Saltar para o conteúdo

O tamanho do pênis tem sido uma das maiores preocupações do homem, ao largo dos tempos. Agora, graças as novas tecnologias e avanços científicos, têm surgido variados produtos muito eficazes para ajudar a todas essas pessoas que se sentem inseguras pelo tamanho do seu pênis, existindo vários métodos muito eficazes,que apresentaremos mais á frente.

Sabendo que muitos homens tem pequenos de tamanhos menores que a média, o pênis cresce até que idade? Alguns garotos jovens já procura o aumento do pênis, porem muito antes do próprio pênis terminar a fase de crescimento. Portanto recomendamos o aumento de pênis apenas para maiores de idade.

Veja uma comparação minuciosa de todos os métodos e dos principais laboratórios para o ajudar a escolher o mais adequado. Na nossa página qualificamos os métodos segundo:

  • Rendimento – Quais os métodos que geram um crescimento permanente?
  • Rapidez – Quanto tempo tem que esperar para atingir os resultados máximos?
  • Assistência – Existe um bom serviço que respalde cada produto?
  • Garantia – Que garantias oferece o produto?
  • Segurança –Os seus ingredientes são seguros e eficazes?

4 Regras básicas a ter em conta na hora de comprar este tipo de produtos:

Regra #1

Tenha cuidado com TODAS as outras páginas de aumento de pênis e com todos os conselhos que lhe possam dar e prometer. É impressionante a quantidade de novas páginas que apareceram na internet dando falsas esperanças e prometendo coisas impossíveis.

Graças a eles, pessoas honestas como você e como nós, não sabemos em que empresas é que podemos acreditar e, sobretudo, num tema tão importante para os homens como é o tamanho de pênis. Para saber mais, acesse https://tratandoimpotencia.pro/como-engrossar-o-penis/

Regra # 2

Desconfie de qualquer empresa que lhe prometa uma oferta de 50% ou que promete aumentar o pênis em mais de 7 cm! A única razão pela qual lhe prometem uma oferta de 50% em relação a outras empresas é porque os seus produtos são com certeza de má qualidade.

Escusado será dizer que os produtos fraudulentos que se vendem por aí não só não produzem qualquer aumento, como podem ser nocivos para a saúde. Portanto, é preferível gastar mais dinheiro e comprar um produto de primeira qualidade. Desconfie também das empresas que prometem aumentos superiores a 7cm, pois o que pretendem é iludir as pessoas.

Regra # 3

Afasta-se de qualquer produto que tenha Yohimbe! O Yohimbe está na lista dos produtos proibidos pela FDA e catalogado como substância perigosa.

Regra # 4

Mantenha-se afastado das empresas que lhe oferecem tudo e mais alguma coisa, assim como daquelas que não garantam a devolução dos produtos (este caso só se aplica ás cápsulas).

Você gosta de ir ao ginásio, correr junto à estrada ou trilha sozinho?

Com a proteína pro 20 herbalife qualquer que seja sua atividade, obterá melhores resultados.

Ou você prospera numa aula de ginástica num grupo grande com todos a respirar, mover e a tonificar sincronizados?

Não importa em que tipo de exercício você está acostumado, o importante são os resultados para emagrecer, e obter uma vida saudável, não há desvantagens em permanecer fisicamente ativo – especialmente com tanta gente que não faz o mínimo de exercício recomendado.

Mas a pesquisa sugere que se você é solitário quando trata-se de exercícios, pode estar a perder alguns benefícios para a saúde dos exercícios em grupo, assim perdes resultados  de como emagrecer.

Exercícios de grupo versus solo

O exercício já é conhecido por ter muitos benefícios para a saúde mental, incluindo melhorar o sono e o humor, impulsionar o desejo sexual e aumentar os níveis de energia e o estado de alerta mental.

Num novo estudo, os pesquisadores analisaram se o exercício em grupo poderia ajudar os estudantes de medicina, um grupo de alto stress que provavelmente poderia usar exercícios regularmente.

Para a pesquisa, 69 estudantes de medicina juntaram-se a um dos três grupos de exercícios.

Um grupo realizou um programa de fortalecimento do núcleo do grupo e treinamento funcional de 30 minutos pelo menos uma vez por semana, juntamente com exercícios extras e usando a proteína pro20 select herbalife, se quisessem.

Outro grupo eram praticantes individuais, que trabalhavam sozinhos ou com até dois parceiros pelo menos duas vezes por semana.  Também consumiam proteína.

No grupo final, os alunos não fizeram nenhum exercício além de caminhar ou andar de bicicleta para chegar onde precisavam ir.

Os pesquisadores mediram os níveis de stress percebidos pelos alunos e a qualidade de vida – mental, física e emocional – no início do estudo e a cada quatro semanas.

Todos os alunos iniciaram o estudo aproximadamente no mesmo nível para essas medidas de saúde mental.

Após 12 semanas, os participantes do grupo viram melhorias em todos os três tipos de qualidade de vida, bem como uma queda nos seus níveis de stress e melhores resultados no projeto emagrecer.

Em comparação, os participantes individuais só melhoraram a qualidade de vida mental – embora fizessem exercício cerca de uma hora a mais a cada semana do que os praticantes do grupo.

Para o grupo de controlo, nem o nível de stress nem a qualidade de vida mudaram muito até o final do estudo.

Existem algumas restrições nesta pesquisa, como incluir apenas pequenos estudantes de medicina.

  • Os alunos também podem escolher o seu próprio grupo de exercícios. Portanto, pode haver diferenças físicas ou de personalidade entre o grupo que influencia o resultado e o praticante solo.
  • Então você tem que ver os resultados com cuidado. No entanto, a pesquisa sugere o poder de trabalhar juntos. Esta pesquisa foi publicada na edição de Novembro do The American Osteopathic Association Journal.

Trabalhando em sintonia

Outras pesquisas concentraram-se no impacto do exercício em grupo – especificamente a trabalhar em sintonia – no vínculo social, na tolerância à dor e no desempenho atlético.

Em um estudo de 2013 no International Journal of Sport e Exercise Psychology, pesquisadores recrutaram pessoas para trabalhar durante 45 minutos em máquinas de remo.

Após a sessão, as pessoas que haviam remado em grupos – e sincronizado os seus movimentos – tiveram maior uma tolerância à dor em comparação aos remadores solo. A tolerância à dor aumentou se as pessoas estavam a remar com companheiros de equipa ou com estranhos.

Indiferente da atividade física consumir a proteína pro 20 herbalife, intensifica a ganha de massa muscular e ajuda a emagrecer com qualidade de vida e de forma saudável.

Os pesquisadores acreditam que o aumento da tolerância à dor pode ser decorrente de uma liberação maior de endorfinas – as hormonas do “bom humor” – devido às pessoas que ficam em sintonia umas com as outras durante o exercício.

Esse tipo de movimento coordenado é conhecido como sincronia comportamental. Também pode ocorrer durante outras atividades em grupo, como brincadeiras, rituais religiosos e dança.

Isso também pode aumentar o seu desempenho, especialmente se você já estiver próximo de outras pessoas no grupo.

Intensifique sua qualidade da dieta coma proteína pro 20 select herbalife.

Em um estudo de 2015 no PLoS ONE, os pesquisadores descobriram que os jogadores de rugby que coordenavam os seus movimentos durante o aquecimento tiveram um melhor desempenho num teste de resistência de acompanhamento.

Estes atletas já faziam parte de uma equipa de rugby muito unida. Os pesquisadores acreditam que os movimentos sincronizados durante o aquecimento reforçaram os laços sociais existentes entre eles. E emagrecer em equipa é muito melhor

Os pesquisadores escrevem que isso “pode ter mudado a percepção do atleta sobre a dor e o desconforto associados à fadiga … Isso permitiu que os participantes esforçassem-se mais e tivessem um desempenho melhor”.

Logo, quando você está cercado por outros ciclistas a pedalar em sincronia com batidas contínuas, ou como se fosse uma dança coordenada, você pode aproveitar o poder da sincronia.

Ou não.

Nem todas as classes de grupo são criadas igualmente

Paul Estabrooks, PhD, professor de saúde comportamental do Centro Médico da Universidade de Nebraska, descobriu que o “contexto do exercício” determina o quanto o efeito do exercício tem sobre a qualidade de vida, interações sociais, benefícios físicos e pessoas aderindo aos seus treinos.

Em uma revisão de 2006 na revista Sport and Exercise Psychology Review, Estabrooks e os seus colegas analisaram 44 estudos anteriores que compararam os benefícios de diferentes contextos de exercícios.

Os contextos incluíram o seguinte:

  • exercícios em casa, sozinho ou com contato de um profissional de saúde;
  • aulas de exercício padrão;
  • classes de “grupos verdadeiros”, onde técnicas especiais eram usadas para aumentar o vínculo social entre as pessoas.

As verdadeiras aulas em grupo proporcionaram o máximo de benefícios.

Aulas de exercício padrão – sem o vínculo adicional – foram semelhantes ao exercício em casa com ajuda.

Trabalhar sozinho em casa chegou em último lugar. Emagrecer sozinho é mais difícil.

No geral, quanto mais contato ou apoio social as pessoas tiverem durante o exercício – de pesquisadores, profissionais de saúde ou outros participantes de exercícios – maiores serão os benefícios.

Estabrooks disse à Healthline que “aulas de condicionamento físico baseadas em grupos são tipicamente mais efetivas quando usam estratégias de dinâmica de grupo.”

Isso inclui definir metas do grupo, compartilhar feedback, conversar com outras pessoas da turma, usar competição amigável e incorporar “atividades para ajudar as pessoas a se sentirem parte de algo – um sentimento de distinção”, compartilhar estilo de vida saudável, o conhecimento ajuda a emagrecer.

Você pode não encontrar isso em todas as aulas de exercício.

“Geralmente, esse não é o caso da maioria das aulas de ginástica com base em grupos”, disse Estabrooks, “onde as pessoas aparecem, seguem um instrutor, não conversam muito e saem”.

Embora aulas de ginástica em grupo possam oferecer benefícios extras, nem toda gente é um tipo de pessoa de body sculpt ou power yoga.

Um estudo descobriu que os extrovertidos eram mais propensos a preferir atividades físicas de grupo e de alta intensidade, em comparação aos introvertidos. Conversam mais entre si, trocam receitas e rotinas saudáveis, consomem proteína.

Nenhuma surpresa aqui.

Portanto, encontre alguma atividade física que você goste de fazer e fique com ela – seja preparar-se para uma aula de ginástica suada ou para uma caminhada na natureza.

Herbalife tem a proteína pro 20 select perfeita para sua dieta equilibrada e seu estilo de vida saudável.

Abaixo você pode ler informações sobre nutrição e dieta para diabetes e problemas de tireóide.

A herança genética desempenha um papel fundamental nas doenças relacionadas à diabetes e tireoide. O ganho de peso é um dos sintomas associados à doença da tireoide.

Outros sintomas de problemas de tireóide são colesterol alto, cabelos secos, anemia, constipação, infertilidade, depressão, surdez, etc.

As melhores receitas para diabetico tipo 2

Modificações dietéticas requerem a ingestão restrita de goitrogênios, que são os materiais, inerentes à comida, pois se opõem ou impedem o funcionamento da glândula e a secreção do hormônio.

Os vegetais crucíferos, como mostarda, brócolis, repolho, mostarda e nabos e produtos de soja são não recomendado, bem como outros goitrogens alimentos como espinafre, pêssego, tofu, soja, amendoim, milho e morangos. Isso ocorre porque os goitrogênios causam um aumento da glândula tireóide e isso interfere com a produção normal do hormônio da tireóide. A solução para o consumo de alimentos com goitrogênios por pacientes com hipertireoidismo é cozinhá-los, pois dessa forma seu efeito negativo é inativado.

Alimentos que contêm iodo devem ser evitados por pessoas com hipotireoidismo, como frutos do mar, multivitaminas, produtos lácteos, alimentos processados ​​e metabólicos.

Dieta saudável para diabetes e tireóide

Diabetes está associado a problemas de tireóide. A resistência à insulina está relacionada a doenças da tireoide. Recomenda-se uma dieta rica em proteínas e pobre em carboidratos.

Um equilíbrio na ingestão de fibras, carboidratos, gorduras e proteínas é fornecido por este tipo de refeições. Isso, por sua vez, leva a um aumento moderado do nível de glicose no sangue, devido à entrada progressiva de glicose na corrente sanguínea. Este processo regula a quantidade de liberação de insulina, o que provoca uma diminuição no armazenamento de calorias.

Reduzir a ingestão de certos alimentos, como biscoitos, pão branco, alimentos refinados, pãezinhos, beterraba, milho, nabo, ervilhas, cenouras, batatas, nabos, laranjas, uvas, abacaxi, mamão, banana e melancia. Arroz branco, açúcar, sêmola e produtos de panificação são necessários, no caso de doenças da tireóide e diabetes.

A condição diabética requer a ingestão de várias pequenas refeições, em vez das três refeições habituais. Cerca de cinco a seis pequenas refeições ajudam na prevenção do aumento súbito dos níveis de glicose no sangue . Também protege a pessoa de uma crise súbita de hipoglicemia .

Quanto aos alimentos protéicos, a carne magra é preferida na forma de carne branca de aves, cortes magros de carne e peixe. Perda de cabelo, um problema comum associado com doenças da tireóide é reduzido com a ingestão de proteínas.

Cerca de 25 gramas de fibra dietética são recomendados diariamente. A fibra é um carboidrato complexo, que requer ajuda na produção de insulina.

Certain ricos em fibras, como maçãs, lentilha, couve-flor, cereais, amêndoas, vegetais de folhas verdes, brócolis, feijão e peras alimentos são benéficos.

Um suplemento vitamínico múltiplo, especialmente com selênio e zinco, é eficaz.

Cirurgia íntima, mais do que um capricho

A cirurgia íntima pode parecer algo que apenas estrelas de cinema fazem, no entanto, é feito mais cirurgias íntimas do que se falam. Ainda existe um tabu para falar da cirurgia plástica íntima, a grande maioria das mulheres que passaram por essa cirurgia não comenta e não divulga que foi feito mesmo as que ficam extremamente satisfeitas com o resultado.

A moda da depilação completa fez com que muitas mulheres se sentissem mais conscientes de sua área íntima e dos possíveis problemas estéticos dessa zona. Um dos mais comuns é o fato de os pequenos lábios se projetarem e ficarem de fora, sendo visíveis fora dos lábios maiores.

Este problema pode ser corrigido facilmente, com uma operação que retira a pele excedente dos pequenos lábios, reduzindo seu tamanho e tornando-os esteticamente mais bonitos. Tudo isso sem internação e com um pós-operatório muito simples. Mas não podemos esquecer de salientar que é muito importante procurar por um cirurgião plástico Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Ter uma boa vida sexual é importante para muitas mulheres que, sofrendo um forte complexo nessa área, acabam tendo problemas em sua vida íntima. Intervenções estéticas podem ser uma grande ajuda para alcançar a aparência exigida e oferece total segurança às mulheres.

Cirurgia íntima: lábios que criam complexos

Embora os pequenos lábios sejam os que criam os maiores complexos nas mulheres, devido ao fato da pele ficar aparente,  também pode acontecer que os grandes lábios causem insatisfação. Ou porque são muito grandes, muito pequenos ou porque não são simétricos.

É possível corrigir o tamanho desses lábios e dar-lhes forma para tornar a parte externa da área íntima muito mais bonita e regular. Estas intervenções cirúrgicas de aumento ou redução íntima são conhecidas pelo nome de labioplastia.

Comum também é a lipoaspiração na área pubiana, exatamente no monte pubiano, que deixa essa parte muito visível quando é colocado um biquíni ou uma calça mais justa, o que incomoda muito a mulher, causando inclusive problemas de auto estima.

Cirurgia íntima: hímen, algo que não se fala

Nestes tempos, pode parecer que o hímen não é mais de grande importância, mas isso não acontece em certos setores da sociedade. É por isso que algumas mulheres procuram as clínicas de cirurgia intima, para reconstruir o seu hímen. A procura desse tipo de cirurgia pode ser por diversas causas.

O hímen não é apenas rompido ao fazer sexo, pode ser rompido praticando esporte, por uma queda e assim por diante. Sua reconstrução é realmente simples e há muito mais casos de garotas que passam por essa técnica do que se acredita.

Combine exercício ao ar livre com o apoio de um parceiro ou grupo, e você terá um benefício triplo de boa saúde. Fazer atividades divertidas que você pode fazer com um grupo ou um parceiro.

Exercícios regulares em qualquer lugar

Em qualquer lugar, a qualquer hora – podem fazer maravilhas pela sua saúde física e mental. Tirar sua rotina do lado de fora acrescenta um impulso adicional à saúde por passar o tempo na natureza. Combine esse exercício ao ar livre com o apoio social de um parceiro ou grupo, e você terá um benefício triplo de boa saúde. E fazer logo um exercício pela manhã aumenta sua produtividade do dia, então tome o pequeno almoço com o Fórmula 3 Herbalife a vá para sua atividade.

De fato, o estudo, publicado no Journal of Sports and Exercise Psychology, avaliou os participantes que realizaram uma série de conselhos, tanto sozinhos quanto em grupo. As pessoas que trabalham no grupo aumentaram o tempo de administração em 24%!

Com esses tipos de resultados, você pode realizar três atividades com um grupo ou parceiro:

1. Bootcamp ao ar livre

O Bootcamp é um treinamento intensivo de uma hora para todo o corpo que combina treinamento de força e um sistema cardiovascular intensivo com muito pouco descanso entre as séries.

Classes Bootcamp variam dependendo do instrutor e do objeto. Você pode usar pesos, pneus, sacos de areia, trenós, pesos e / ou pesos. O ambiente do grupo cria uma parceria e fornece o apoio necessário: se você sentir que está deitado no chão, alguém o incentivará a continuar em movimento.

2. Treinamento ABC

Abreviação de Athletic Body Conditioning, o ABC combina treinamento com pesos, levantamento de peso e movimentos coreográficos usando um passo e outros equipamentos simples. É altamente energético e muito estilizado, com treinamentos que dependem muito da música de impulsos, ritmo e resultados. Ele enfatiza a importância de alongar, desenvolver músculos, criar um núcleo forte e estável e melhorar a coordenação. Talvez o mais importante, o treinamento ABC é divertido, bem arredondado, faz bem a saúde e eficaz!

3. Junte-se a um grupo

Você já passou por um grupo de corredores no caminho para a academia? Por que eles não se juntam? Você conhecerá novas pessoas, aprenderá novas rotas e se divertirá mais do que assistirá TV na esteira.

A influência do grupo pode levá-lo a empurrar o ritmo ou executar uma rota montanhosa que você poderia evitar. Você está preocupado em deixar para trás? Não seja. Muitos clubes têm uma política de “não-descartes”, o que significa que a rota designou locais de reagrupamento ou líderes que se certificaram de que todos os corredores têm uma empresa.

 

Para sexóloga Sônia o sucesso do orgasmo é o autoconhecimento. “Ter orgasmo é um aprendizado. É preciso gastar tempo e ir treinando seu corpo, testando as possibilidades”, diz.

O orgasmo, que corresponde ao maior momento de um prazer sexual, tem data para ser comemorado. Criado na Inglaterra por uma rede de sex shops, o Dia Mundial do Orgasmo é celebrado em 31 de Julho.

O orgasmo é a experiência psicofísica de máximo prazer sentida pelo ser humano. Ele acontece como resposta sexual, depois das fases de desejo e excitação. “O orgasmo é mais que uma sensação de prazer, ele pode unir um casal, aparar as “arestas” do relacionamento, trazer bem estar e otimismo para continuar enfrentando os conflitos do dia a dia e também fora do relacionamento”, afirma a sexóloga.

As sensações produzidas pelo orgasmo são interpretadas no cérebro trazendo para as pessoas envolvidas, a sensação máxima de complementaridade. Na ocasião do orgasmo, o organismo libera neurotransmissores importantes da alegria e vontade de viver (endorfinas e serotoninas). “Funciona como o preenchimento das faltas existenciais, com um efeito curioso e muito bom: o de ser criatura perfeita, inteira e completa. Por isso, eu ouso dizer, que o orgasmo é o melhor antidepressivo e o melhor ansiolítico que existe”, diz Sônia.

É bom lembrar que o nosso corpo está apto para o sexo, equipado biologicamente para ter um orgasmo. Só que é uma experiência psicofísica. Existem mil coisas que podem interceptar o orgasmo. Na dificuldade ou ausência, é necessário a busca de tratamento. Descartados os problemas de ordem fisiológica, os sexólogos se empenham em estudos e pesquisas para cada vez mais, poder oferecer melhores terapêuticas, para que todos e todas tenham orgasmo em abundância.

Dia 6 de setembro, o dia mundial do sexo

No Dia do Sexo, seis de Setembro, todo mundo lembra o quanto ele é bom para a saúde. A cada ano, os cientistas descobrem novos benefícios do sexo para a saúde física e emocional. Um estudo recente do setor de psicologia do Royal Edinburgh Hospital, no Reino Unido, explica que os benefícios são tantos que, homens e mulheres com uma vida sexual ativa, são donos de uma aparência de cinco a sete anos mais jovem do que sua verdadeira idade.

A explicação é fácil: o hormônio do crescimento é liberado enquanto fazemos amor, o que pode aumentar a elasticidade da pele e diminuir os riscos de aparecimento de rugas. O sexo também ajuda a queimar gorduras e eliminar toxinas que prejudicam o sistema imunológico, enquanto o alívio do stress é suficiente para garantir uma boa noite de sono.

Segundo a sexóloga Sônia “durante a relação o organismo libera endorfinas, que são substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar. As endorfinas ainda agem como analgésicos naturais que eliminam dores, diminuem a ansiedade e facilitam o sono. Já o esforço físico age melhorando a circulação sanguínea, o que é fundamental para a saúde do coração e deixa a pele com um aspecto renovado”, diz.

Uma dica

Para mulheres que querem conhecer um estimulante bom, veja esse: