esse procedimento não é invasivo, pois não utiliza agulhas.

O procedimento é realizado através da vacuoterapia, utilizando uma bomba de sucção a vácuo.

Depilação a laser

A depilação a laser ou depilação definitiva é uma técnica de remoção de pelos irreversíveis.

As regiões mais buscadas para depilação definitiva são:

  • Axilas;
  • Pernas;
  • Pés;
  • Mãos;
  • Braços;
  • Costas;
  • Tórax.

Preenchimento

O preenchimento pode ser feito em diversas regiões do corpo, nele é usado o ácido hialurônico.

Os tipos de preenchimento mais procurados são os seguintes:

  • Preenchimento de bigode chinês;
  • Preenchimento de mento;
  • Preenchimento de olheiras;
  • Preenchimento labial;
  • Preenchimento malar;
  • Preenchimento mandibular;
  • Preenchimento zigomático.

Conclusão

O que achou das tendências de procedimentos estéticos? Deixamos vários links de clínicas estéticas que realizam cada um desses procedimentos.

Gostou do artigo? Compartilhe e ajude a divulgar nosso blog!