Amido de milho (maizena) no cabelo: conheça os benefícios

O amido de milho é um ótimo produto para cuidar dos seus cabelos e mantê-los saudáveis por mais tempo. Ele é tradicionalmente utilizado na culinária brasileira para fazer um mingau ou dar seqüência em receitas caseiras, como massas em geral.

Amido de milho já é usado, há muito para cuidar dos cabelos, já que ele pode trazer inúmeros benefícios em relação a beleza e a força das nossas madeixas. Desde então, a avó, e mais precisamente nos anos 40 a 60, as mulheres já usaram o amido de milho, para alisar e dar brilho aos fios. Era a chamada “touca de gesso”, onde os resultados foram impressionantes, pode acreditar!

Mas, afinal, será que o amido de milho no cabelo funciona mesmo? Como usar? Se você ficou curioso, leia o artigo até o fim e saiba mais sobre o uso do amido de milho, para cachos e como usá-lo, para dar efeitos prometidos.

Vamos lá?!

As vantagens de amido de milho (maizena) para o cabelo

Como já dissemos anteriormente, o amido de milho pode trazer uma série de benefícios para o cabelo, com a condição de hidratação profunda, para dar a beleza e a força do cabelo antes de alisamento natural, liberando muitas mulheres o uso de químicos ou alisar o cabelo.

Confira abaixo as principais vantagens de se usar amido de milho para o cabelo:

Hidrata o fio

O amido de milho é um excelente aliado quando se trata de hidratação do cabelo loiro. Mas se usada sozinha no cabelo ela não hidrata os fios. A dica é usar misturado a uma máscara de hidratação que você já usa para hidratar as madeixas. Por causa disso seus cabelos vão brilhar mais e ficar mais hidratados.

Tira a oleosidade do cabelo

Os especialistas indicam que o amido de milho é um importante potencializador para retirar a oleosidade dos fios. Você pode usá-lo nos casos em que não houve tempo para lavar o cabelo corretamente ou, até mesmo, como um xampu seco. É isso mesmo!

Só aplicar o amido de milho em pó sobre as raízes do cabelo e da distribuição, e também. Logo em seguida, você vai notar que o amido de milho absorva todo o óleo dos fios, dando mais livre para o cabelo.

Ajuda a reparar as pontas

O amido de milho também é frequentemente usado para restaurar fios secos, especialmente nas extremidades. Se você já estiver usando um produto para ajudar com as pontas das madeixas, use o amido de milho, para potencializar ainda mais o efeito.

Ele vai servir para selar as pontas secas, as tarefas que, normalmente, damos para alisar o cabelo, depois fazemos hidratação e, para fechar a cutícula do cabelo. Usar amido de milho vai trazer o mesmo efeito, mas sem agredir o cabelo.

Alisa o cabelo

Fazendo a famosa “touca de gesso”, o amido de milho para o cabelo, você vai notar que os fios mais suave e hidratada, e não aquele frizz causado por uso de produtos químicos. Ainda não sabe o porque, o amido de milho ajuda a alisar o cabelo, mas acredita-se que o alisamento ocorre devido a glicose em sua composição.

Amido de milho (maizena) realmente funciona?

De acordo com relatos de quem já usou o amido de milho para cuidar de cachos, o amido de milho funciona, sim. Se utilizados corretamente – o que nós vamos ensinar durante o artigo, o amido de milho pode trazer todos os benefícios listados acima, para o cabelo.

Os principais benefícios observados, são os cabelos com menos volume, mais brilho e maciez. No entanto, de acordo com especialistas, o amido de milho não deve ser usado por si só nos fios, porque ela não tem o direito de penetrar neles. A dica é misturar na máscara de hidratação ou cremes hidratantes, para obter os efeitos desejados amido de milho.

Você também pode usá-lo como uma forma de shampoo seco – como falamos anteriormente. Segundo depoimentos de quem já usou, o amido de milho tira todos os óleos, fios, deixando os cabelos mais leves e livres, enquanto você não será capaz de fazer uma lavagem normal.

Como usar amido de milho (maizena) no cabelo: passo a passo

Existem várias maneiras de usar amido de milho no cabelo. Tudo vai depender do seu objetivo e o resultado que deseja atingir com a aplicação de amido de milho em cachos. Como você já sabe, ele serve para hidratar, alisar e tirar a oleosidade dos fios.

Vale lembrar que as receitas com o amido de milho são naturais e não fazem prejudicar o couro cabeludo e nem aos fios. Assim, eles podem ser usados para hidratar ou alisar cabelos de crianças, mulheres grávidas, idosos, mulheres com o cabelo virgem ou quimicamente tratados.

Confira abaixo várias maneiras de preparar receitas com amido de milho para o cabelo e escolher a melhor forma de acordo com os seus objectivos:

Alisamento de cabelo com o amido de milho (maizena)

O amido de milho pode ser um grande aliado para as mulheres, quando se alisamento natural. Além de outros benefícios, ela pode ajudá-lo a ficar longe de produtos químicos, retificador e, portanto, menos prejudicar o cabelo. Vale ressaltar que, químicos, usados em excesso, podem danificar a fibra capilar e, consequentemente, prejudicar a saúde.

Com o alisamento natural, o amido de milho, não existe o risco de acontecer o chamado corte, química, do processo que combina vários produtos ou métodos químicos de alisamento ou relaxamento, e, que, por sua vez, provoca a queda do fio, deixando um “buraco” enorme cabeça.

No entanto, há várias maneiras de fazer receitas com o amido de milho, para alisar o cabelo, então é melhor preparar a máscara, vai depender das necessidades de cabelo de cada um.

Lembre-se que o alisamento natural, o amido de milho actua gradualmente, ou seja, o cabelo se torna mais suave à medida que vai usando constantemente a máscara. O efeito: fios de lisa começa a ser considerado após a terceira aplicação, aproximadamente.

Outra dica importante é que o alisamento de cabelo com o amido de milho deve ser feita de 30 em 30 dias. Isso porque, apesar do fato de que a queratina e o bepantol – os ingredientes utilizados para a preparação de máscaras, são extremamente importantes para a saúde do cabelo, em excesso eles podem causar queda ou quebra dos fios, causando o chamado efeito “rebote” no cabelo, ou seja, o efeito é o oposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *