Pular para o conteúdo

Por gerações, tem havido uma grande variedade de estilos de casa para enfeitar o país. Cada um desses estilos de casa teve seu tempo no centro das atenções, tornando-se o estilo preferido de diferentes áreas. Cape Cod, Victorian, Craftsman e Colonial são apenas alguns dos estilos de casa bem conhecidos. Cada um destes estilos tem uma aparência distinta, de baixo para cima, sendo os telhados uma das características mais marcantes. Um telhado colonial, em particular, é incrivelmente popular. Mas o que o torna único e que tipo de telhas são melhores para obter essa aparência?

O que é cobertura estilo colonial?

As casas de estilo colonial existem desde os anos 1600, mas se tornaram mais populares no século XVIII. Embora existam diferentes variações do estilo colonial, ainda existem muitas semelhanças. Primeiro, essas casas geralmente têm dois andares e um exterior de madeira ou pedra. Eles também costumam ter pelo menos uma lareira e um telhado mais inclinado em certas áreas, dificultando os reparos e a manutenção. As telhas usadas para um telhado estilo colonial tendem a ser naturais, mas não precisam ser; materiais possíveis incluem madeira, ardósia, asfalto e até sintético.

Telhas de telhado estilo colonial populares

BALANÇAS DE MADEIRA E TELHAS DE MADEIRA

De longe, treliças de madeira e telhas de madeira são o material de cobertura mais comum para telhados de estilo colonial. Também é uma opção clássica e natural que cria uma bela aparência rústica. Embora eles possam fornecer proteção decente, lembre-se de que os shakes de madeira de cedro naturais exigem muita manutenção.

ARDÓSIA NATURAL

A ardósia é outra opção natural que confere elegância às casas de estilo colonial, principalmente as de estilo mais moderno. É uma opção durável, fácil de reparar que requer pouca manutenção. No entanto, pesa muito, e uma casa precisaria ser modificada para lidar com o peso. Tenha em mente que a ardósia natural é muito bonita e complementa muitos tipos de estilo doméstico.

TELHAS DE ASFALTO

As telhas de asfalto são a opção de telha mais comum nos dias de hoje, mesmo com casas de estilo colonial. Eles são uma opção economicamente amigável que é durável e acessível em comparação com a madeira natural e a ardósia natural.

COBERTURA SINTÉTICA

As modernas técnicas de processamento tornaram possível a criação de telhas sintéticas duráveis ​​e esteticamente atraentes. Essas telhas podem imitar a aparência de outros materiais, como madeira e ardósia, mas duram mais e exigem menos cuidados.

Quais telhas de telhado considerar para sua casa colonial?

Cada opção de telha, não importa o estilo de telhado que você está considerando, tem suas próprias vantagens e desvantagens. Para um telhado estilo colonial, é importante lembrar que ele possui áreas mais inclinadas. Por causa dessa inclinação, os reparos e a manutenção do telhado podem ser mais difíceis e podem ser um pouco perigosos se não forem manuseados adequadamente. O que significa que você realmente quer escolher suas telhas com sabedoria.

As telhas de madeira, embora tradicionais e bonitas, exigem a maior manutenção de todas as opções coloniais comuns. Desde reparações e substituição de telhas antigas até à manutenção, trabalho que será necessário no final de cada temporada para as manter em perfeitas condições. Isso também significa que as despesas vão aumentar.

Embora a ardósia exija menos manutenção, elas são pesadas e estruturas mais antigas podem não suportar o peso adicional.

Por fim, há o asfalto e o sintético. Ambas são opções leves, mas as telhas asfálticas ainda requerem um pouco de manutenção e precisam ser substituídas após um certo período de tempo. As telhas sintéticas, por outro lado, podem durar mais.

Os benefícios das telhas sintéticas

As telhas sintéticas são uma bela opção para um telhado estilo colonial por vários motivos.

Os shakes de poliuretano são feitos usando um processo de última geração, criando uma opção de cobertura resistente à água e altamente durável. Eles têm uma classificação de incêndio classe A autônoma, uma classificação de impacto classe 4 e resistência ao vento de até 115 mph, tornando-os seguros para climas severos.

Além de sua durabilidade, eles são incrivelmente leves, pesando apenas 170 libras por quadrado. A melhor característica é que eles são de baixa manutenção.

O estilo arquitetônico da sua casa é importante e incrivelmente revelador. O telhado deve sempre combinar e complementar o estilo com materiais que não adicionam estresse com necessidades extras de manutenção. Um telhado de estilo colonial é único e clássico. Em vez de escolher algo tradicional, considere a opção mais fácil e livre de manutenção de telhas sintéticas. Com essas telhas, você pode obter aquela aparência de madeira real, sem todos os problemas ou custos, e seu telhado ficará bonito por muitos anos.

A escrivaninha costuma fazer parte da mobília do quarto dos pequenos ou do próprio escritório se você costuma trabalhar em casa. Ao passar várias horas nele, é importante que (entre outras coisas) tenha uma boa iluminação para que o trabalho seja o mais confortável possível.

A iluminação adequada ajudará você a manter o foco e a motivação, além de evitar problemas como irritação nos olhos e dores de cabeça.

Aqui estão algumas dicas para iluminar sua mesa:

.

1) Quantidade de luz necessária

O nível de luz recomendado para áreas de trabalho é de cerca de 400 lux. (unidade derivada do Sistema Internacional de Medições de luminância).
Se tem janelas na sua secretária, o ideal é instalar estores que permitam ajustar o nível de luz natural e controlar a entrada de luz solar.

.

2) Aproveite a luz natural

É importante aproveitar a luz natural em seu espaço de trabalho e posicionar sua mesa perto de uma janela, para que a luz do sol entre de um lado e, assim, evite sombras no teclado ou em seus livros ou cadernos.
Recomendamos colocar o monitor longe da luz solar direta, para que a tela não escureça ou mostre reflexos que impeçam sua visão.

.

3) Iluminar tudo

Um erro comum cometido em grandes escritórios ou residências é usar uma única luz direcionada para a mesa, deixando o restante do ambiente sem iluminação. Isso pode aumentar a fadiga ocular e ser prejudicial aos olhos a longo prazo.

É necessário que a sala esteja completamente iluminada por uma lâmpada ou holofote no teto.
A iluminação geral não deve ser muito brilhante. As luminárias de iluminação indireta podem servir. Seus olhos não se cansarão tão rapidamente se você complementar sua luz localizada com luz geral, pois isso permitirá uma transição mais suave e gradual entre luz e sombra.

A luz geral não precisa vir do ponto central da sala. Você também pode alcançá-lo através de uma iluminação discreta com fontes de luz ambiente localizadas nas paredes ou luzes laterais direcionadas do teto para obras de arte e livros.

.

4) Use uma lâmpada por direção

Se você costuma trabalhar à noite ou em tarefas muito detalhadas, é essencial que você tenha uma luminária de mesa que possa direcionar para a área de trabalho.
Esta lâmpada servirá para iluminar o teclado à noite, uma vez que a luz do teto seja insuficiente. Dessa forma, você evitará a fadiga ocular ao forçar os olhos para olhar o teclado.

Se vai trabalhar muito perto da lâmpada, recomendamos a instalação de iluminação LED de preferência: não só consumirá menos, como também gerará menos calor do que uma lâmpada incandescente.

Se você passa muito tempo olhando vídeos ou imagens na tela do computador, ou apenas arquivos de texto ou bancos de dados, um ponto importante é equilibrar a luz que irradia do monitor. Isto é conseguido colocando uma lâmpada de chão sombreada cerca de dois metros atrás do monitor, ou simplesmente direcionando uma lâmpada de mesa para a parede traseira do monitor.

1 - Dicas para ter uma loja virtual de sucesso

Quase sempre acontece que, depois de configurar sua loja online, você não vende nada. Qual é a chave para o sucesso?

  • A loja deve:
    • ser mais que uma loja, tem que estar viva, contar coisas, dar opiniões, mostrar que tem gente por trás da imagem.
    • ser atualizado sobre preços e estoque.
    • responder quando um cliente consulta.
    • seja fácil de usar para seus clientes tanto para visualizar os produtos quanto na hora de efetuar a compra.
    • tem um sistema para acompanhar os embarques.
    • fazer promoções.

Para uma loja online atender a todas essas características, é preciso tempo, planejamento e esforço. Uma única pessoa não pode, além de atender, por exemplo, seu negócio físico, colocar a loja digital para funcionar, atender pedidos, embalá-los, enviá-los. Faça postagens no Instagram, controle estoque e atualize preços, faça upload de novos produtos, mantenha notas de postagem no blog da loja, responda perguntas no Facebook ou Mercado Livre e também viva sua vida fora do trabalho. Acordar no dia seguinte e pensar em promoções sazonais, comprar produtos ou controlar a produção, inventar novos produtos e ficar de olho na concorrência. É muito, certo?

As lojas online são muito úteis, mas é necessário lidar adequadamente com todas as tarefas que elas envolvem para que funcionem bem. Não é uma tarefa para uma pessoa.

A loja online e o parceiro digital

Na nossa experiência, ter uma loja online de sucesso depende muito de quem o ajuda em tudo o que o funcionamento da loja implica. As vendas online têm regras diferentes das vendas físicas. Conhecê-los e apropriar-se deles requer estudo, pesquisa e avaliação de resultados para continuar implementando estratégias flexíveis e criativas. Não é suficiente para configurar a loja. Não é fácil administrar uma loja online. Nem é impossível. Cada loja, cada cliente é um desafio diferente e especial.

Recomendamos também, que mesmo que a loja esteja no ambiente digital, existam alguns mínimos cuidados com elementos estéticos, ou seja.

Um bom local para expor os produtos, como vitrines, ou até mesmo araras para roupas.

Projetamos nossas próprias ferramentas digitais para agilizar processos como atualização de preços que importam informações de planilhas como Excel e outras que geram catálogos de preços em formato pdf, atualizados no momento e diretamente vinculados à loja para compartilhar com os clientes. Nosso trabalho é baseado na experiência e no aprimoramento constante de nossos serviços para oferecer a melhor solução do mercado a todos aqueles que precisam iniciar ou aumentar suas vendas online.

Por outro lado, resolvemos o problema de que nosso trabalho é “virtual” e parece que nada está sendo feito… acontece que é muito fácil verificar que uma pessoa está trabalhando quando o trabalho é físico, mas e se é virtual?? Na Web Tienda Online desenvolvemos nossa própria ferramenta digital, em constante aprimoramento: AdsPlace. Este aplicativo registra as horas de trabalho utilizadas nas diferentes tarefas de Marketing Digital: campanhas, publicações, pesquisas de mercado, geração de conteúdo, desenvolvimento de SEO, design, atualização de preços e estoque. Assim, cada cliente pode ver como sua conta de marketing está sendo trabalhada de forma concreta e eficaz.

Resumindo, para ter uma loja online de sucesso, uma boa opção é ter um parceiro digital que te acompanhe.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo. Para mais dicas, acompanhe o Blog.

 

Alopecia significa queda de cabelo, pode afetar tanto homens quanto mulheres; e segundo o especialista, pode se manifestar das seguintes formas:

  • Localizada : quando há setores do couro cabeludo sem cabelo, comumente chamados de "peladilla" ou alopecia areata como é chamada na medicina, e que significa queda de cabelo em formato circular ou em anéis. É uma doença de base autoimune, ou seja, as próprias defesas do organismo podem gerá-la, como deficiência de ferro ou proteína, distúrbios da tireoide ou situações de estresse emocional, sendo este último o mais frequente neste momento de pandemia. Alopecia Areata é uma entidade benigna que, com tratamento, pode repovoar a área afetada; No entanto, se não for tratada a tempo, pode se espalhar ou generalizar.
  • Universal ou generalizado : pode se espalhar por todo o couro cabeludo, perdendo não apenas os cabelos da cabeça, mas também as sobrancelhas, cílios ou até outras partes do corpo
  • Difusa ou generalizada : ocorre no macho na área do centro da cabeça ou nas entradas, tem a ver com hereditária ou androgenética. Também existe nas mulheres, mas geralmente se manifesta como uma recessão na linha frontal do cabelo, notando a falta de cabelo.

A esse respeito, o especialista comenta que a consulta mais frequente nesses tempos de pandemia, e que está relacionada à Covid-19, é o eflúvio telógeno, uma queda exagerada de cabelo com fios que entopem os ralos do banheiro ou que saem do couro cabeludo quando pentear. No entanto, é reversível e cura-se com um tratamento de seis meses com medicação oral e localizada com loções.

minoxidil

“Na dermatologia, em qualquer caso de alopecia, tanto feminina quanto masculina, o importante é avaliar o paciente; descartar distúrbios da tireoide, possível anemia, baixo teor de ferro ou proteína, deficiência de aminoácidos, como cistina, e descartar possíveis infecções. Somente quando temos um quadro completo e um diagnóstico preciso é que se consegue um tratamento eficaz”, conclui Gómez.

Para casos que envolvem a queda de cabelos, indicamos o eficiente Minoxidil.

 

O sol pode fornecer energia suficiente para alimentar todo o planeta. Mas você não pode fazer isso diretamente. Os painéis solares são o intermediário que faz com que a luz solar nos sirva de energia. Seu design é simples, muito eficiente e permite o autoconsumo, o que promove a sustentabilidade . Em um futuro próximo, os painéis gerarão eletricidade mesmo à noite.

Uma única hora de sol seria suficiente para suprir as demandas energéticas da humanidade por um ano inteiro. A afirmação não é exagerada e explica melhor do que qualquer gráfico, a importância de o ser humano poder, através de diferentes processos, converter o que o sol dá em energia elétrica. A energia solar como um futuro alternativo para a humanidade.

O uso de energias renováveis ​​para ser autossuficiente e, assim, economizar nas contas de eletricidade e gás, é uma tendência ascendente que também cuida do meio ambiente . A chegada de fundos europeus representa uma oportunidade sem precedentes para promover o autoconsumo fotovoltaico em Espanha, a nível empresarial e especialmente no mundo residencial. O 'Roteiro' de autoconsumo, publicado pelo Governo em Dezembro do ano passado, procura promover a instalação de painéis solares em mais de 40.000 lares.

Mas como se dá esse processo quase milagroso? Através de duas instalações simples: instalações solares de painéis fotovoltaicos (mais conhecidos como painéis ou painéis solares) e instalações térmicas. Ambos são diferentes e são compostos por equipes diferentes.

Como funciona ?

Para entender completamente o que são esses painéis fotovoltaicos, é melhor voltar alguns anos (até um século). “Falamos de uma energia do século 21, embora na verdade tenha sido descoberta no final do século 19. E foi no século 20 que começou a se desenvolver”. "Em 1920, Albert Einstein já descobriu o efeito fotovoltaico e por isso ganhou o Nobel um ano depois".

Como funciona esse efeito? É um fenômeno físico que consiste na emissão de fotoelétrons por um material quando este recebe energia luminosa. “Esse fenômeno nos permite explorar a energia solar para produzir eletricidade”, diz Íñigo Ramírez González, pesquisador em energia solar fotovoltaica da Universidade Politécnica de Madri.

Conhecendo este conceito, importa agora explicar o que é uma instalação solar fotovoltaica . É uma estrutura retangular com uma unidade básica de transformação que é a célula solar e que mede aproximadamente 10 centímetros quadrados. Um painel une várias dessas células em uma placa, que são cobertas com um plástico chamado EVA. É um tipo de polietileno formado por diversos compostos (etileno e acetato de vinila) que é um dos grandes aliados da indústria fotovoltaica. Por quê? Porque esse polímero pode suportar condições e temperaturas extremas e, além disso, permite a passagem da luz, mas não os raios ultravioleta, que são mais prejudiciais à pele.

Um painel solar é composto por cerca de 60 células , embora esse tamanho varie entre os fabricantes, e sua espessura seja em torno de quatro centímetros. Íñigo Ramírez destaca: “A energia que eles produzem é corrente contínua e usamos corrente alternada em nossas casas, então os painéis também têm um elemento essencial que é o inversor, capaz de transformar a corrente para que possamos usar essa energia”.

Silício desde 1954

As primeiras células fotovoltaicas foram desenvolvidas em 1954. Daryl Chapin, engenheiro eletrônico; Gerald Pearson, físico, e Calvin Fuller, químico, os três pesquisadores do American Bell Laboratories, apresentaram ao mundo sua grande descoberta: foi a primeira célula que captou energia do sol e com ela um transistor pôde ser feito para trabalhar. Essa célula tinha uma peculiaridade: era feita de silício. “Este é precisamente o material fundamental que absorve a luz solar e através do qual essa luz é transformada em eletricidade. É um semicondutor com características muito boas para fazer células solares e é muito abundante na terra, além de ser barato”, explica Ramírez.

As instalações solares aproveitam a radiação para transformá-la em energia térmica ou elétrica. Existem dois tipos: as termelétricas aquecem um fluido para obter vapor d'água e movimentam a turbina que gera a eletricidade, enquanto os parques fotovoltaicos dominam a reação do silício que converte a luz em elétrons.

A energia fotovoltaica é uma fonte de energia que vem adquirindo cada vez mais importância ao longo dos anos. Antes da década de 1970, seu uso era meramente aeroespacial , mas a partir de então, desceu à Terra. É modular, ou seja, sua eficiência não depende do seu tamanho, por isso é escalável e pode ser colocado em casa.

No entanto, em países como a Espanha seu uso ainda é eminentemente industrial. “Os mais de 10.000 megawatts (MW) de energia fotovoltaica instalados no país abastecem fundamentalmente empresas e edifícios industriais ”, explica o chefe do Departamento Solar do IDAE. Ainda temos um longo caminho a percorrer para chegar à China, a maior potência mundial em energia fotovoltaica.

Painéis solares: aproveite ao máximo o sol e economize energia

Voltando a esses painéis, outra das perguntas mais frequentes é se as fazendas (como são conhecidas essas instalações) de painéis solares se movem com o sol. Existem duas respostas, alguns painéis são instalados em estruturas fixas inclinadas e outros são instalações com rastreador, ou seja, possuem um motor inteligente que os movimenta para que estejam em seu ponto mais eficiente todos os dias do ano.

Em relação à potência que os painéis de tamanho padrão podem gerar, estima-se que um módulo de 2 x 1 metro – entre 60 e 72 células – forneça aproximadamente entre 300 e 445 Wp (watts de pico) para cada hora de sol.

Futuro fotovoltaico

O futuro dos painéis passa pelo presente da pesquisa científica. Na Universidade de Stanford (EUA) eles acabaram de desenvolver uma instalação capaz de gerar eletricidade quando o sol já se pôs. Os painéis solares 'ao contrário' aproveitam a energia irradiada pelos painéis após muitas horas de luz solar. Este fenômeno é conhecido como 'resfriamento radiativo' e ocorre quando um corpo perde calor após altas temperaturas. Recuperar esse calor que é emitido, mesmo à noite, pode ser uma solução para que os painéis tenham um melhor desempenho.

Fazendas solares em instalações elevadas em campos agrícolas ou estufas para otimizar o espaço e, ao mesmo tempo, manter os painéis resfriados pela umidade liberada pelas plantações; Seguidores solares para seguir o sol, mais baratos e eficientes, ou células solares feitas com componentes orgânicos que transformam as janelas de edifícios industriais ou residenciais em painéis solares semitransparentes são algumas das soluções em curso.

Você está começando no mundo da costura? É empresário e autodidata no mundo dos têxteis? Você tem que comprar tecidos online e tem dificuldade em decidir sem ver ou tocar no tecido?

Um mundo tão desconhecido para todos e às vezes um pouco esmagador. Aproveito este momento para insistir novamente: faça seu próprio amostrador de tecido. É a melhor forma de conhecer, aprender, classificar tecidos. Vamos tentar esclarecer alguns conceitos que podem nos ajudar na hora de decidir quais tecidos usar ou como escolhê-los.

tecido-tricoline
Existem muitas maneiras de classificar os tecidos, mas aqui vamos aprender as duas maneiras mais simples de diferenciá-los:

  • Pela sua estrutura: a forma como o tecido é tecido ou feito.
  • Pela sua composição: matéria-prima a partir da qual é feito o têxtil.

DEVIDO À SUA COMPOSIÇÃO:

Essa classificação refere-se à origem das fibras com as quais o tecido foi feito.

Fibras naturais: são provenientes da natureza.

  • Vegetais: algodão, linho, juta, palmeira sisal, entre outros
  • Animal: ovelha, cavalo, cabra, coelho, camelo, seda natural, entre outros.
  • Mineral: vidro, ouro, prata, cobre, entre outros.

Fibras químicas: têm muita intervenção industrial.

  • Artificiais: são feitos a partir da transformação de polímeros naturais: viscose, rayon, acetato, borracha.
  • Sintético: obtido a partir de derivados de petróleo: lycra, nylon, Teflon.

Muita informação né? Esses nomes parecem complicados, não é necessário que você aprenda tudo. Essas informações são importantes para que você saiba de onde vêm os tecidos e tenha um critério na hora de escolhê-los.
O teste decisivo:

Reconhecer a composição de um tecido (ou seja, o material de que é feito) é fazer um teste decisivo, literalmente.
Queime com uma vela o canto do tecido que você deseja saber sua origem e de acordo com sua reação você perceberá do que é feito:

Origem natural:

  • Ele pega fogo muito rápido.
  • Tem cheiro de papel queimado.
  • Faz muita fumaça.
  • O resíduo que deixa é semelhante a uma cinza. Se você passar o dedo no local onde queimou, mancha um pouco.

Origem sintética:

  • Não pega fogo.
  • Não cheira.
  • Não fuma.
  • O resíduo que fica é duro, parece que o tecido está queimado.

Como não é absoluto, há muitos tecidos e composições. Portanto, existem misturas, podemos encontrar as características acima combinadas entre si.

Como classificar tecidos de origem

DEVIDO A SUA ESTRUTURA:

A maioria dos tecidos é composta de fios que se cruzam e se unem, a diferença está no número e no elo dos fios.

Telas planas:

Este tipo de tecido é composto por dois fios, um no sentido longitudinal (urdidura) e outro no sentido transversal (trama). Para tecer esses tecidos, é utilizado um tear, que possui o mesmo mecanismo do tear tradicional. Como característica principal, esses tecidos não possuem elasticidade. Exemplos: Canvas, gabardine, cambraia, canvas.

Como classificar tecidos planos

Telas de ponto:

Eles são formados com um único fio que se liga. O mecanismo para tecer esses tecidos é o mesmo da tecelagem de duas agulhas. A principal característica desses tecidos é que eles têm elasticidade. Exemplos: Jersey, modal, acetato, lycra.

Como classificar tecidos de malha

Nesse caso, faremos a classificação entre esses dois tipos de tecidos, quais são os maiores e os que mais utilizaremos. Deve-se notar que existem outras estruturas além das mencionadas.

Depois de tanto falar em tecidos, vem a GRANDE pergunta: eu amo tecidos, mas preciso saber costurar para trabalhar com eles? E vou contar um segredo pessoal: não gosto de costurar, TANTO quanto estampar, fazer, intervir, brincar com tecidos.

A verdade é que toda vez que tenho que sentar na máquina tento acumular vários trabalhos como se fosse fazer em série e todos de uma vez, mas uma vez que me sento não consigo me levantar até vê-los terminados ( olá ansiedade). Por isso também entendo as meninas que se perguntam: é preciso saber costurar para brincar com tecidos?

E a verdade é que não, você pode fazer a parte que você gosta e mandar costurar, você pode trabalhar em grandes formatos e depois pensar no que você pode usar e levar na sua costureira de confiança para fazer a mágica.

Por outro lado e jogando onda na costura, garanto que é uma ÓTIMA ferramenta para fazer seus projetos, não é tão difícil quanto parece, resolve muitos problemas e te ajuda a materializar suas ideias. Também não é necessário ser costureira, fazendo bem direitinho você já tem o trabalho feito! Esclareço: quanto mais prática você adquirir na costura, maior será o universo têxtil a explorar.

A boa notícia é que você pode começar a trabalhar em seus tecidos ou roupas sem saber costurar, o que eu acho extremamente importante é que você conheça o material com o qual está trabalhando, por isso insisto tanto nessas dicas em tecidos. Espero que você ache todas essas dicas úteis e, como sempre, estou aqui para ajudá-lo no que precisar!

 

Quer escolher uma boa agência de marketing digital para sua empresa? Neste artigo, explicamos uma série de recomendações importantes que levarão você à agência mais completa.Apostar nos diversos serviços das agências de marketing é a melhor decisão para a projeção de qualquer empresa.No entanto, mais e mais agências emergentes estão oferecendo serviços de marketing digital, portanto, descobrir qual é o mais adequado é um pouco confuso, é claro que a concorrência é forte, por isso, as agências se esforçam para oferecer a seus clientes os serviços mais inovadores ligados à transformação digital . Agora, há um detalhe muito importante na hora de escolher uma boa agência de marketing digital, e é que além do portfólio de serviços oferecidos, o cliente deve focar naquele que é capaz de se identificar com as necessidades de sua marca, não se trata de executar todas as ferramentas digitais existentes para ganhar notoriedade no mercado , mas sim de aproveitar aquelas que são realmente as mais precisas e eficazes para divulgar os produtos ou serviços.

É aqui que a tomada de decisão se reduz à ideia de avaliar qual agência é compatível com os objetivos a serem alcançados, claro que, como cliente, é preciso identificar antecipadamente como você quer impactar seu público, e conhecer a essência da sua marca.Quer escolher uma boa agência de marketing digital para sua empresa? A seguir, explicamos uma série de recomendações importantes que o levarão à agência mais completa.

5 qualidades de uma boa agência de marketing digital

O acesso gratuito à internet oferece infinitas respostas sobre transformação digital.

Diante dessa ideia, muitos clientes optam por criar um plano de marketing sob seus próprios conceitos.

É um erro muito comum com consequências irreversíveis tanto para o posicionamento na web quanto para a presença da empresa perante seu público.

A intervenção de uma boa agência não só garante o sucesso de qualquer estratégia de marketing digital, como também reduz os riscos de perda de recursos e investimento.

Se você quer iniciar a transformação digital da sua marca ou empresa com o pé direito, veja as qualidades que essa agência de marketing deve ter.

Veja aqui também : O marketing digital funciona de fato?

Carteira de clientes reconhecida

Toda boa agência de marketing que posicionou com sucesso seus clientes não hesita em divulgar seus resultados.

Embora isso não signifique que as novas agências emergentes não sejam capazes de alcançá-lo.

No entanto, para aqueles clientes que desejam apostar na melhor opção, é aconselhável verificar a credibilidade da agência.

Assim, olhar para a sua carteira de clientes anteriores e a notoriedade da sua presença no mercado oferecem um bom equilíbrio entre a qualidade dos seus serviços.

Presencia digital relevante

É uma das qualidades mais importantes e que muitos subestimam.

É preciso entender que qualquer agência de marketing que ofereça serviços digitais deve ter uma excelente presença nos meios digitais.

É a melhor carta de apresentação para clientes que querem tirar suas próprias conclusões antes de entrar em contato com a equipe de trabalho.

Portanto, se uma determinada agência chamar sua atenção, dê uma olhada no design de seu site , no conteúdo de suas redes sociais, nos serviços oferecidos, nos casos de sucesso ou na interação com o público.

Este é um padrão de referência para a transformação digital da sua empresa caso opte pelos seus serviços.

Equipe multidisciplinar de profissionais

Todo plano de marketing online merece a integração de múltiplas estratégias digitais que otimizam o alcance dos objetivos da campanha.

Portanto, a participação de uma equipe de profissionais especialistas em cada estratégia garante sua correta execução.

Lembremos que, apesar do planejamento exaustivo da campanha, em certas ocasiões pode ser necessário redirecionar alguma estratégia digital devido à detecção precoce de erros.

Portanto, não há risco de que o órgão não tenha a equipe humana treinada para lidar com a situação.

Empresas comprometidas com a transformação digital merecem uma agência com profissionais capacitados em google adwords e redes sociais (google ads e social ads, respectivamente), web design, inbound marketing, marketing de conteúdo, posicionamento SEO SEM, entre outros.

Soluções digitais focadas nos interesses da marca

Atualmente, o portfólio de ações e ferramentas digitais das agências de marketing é amplo e inovador.

No entanto, uma boa agência é aquela que reconhece suas necessidades como empresa desde o início e oferece as soluções ideais de acordo com elas.

Portanto, não se trata do número de atendimentos, mas do real interesse da agência em oferecer respostas personalizadas e respaldadas por uma boa estratégia de comunicação.

Uso de tecnologia inovadora

As melhores agências de marketing digital andam de mãos dadas com os avanços tecnológicos ao nível das ações digitais.

O sucesso de campanhas de e-mail marketing, SMS marketing, telemarketing ou compra de banco de dados , por exemplo, é garantido se a agência tiver capacidade de executar diversas ações tecnológicas durante o processo.

Esse comportamento permite um acompanhamento e mensuração mais precisos dos resultados, o que favorece o retorno do investimento e a otimização das rotas com as quais foi possível impactar o público que queríamos.

Benefícios de escolher uma boa agência de marketing digital

A intervenção de uma boa agência de marketing digital na transformação digital de qualquer empresa oferece uma série de benefícios indiscutíveis:

  • Otimiza a notoriedade da empresa no mercado atual graças à execução de ferramentas e recursos de posicionamento adequados.
  • Facilita a identificação de objetivos de acordo com o nicho da empresa.
  • Ajuda a melhorar a presença digital das marcas.
  • Especialistas em diferentes estratégias de marketing são capazes de criar campanhas sob medida, o que favorece o tempo de recuperação do investimento (ROI).
  • Resultados mensuráveis ​​podem ser alcançados em tempo real graças a sistemas de automação inovadores.
  • As agências de marketing digital possibilitam sincronizar as diversas estratégias digitais com garantia de resultados de sucesso.
  • Melhore a captura de leads e a taxa de conversão de clientes em potencial.
  • Garante uma melhor experiência do cliente, o que favorece o engajamento e a fidelização.

Por todos esses motivos, escolher uma boa agência de marketing digital é crucial para o sucesso das estratégias online. É fundamental alcançar a notoriedade que toda empresa busca no mercado.

Os lançamentos contábeis são a forma como são registradas todas as operações econômicas que fazem parte da contabilidade empresa .

Como efetuar lançamentos contabilísticos que respeitem o procedimento e a estrutura determinados pelo Plano Geral de Contabilidade para o efeito? Nós informamos em que consistem esses lançamentos contábeis e como registrá-los no Livro Diário .

Encontre todas as informações básicas necessárias para entender o processo e treine-se com os exercícios práticos que propomos ao final do artigo.

O que é um lançamento contábil?

Um lançamento contábil é o registro que uma empresa faz de todas as transações ou fluxos comerciais, econômicos ou financeiros, dentro do Livro Diário .

Os lançamentos contábeis são a base da contabilidade da empresa e permitem controlar e organizar todas as entradas e saídas de dinheiro no momento do encerramento do exercício. Os lançamentos contábeis são compostos de duas partes:

O mosto: no lado esquerdo (o carregamento está apontando para o lado esquerdo),

Crédito : do lado direito (pagar é apontar para o lado direito).

Quais são os tipos de lançamentos contábeis?

Existem diferentes tipos de lançamentos contábeis, que são classificados de acordo com sua substância e forma:

Dependendo do fundo

Entrada de Abertura– Primeira entrada no início de um novo exercício financeiro.

Lançamentos operacionais: registro de todas as operações contábeis ocorridas na empresa durante um exercício.

Lançamentos de ajuste: ao final do exercício, imediatamente antes da apresentação do balanço.

Lançamento de regularização: permitem liquidar as contas do exercício e classificar as operações como despesa ou receita (lucro ou prejuízo).

Lançamento de encerramento: último lançamento do exercício, que encerra a contabilização do exercício.

De acordo com o formulário

Lançamentos simples : apenas duas contas contábeis estão envolvidas: débito e crédito.

Entradas compostas ou duplas– Você pode incluir mais de uma conta contábil no débito, crédito ou ambos.

Como fazer lançamentos contábeis facilmente?

Aprender a fazer lançamentos contábeis é algo que qualquer pessoa pode fazer, seja autônomo, administrador de empresa ou simplesmente queira manter um registro ordenado de suas receitas e despesas . Vamos ver uma lista de passos a seguir.

Leia aqui também : Como manter a contabilidade do meu ecommerce

Recolher os documentos comprovativos das despesas

Toda compra ou venda deve ser faturada de acordo com a Lei. Ao fazer um lançamento no Diário, devemos justificar cada lançamento com o recibo correspondente, que pode ser:

  • Nota fiscal de compra e venda,
  • uma nota de crédito que registra uma dívida que o cliente tem com o fornecedor,
  • uma fatura de nota de crédito, que é uma nota de crédito reconhecendo uma dívida que o fornecedor deve ao seu cliente.

Estes apoios evidenciam melhor a situação económica na cobrança dos descontos comerciais concedidos a posteriori (em caso de atraso na entrega, por exemplo) ou em caso de devolução de mercadoria.

Registre no livro correspondente

Se optar pelo registo único, pode registar todas as transações, independentemente da sua natureza, no mesmo livro.

No entanto, a opção mais comum é a utilização de diferentes livros subsidiários , ação que permite separar as transações de acordo com seu tipo:

O diário de vendas, para a venda de mercadorias, produtos acabados e serviços.

O diário de compras, para compras de mercadorias, matérias-primas e certas despesas gerais.

O diário de caixa, para registrar transações de caixa registradora. É essencial para vendas no varejo e para o público em geral.

O diário do banco, para pagamentos por transferência bancária. Será particularmente útil no final de cada mês realizar a reconciliação bancária .

O diário de operações diversas(OD), para operações que não estão relacionadas a vendas, compras ou fluxo de caixa.

Defina as informações básicas do lançamento contábil

Os elementos que compõem um lançamento contábil incluem:

a data,

o valor do débito,

o valor do crédito,

o nome da operação,

o número da conta em questão,

o número do documento comprovativo.

Aplicar princípios contábeis

O registro de um lançamento contábil é uma operação relativamente simples. No entanto, existem alguns princípios que devem ser observados:

Contabilize os movimentos econômicos em ordem cronológica.

Siga a contabilidade dupla, o que significa que as colunas de débito e crédito devem ser equilibradas.

Use o lançamento de estorno para estornar um registro e, em seguida, faça um novo lançamento, se necessário.

Referenciar um documento comprovativo numerado para cada lançamento contabilístico, de forma a comprovar a sua existência.

Contabilizar uma fatura de compra

Como é contado?

  1. Localize os seguintes itens na fatura: valor sem IVA e valor com IVA
  2. Registre-os nas contas correspondentes:
    • preencha a conta 'crédito' de fornecedores com o valor e o imposto com IVA.
    • preencha a conta 'débito' 4456 com o valor do IVA.
    • completa a conta 'débito' na conta de despesas de compra (tipo 6) com o valor sem IVA.
  3. Registre a transação bancária correspondente quando a dívida for paga.
    • Preencha a conta 'dever' 401 de fornecedores com o valor incluindo IVA.
    • preencha a conta de crédito 512 do banco com o valor com IVA incluído.

Lançar uma fatura de vendas

Como inserir uma nota fiscal?

  1. Localize os seguintes itens na fatura: valor sem IVA e valor com IVA.
  2. Registre-os nas contas correspondentes:
    • preencha a conta 'duty' do produto (classe 7) com o valor do imposto com IVA.
    • preencha a conta 'débito' 4457 com o valor do IVA.
    • Preencha a conta 'crédito' na conta do cliente com o valor incluindo impostos.
  3. Em seguida, registre a transação bancária correspondente no momento do pagamento da dívida:
    • Preencha a conta 411 'duty' para clientes com o valor incluindo IVA.
    • Preencha a conta 'crédito' 512 do banco com o valor incluindo IVA.

Publique um desconto

Ambos os descontos obtidos de um fornecedor devem ser contabilizados:

  • Complete o dever com a conta 401 do provedor,
  • crédito completo com a conta 756 descontos recebidos,
  • crédito completo com conta 44566 IVA sobre outros bens e serviços.

Como os oferecidos a um cliente:

  • Complete o 'crédito' 411 do cliente,
  • completar no 'duty' 665 os descontos acordados,
  • completo com a conta 44571 para imposto de produção.

Lançar um crédito de fornecedor

É prática comum fazer uma nota de crédito para corrigir a diferença de qualquer débito , desconto ou devolução do fornecedor. Mas como explicar essa nota de crédito de fornecedor?

➡ Durante o ano fiscal:

Para adicionar o desconto, você deve preencher:

  • Dever 4011 Fornecedores - Compras de bens e serviços.
  • Crédito 44566 - Imposto sobre insumos de outros bens e serviços.
  • Crédito 609- Descontos, abatimentos e descontos em compras.
  • Certifique-se no final do ano que a conta 609 está equilibrada e que o valor foi transferido para a conta de compra.

No caso de ativo fixo, deve preencher a conta de imposto 4041, a conta de crédito 44562 e a correspondente conta de classe 2.

Para publicar uma devolução, a nota de crédito deve ser creditada na conta de despesas cobrada no momento da compra.

➡ No final do ano fiscal:

Quando a nota de crédito é recebida no exercício seguinte, deve ser publicado um reembolso ou devolução :

  • Débito em conta 4098 - Descontos, abatimentos, abatimentos a obter e outros bens ainda não recebidos;
  • conta de crédito 44586 - Imposto sobre o faturamento de faturas não recebidas;
  • credenciamento da conta correspondente da classe 6.

Lançar um crédito de cliente

Como é registada uma nota de crédito concedida a um cliente?

➡ Durante o ano fiscal:

Para adicionar o desconto, você deve preencher:

  • Imposto 709 Descontos, abatimentos e descontos concedidos pela empresa.
  • Imposto 4471 - IVA.
  • Crédito 4111- Venda de bens ou serviços.
  • Certifique-se no final do ano que a conta 609 está equilibrada e que o valor foi transferido para a conta de compra.

No caso de bem de capital, deverá preencher a conta de débito 775 e 44571 e a conta de crédito 4111.

Para publicar uma declaração, o dever deve ser credenciado em 672 - Despesas extraordinárias de anos anteriores.

➡ No final do ano fiscal:

Quando você tem que publicar um desconto ou devolução você tem que anotar:

  • Dever correspondente à conta da classe 7;
  • conta de débito 44587 - Imposto sobre o faturamento de faturas a emitir;
  • conta de crédito 4198- Descontos, abatimentos e descontos a conceder e outros créditos a constituir.

 

Conheço muitas pessoas que relutam em ir a um coach ou conselheiro de emprego. Defenderam que não é necessário, que esta procura de emprego não deve ser tão difícil e que se não for encontrado é porque não existe. Também me disseram uma falta de credibilidade sobre essa figura profissional. Outros comentários sobre isso são:

  • “A informação já está na internet”
  • "Não serve de nada". Um motivo niilista total. E a verdade é que algumas vezes consegui obter mais poucas palavras quando me deram esse motivo .
  • "Eu estive em dois e eles me disseram coisas opostas." Ou: "Todo mundo que eu vou me diz algo diferente do meu currículo ." Então eu vou responder o que fazer quando isso acontecer.

É verdade que, com o passar do tempo, a percepção do conselheiro de carreira mudou e ganhou fama. Considero fundamental atender, em determinado momento, um desses profissionais (ou mais de um) quando não há resultados ou há estagnação na busca .

Para entender por que devemos ir até ele, devemos primeiro saber o que ele faz , quais são suas funções. Seria aquele profissional que conhece o mercado de trabalho, sua situação atual, a oferta formativa , os processos seletivos , as oportunidades de trabalho por profissão em determinado local e tempo, as ferramentas de busca de emprego e as técnicas e habilidades exigidas e as aplica em cada caso pessoal para aumentar a empregabilidade, ou seja, a possibilidade de encontrar um emprego pelo candidato . A definição é minha. Você pode completá-lo ou melhorá-lo se algum profissional do setor o ler.

QUANDO DEVO PROCURAR UM CONSELHEIRO DE CARREIRA?

  • Quando a procura de emprego não está a correr bem :
    • Eles não chamam para entrevistas de emprego .
    • Não se enquadram no perfil dos portais de emprego na Internet .
    • As entrevistas não são passadas...
  • Quando não está claro o que fazer profissionalmente . Quando o objetivo ou o treinamento que pode ou gostaria de ser feito não é claro.
  • Quando você quer conselhos para uma grande mudança profissional :
    • Mudança de profissão.
    • Vá para o exterior para trabalhar.
    • Monte uma empresa...

E O QUE ACONTECE SE O QUE ESTE PROFISSIONAL COMENTA CONTRÁRIO AO QUE ACREDITAMOS OU OUTRO PROFISSIONAL COMENTOU PARA NÓS?

Acontece às vezes, embora eu pense cada vez menos devido ao aumento da experiência, conhecimento da crise e porque foram encontrados canais informais interessantes de formação para esses profissionais. Você tem que pensar que existem poucos estudos formais relacionados (existem, mas poucos). Na ausência de capacitação, muitos de nós nos lançamos na rede para compartilhar experiências e dúvidas, o que nos ajudou a crescer profissionalmente.

No caso de duas opiniões diferentes, podemos fazer:

  • Ou como se fossem dois médicos dando dois diagnósticos diferentes... Você acaba indo a um terceiro médico para desequilibrar o equilíbrio.
  • Ou você decide pelo que sua própria experiência ou senso comum acha que é melhor. Se houver dúvidas, é aconselhável dar uma olhada no que está circulando na internet (não é tudo, mas tem coisas boas). A reputação na Internet é importante. Eu evitaria escrever sensacionalistas e hiper-positivos.

Outro aspecto relevante é que, na dúvida, o profissional que já teve experiência em seleção de pessoal terá um conhecimento mais vivencial do que acontece do "outro lado". Mas claro, isso deve ser difícil de descobrir se você não perguntar diretamente ao profissional...

RETICÊNCIA PARA IR A UM CONSELHEIRO DE CARREIRA? PORQUE?

A relutância em ir a um profissional de orientação pode ter razões semelhantes às de um psicólogo. Isso é o que se chama resistência . Vou falar de dois tipos de resistência: subjetiva e objetiva .

A resistência pode ser devido a um fato objetivo que gerou resistência em ir ao profissional : uma experiência ruim, sua ou de outra pessoa, um mau conselho dado por um profissional de orientação de um site...

Também pode ser por ter ido a mais de um e não ter obtido um resultado positivo (em regra, o resultado é positivo se um emprego foi encontrado).

Nesses casos, é preciso pensar que pode haver falhas no profissional, obviamente, mas também resistência do usuário no processo (acordos que o usuário não cumpre). Ir ao conselheiro sozinho não vai ser bem sucedido.

A resistência subjetiva tem a ver com algumas ideias que acreditamos ou queremos acreditar para impedir a ação de ir ao conselheiro. Por que queremos fazer isso? Com psicólogos também acontece:

  • Por não querer reconhecer que parte do problema é do candidato e não por circunstâncias externas, que certamente também estão aí, mas não podemos, via de regra, mudá-las.
  • Por não sair da zona de conforto . Por medo ou preguiça.
  • Por desconfiança com o profissional . Isso geralmente é gerado pelo que os outros dizem sobre a experiência de ir a um conselheiro de trabalho. Mas temos que estar muito atentos ao contexto atual. A orientação pode ajudar, mas o que mais ajudará é a criação de empregos. A orientação ajuda a ser mais competitivo e ter mais oportunidades. Mas você tem que lutar muito e querer progredir nos treinos e profissionalmente.

Minha opinião é que se estivermos em um dos três pontos indicados acima de estagnação ou mudança, vamos ao conselheiro/treinador sem preconceitos. E veja o que acontece. Podemos ir a mais de um.

ONDE ENCONTRAMOS UM PROFISSIONAL DE ORIENTAÇÃO TRABALHISTA?

Muitos, como eu, escrevem em um blog. Mas não substitui a orientação personalizada em caso de dúvida. Posso te explicar vários tipos de currículos , formas de lidar com isso, várias dicas, explicar em que ordem de dados eu apostaria... diferente. Uma diferença deve ser feita entre informação e aconselhamento e orientação.

Informação : você pode encontrá-la na internet e se a tiver mais ou menos clara, ou quiser experimentar ou é o seu caso que está sendo explicado, pode ser fácil aplicá-la.

Conselho : É a informação aplicada a cada caso em tempo hábil. Requer uma pergunta e muitos, por exemplo, perguntam nos comentários.

Orientação : Requer uma interação mais próxima e contínua. O responsável pelo processo continua sendo o candidato, mas o orientador da vaga acompanha esse processo e a tomada de decisão, além de assessorar o usuário.

Saiba mais sobre mentoria de carreira e aproveite e marque sua mentoria e tenha sucesso no mercado de trabalho.

PARA ONDE PODEMOS IR SE QUEREMOS ATENDIMENTO PERSONALIZADO DE UM CONSELHEIRO DE TRABALHO?

Os guias geralmente são:

  • Funcionários públicos Pode encontrá-los neste caso nos departamentos de Promoção Económica das câmaras municipais ou no serviço público de emprego.
  • Trabalhadores de entidades sociais ou ONGs.
  • Profissionais de escolas oficiais, universidades…
  • Empresas privadas com bolsas de orientação pública concedidas.
  • Profissionais ou empresas privadas que oferecem o serviço de forma privada.

Em todos esses casos (exceto o último, claro, mas você tem que pagar e pode ser caro) nem sempre é fácil conseguir uma entrevista com eles. Nos serviços públicos devem estar disponíveis (por vezes o seu serviço está sujeito a períodos de contrato temporários) ou devem ser autorizados a trabalhar com uma flexibilidade mínima de orientação (este não é um processo de um dia e pode exigir algumas horas de dedicação, mas a administração pode estar saturada e exigir agilidade do profissional (ou seja, quantidade e não qualidade, o que é contraproducente para o trabalho do conselheiro).

Quando trabalham para ONGs ou empresas privadas com subsídios , também pode acontecer que não estejam disponíveis porque terminou o período de candidatura do projeto. Em associações profissionais ou universidades , você tem que ter um vínculo com elas (ou você está associado ou estuda ou estudou lá).

Devo dizer que, neste momento de crise, houve profissionais que tiveram que trabalhar com aspectos mais emocionais do que profissionais e que, daqui, agradeço a este grupo pelo trabalho que têm feito e pelo apoio emocional que têm fornecido .

 

Compras de alimentos, reabastecimento em postos de gasolina, presentes de aniversário... Todos os dias compramos produtos e serviços por recomendação, hábito ou curiosidade. No entanto, o preço é um dos aspectos que consideramos em primeiro lugar para economizar e ter uma melhor saúde financeira . A seguir, descobrimos como o “cashback” pode nos ajudar.

O que é cashback ?

Cashback é um termo em inglês que pode ser traduzido como " dinheiro de volta" e é usado popularmente em dois casos. O primeiro deles, conhecido como cashback tradicional , consiste em uma pessoa que deseja sacar dinheiro de sua conta bancária para fazê-lo sem ir a um caixa eletrônico ou agência: basta ir a um estabelecimento (supermercado, posto de gasolina etc. ) que tem este serviço e solicite-o no momento do pagamento da sua compra. Este valor será adicionado ao preço a ser pago. Assim, o cliente pagará com seu cartão bancário e o balconista entregará o valor solicitado em dinheiro junto com o restante de sua compra.

Por exemplo, imagine que vamos a uma loja de roupas e precisamos de dinheiro. Quando formos ao caixa para pagar, diremos à pessoa que vai efetuar o pagamento que queremos sacar 20 euros em dinheiro, além de comprar uma camiseta que custa 10 euros. O funcionário nos cobrará 30 euros que pagaremos com nosso cartão de crédito e nos dará a camisa e os 20 euros em dinheiro.

Esta metodologia vem ganhando notoriedade nos últimos tempos. De acordo com um estudo realizado pelo Banco Central Europeu (disponível em inglês), na zona euro 2% dos cidadãos optam por ele.

Por outro lado, quando falamos de cashback , também podemos nos referir a programas de fidelidade ou recompensas de cashback oferecidos por algumas empresas e que explicaremos a seguir.

Programas de recompensas: em que consiste e como podemos fazer o “cashback”?

Os programas de recompensas de cashback são técnicas de fidelidade por meio das quais um site ou aplicativo especializado, um banco ou uma emissora de cartão reembolsam ao usuário uma porcentagem das compras realizadas em determinados estabelecimentos. Em muitos casos, principalmente em portais e aplicativos da web , costuma ser um requisito essencial realizar a compra pelo link que é exibido em suas plataformas para que a economia seja aplicada.

Confira o melhor app cashback e faça um bom proveito nas suas compras.

Vamos nos colocar na situação em que decidimos iniciar um negócio de design gráfico e precisamos comprar um laptop adequado para isso. Depois de compararmos os preços, vemos que um se encaixa no que estamos procurando, então decidimos comprá-lo. Para fazer isso, vamos ao nosso aplicativo de banco online e na seção de promoções e descontos vemos que ao fazer a compra com nosso cartão de crédito economizamos 5% de desconto através de cashback .

Nesse sentido, a forma de retorno depende das condições estabelecidas pela organização que o realiza. Os mais comuns costumam ser três: por meio de um programa de pontos, no qual o usuário irá acumulá-los e, posteriormente, poderá trocá-los por outros itens; por dinheiro, depositado em sua própria conta bancária -geralmente por transferência bancária-; ou através de um vale-presente, que deve ser utilizado na própria plataforma.

Graças a este modelo de negócio, sites, aplicativos especializados , bancos ou emissores de cartões poderão usufruir de vantagens como:

  • Saiba mais sobre seu público-alvo: eles podem realizar análises personalizadas e estudar o perfil do público com base nos dados obtidos, para oferecer a eles os produtos que melhor atendem às suas necessidades.
  • Anuncie: graças às colaborações com as diferentes marcas, que já possuem posições consolidadas, e fundamentalmente às recomendações dos usuários participantes em seus ambientes próximos.
  • Aumentar a receita: por meio dos acordos feitos com as marcas ou estabelecimentos, as plataformas receberão uma série de comissões por cada venda que os compradores fizerem delas.
  • Reter mais consumidores: os incentivos são uma forma atrativa de reter clientes e fazê-los não só continuar a utilizar as plataformas em questão, mas também recomendá-los. Além disso, o envolvimento aumentará se os usuários sentirem que têm um papel ativo, por exemplo, completando pesquisas ou dando feedback sobre os produtos e serviços que experimentaram.

Por sua vez, os clientes poderão se beneficiar economizando dinheiro em suas compras: o reembolso de uma pequena quantia do preço que pagaram retornará a eles, de modo que o custo por unidade é realmente menor do que o inicialmente estabelecido.