Pular para o conteúdo

Ambos podem ser considerados bons substitutos para o açúcar, pelo fato de que eles são naturais, além de boas opções para se incluir na dieta em caso de ser diabético. No momento em que for realizar a sua escolha pelo adoçante stevia ou xilitol, deve considerar alguns critérios para fazer o desempate.

Os adoçantes naturais estão ganhando espaço para substituir o açúcar em busca de uma série de alternativas que possam se mostrar saudáveis e com menos calorias. Aqui você irá encontrar uma análise corporativa e que está tratando de comentar sobre as principais características dos adoçantes stevia e xilitol.

Composição do xilitol x stevia

O Stevia é derivado da planta Stevia rebaudiana, como está classificado o seu nome científico. É uma planta nativa e que é facilmente encontrada na América do Sul, usada a um bom tempo para adoçar chás e até mesmo na composição de alguns medicamentos.

Apesar de ser obtido diretamente da planta, o adoçante Stevia passa por uma série de processos até que chegue finalmente na prateleira. Apesar de que o Stevia é livre de calorias, esse adoçante acaba sendo muito doce que um açúcar comum, portanto, o seu uso deve ser moderado, sobretudo para os diabéticos.

Já por sua vez, o Xilitol é um álcool natural açucarado e que é utilizado em uma série de produtos básicos e comuns do nosso dia a dia, que inclui desde balas, gomas de mascar e cremes dentais.

Ele é encontrado em frutas e vegetais, atualmente o Xilitol pode ser extraído a partir das espigas de milho. Apresenta cerca de um terço das calorias que são encontradas no açúcar, porém não é tão adocicado.

Particularidades do Stevia

O Stevia se mostra como um ótimo adoçante para os diabéticos, pelo fato de que eles não possuem tanto açúcar, o que alivia os riscos de ter os temidos picos de açúcar no sangue.

Alguns estudos até apontam que o Stevia pode ter propriedades hipoglicêmicas, que ajuda os diabéticos do Tipo 2 a regular os seus níveis de glicose no sangue. Por conta desse provável efeito, é muito importante que se fique em estado de alerta pela combinação de Stevia e os medicamentos que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Se estiver na procura da Stevia refinada, ela pode ser facilmente encontrada em adoçantes e também na composição de alguns refrigerantes, doces e gomas de mascar. Em algumas ocasiões, a Stevia pode ser combinada com a Sucralose e algumas pessoas acham o sabor da Stevia sem nenhuma composição o tanto amargo.

Particularidades do Xilitol

O Xilitol também se mostra uma ótima opção de adoçante para quem for diabético e se mostra ideal para pessoas que estão em busca de perder peso. Ao contrário do que ocorre na Stevia, o Xilitol sim possui algumas calorias, mas que é relativamente baixo, com cerca de 2,4 calorias por cada grama.

Assim sendo, os riscos de se ter hipoglicemia pelo seu uso em relação aos pacientes que são diabéticos são bem menores em comparação ao Stevia. O Xilitol também é amigo do esmalte dos dentes e deixa você mais afastado das tão temidas e doloridas cáries.

Para encontrar, além do pó, o xilitol também está sendo produzido em chocolates, produtos de panificação, doces congelados, sobremesas e até em enxaguantes bucais. Existem alguns efeitos colaterais, e em algumas pessoas o xilitol pode fazer mal se ele for consumido em altas quantidades.

Em tempos onde se tenta economizar, os adoçantes naturais se mostram como uma ótima opção em uma dieta cetogênica.

Você já ouviu falar em Fibrose Cística? Essa é uma doença genética que tem como principal característica a alteração das glândulas salivares, que desempenham um papel importante na saúde bucal

Dessa forma, quando a função dela é afetada e essas glândulas não conseguem desenvolver o seu papel, a saúde bucal também pode ser contaminada, além de outras aplicabilidades que podem atrapalhar o funcionamento do corpo como um todo. 

Portanto, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre essa doença, bem como tratá-la e descubra o papel de um consultório dentário na prevenção e tratamento dos sintomas apresentados em pacientes que possuem fibrose cística.

O que é Fibrose Cística?

A Fibrose Cística conhecida popularmente como Doença do Beijo Salgado ou Mucoviscidose, nada mais é do que uma enfermidade genética crônica que pode afetar não só a saúde bucal, como também, órgão vitais como os pulmões, pâncreas e o sistema digestivo.

Desse modo, esse tipo de patologia também pode ser mais comum do que parece, uma vez que, de acordo com pesquisas, ela pode afetar cerca de 70 mil pessoas em todos os 4 cantos do mundo. 

Além disso, essa doença pode ser mais comum em crianças.Ou seja, é importante permanecer de olho nelas e levá-las a consultas regulares ao dentista para criança.

Em resumo, essa doença se manifesta devido a um gene defeituoso e a proteína produzida por ele. Assim, o corpo acaba produzindo cerca de 30 a 60 vezes mais o muco das glândulas salivares, que ainda por cima, são mais espessos que o usual. 

Esse muco também acaba tendo mais bactérias e germes do que o normal, que acabam se acumulando, principalmente nas vias respiratórias. Isso pode causar sintomas, como: 

  • Inchaço;
  • Inflamações;
  • Infecções;
  • Pneumonia; 
  • Bronquite.

Além disso, esse muco anormal também causa problemas no pâncreas, o que pode acabar bloqueando enzimas essenciais de chegarem até o estômago e o intestino, afetando todo o sistema digestivo. 

Por isso, pacientes diagnosticados com fibrose cística acabam tendo que repor essas enzimas através de medicamentos tomados junto às refeições de forma frequente, como um auxílio na digestão.

Como a fibrose cística afeta a boca?

Como dito anteriormente, esse tipo de enfermidade acaba afetando muitas partes do corpo, inclusive os tecidos e partes da boca, podendo causar diversos problemas, fazendo com que o paciente precise procurar por um periodontista

Dessa forma, entre as dificuldades que podem afetar o bom funcionamento da boca, a fibrose cística pode gerar maior susceptibilidade para a cárie durante a adolescência, isso porque, ela acaba sendo facilitada, devido a presença de mais bactérias no muco que foram produzidos pelas glândulas salivares. 

Além disso, também pode haver mais incidência de cálculo dentário, conhecido popularmente como tártaro, assim como o canal, fazendo com que o paciente precise buscar por um dentista de canal

De modo resumido, essa doença também pode causar alterações no desenvolvimento do esmalte nos dentes, bem como nas relações de migração entre patógenos do ambiente oral para o pulmonar.

Toddler foto criado por 8photo - br.freepik.com

Tratamentos mais indicados 

Os tratamentos dessa patologia variam de acordo com cada caso e de acordo com o estágio da doença, bem como quais os sintomas apresentados em determinados pacientes. 

Entretanto, existem os procedimentos mais comuns que são usados na maioria dos pacientes que apresentam essa doença e estes são:

  • Ingestão de enzimas digestivas para a alimentação;
  • Suporte nutricional;
  • Medicamentos broncodilatadores, antibióticos, anti-inflamatórios;
  • Fisioterapia respiratória;
  • Atividade física;
  • Acompanhamento multidisciplinar frequente.

Em suma, é extremamente importante a avaliação de um profissional. Portanto, é válido procurar um profissional, principalmente um dentista, mesmo aqueles que são especialistas em lente de contato de resina.

Isso porque, mesmo que os sintomas sejam menores e não tenham chegado a indicar complicações em órgãos vitais, um especialista poderá analisar os problemas bucais e diagnosticar a fibrose cística. 

Dessa maneira, acompanhe a sua saúde bucal, de forma que, caso haja sintomas estranhos e até mesmo o ressecamento da boca, procure um dentista e solicite por orientações, pois, a sua boca também pode apresentar sinais importantes para descobrir outras doenças que afetam o corpo como um todo.

Vale lembrar que, saúde bucal também é sinônimo de qualidade de vida, e uma vez que não se presta atenção nos problemas bucais, o seu bem-estar de modo geral pode ser afetado. 

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Sem sombra de dúvidas, ter um belo sorriso é o desejo de qualquer pessoa. No entanto, são poucas aquelas que sabem que a alimentação também interfere na saúde bucal. 

Ter um sorriso bonito é o sonho de muitos indivíduos e não à toa, a busca por procedimentos estéticos odontológicos está crescendo a cada ano. 

Uma saúde bucal em dia permite que o indivíduo tenha mais autoestima e confiança no dia a dia, você sabia? Quer entender mais sobre o assunto? Acompanhe o post de hoje!

A relação entre um belo sorriso e a alimentação

A conexão entre um sorriso bonito e os hábitos alimentares começa no fato de todo o corpo estar conectado. A saúde bucal quando comprometida pode interferir em diversos aspectos. 

Por exemplo, um paciente com muitas cáries pode perder um ou mais dentes - o que interfere na sua alimentação e também na sua maneira de agir na sociedade. Dessa forma, é necessário procurar um especialista em prótese dentária.

Dificilmente uma pessoa sem dentes irá sorrir confiantemente em uma entrevista de emprego e, logo, as oportunidades não aparecerão, o que promove a baixa autoestima e até mesmo desencadear um quadro depressivo. 

Se você estivesse no lugar de um paciente sem os dentes frontais ou sem uma lente de contato de resina lente de contato de resina, você sorriria para uma pessoa que viu na rua? Interagir da mesma maneira com os seus amigos e colegas? 

A ausência e o comprometimento da saúde bucal pode trazer muitas consequências que vão além da estética.

Quais são os alimentos que melhoram a saúde bucal 

Os alimentos ricos em açúcares, quando ingeridos frequentemente, favorecem o desenvolvimento das bactérias que quebram as moléculas de glicose e frutose, esse processo produz o ácido lático. 

Essa ação química faz com que haja uma desmineralização do dente, que sem cuidado faz com que as cáries surjam, sendo necessário visitar um dentista para fazer canal no dente. 

Por isso, é certo dizer que certos alimentos são verdadeiros vilões para a saúde dos dentes. No entanto, há aqueles que contribuem para que você tenha um sorriso bonito, afinal, o equilíbrio é parte da natureza.  

Entre os principais alimentos que ajudam a sua saúde bucal e o tratamento com o aparelho odontológico transparente estão: 

  • Cenoura;
  • Maçã; 
  • Queijo;
  • Salmão;
  • Espinafre;
  • Morango;
  • Brócolis, entre outros. 

Existem uma infinidade de alimentos que ajudam a ter um sorriso mais saudável e belo. Isso porque, todas as vitaminas, fibras e até mesmo óleos presentes em certos alimentos contribuem para o fortalecimento dental. 

Além dos alimentos, vale ressaltar que se hidratar diariamente com a quantidade adequada de água é fundamental, pois ela é crucial para o bom funcionamento do organismo. 

Em contrapartida há alimentos que são inimigas do sorriso branco e perfeito. Entre eles estão as bebidas com muito açúcar, refrigerantes, álcool, café, frutas muito ácidas, balas e alimentos com excesso de corante artificial. 

No entanto, a recomendação de um dentista periodontia não é eliminá-los da sua rotina, mas sim diminuir o seu consumo e, de preferência, escovar os dentes assim que consumi-los. 

Para os pacientes em tratamentos ortodônticos, os alimentos citados como inimigos podem comprometer a estrutura do aparelho - principalmente se o modelo for invisível ou transparente. 

Vale pontuar que durante o tratamento de clareamento, certos alimentos também devem ser evitados. 

A alimentação é fundamental para a sua saúde bucal! A seguir, você aprende como cuidar corretamente dela.

Como cuidar corretamente dos dentes 

Agora que você já conhece os principais alimentos que promovem dentes limpos e brilhantes, é importante que saiba como cuidar do seu sorriso. 

Embora sejam os adultos a grande maioria nos consultórios dentários, é importante ressaltar que os cuidados  e conscientização com a higiene bucal devem acontecer na primeira infância. 

Esse tipo de cuidado evita que o adulto se torne irresponsável com os seus dentes e tenha mais complicações com o sorriso. 

Para isso, é fundamental inserir a higienização dos dentes na rotina. Assim, basta escovar pelo menos três vezes ao dia, ou sempre que se alimentar. 

Além disso, vale pontuar que o uso do fio dental é recomendado para todos os pacientes de todas as idades, diariamente. 

No entanto, o sorriso bonito só pode ser conquistado com consultas regulares.

Conclui-se que ir à clínica dentária duas vezes por ano ou sempre que houver necessidade, é uma das formas mais infalíveis de conquistar o sorriso perfeito e uma autoestima intacta.

Com esses cuidados, dificilmente você terá problemas de saúde ou autoconfiança. Não abra mão do seu sorriso e da sua qualidade de vida!

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

A atividade física é essencial para qualquer idade, isso porque ela melhora a qualidade de vida e consequentemente a saúde das pessoas. Mas, algo que muitos não sabem, é que a prática de exercícios também é importante para a saúde bucal.

Praticar exercícios regularmente pode pode reduzir os riscos de desenvolver vários tipos de doenças, entre elas:

  • Hipertensão;
  • Diabetes;
  • Osteoporose;
  • Depressão;
  • Doenças cardíacas.

Entretanto, também é preciso aliar a prática de exercícios como uma dieta balanceada, ou seja, que contenha pouco sal, gorduras e frituras. 

Em relação a saúde bucal, uma pesquisa realizada pelo Journal of Dentistry, revelou que praticar exercícios regularmente pode melhorar a saúde periodontal.

Isso porque comprovou-se que 54% das pessoas que praticam exercícios têm menor chance de desenvolver periodontite.

Essa porcentagem foi em comparação às pessoas que levam vidas sedentárias, ou seja, quem não têm o costume de praticar atividades físicas.

Além disso, um levantamento feito pelo Journal of Periodontology, mostrou que existe uma ligação entre o Índice de Massa Corporal (IMC) e a saúde bucal, mostrando que pessoas praticantes de atividade física apresentam uma tendência de 40% menor de ter periodontite.

Diante desses fatos, é preciso inserir pelo menos 30 minutos de atividade física no seu dia a dia. Apesar de parecer pouco, esse tempo já irá te ajudar a ter uma qualidade de vida melhor.   

Praticar exercícios pode aliviar os sintomas do bruxismo

O bruxismo é uma condição parafuncional caracterizada pelo apertamento ou ranger dos dentes e pode acometer pessoas de todas as idades. Essa ação é realizada pelos músculos da mastigação e podem afetar o tratamento com lente de contato dental

Esse ato pode causar diversas consequências para as pessoas, como lesões orofaciais, desgastes dentários, lesões periodontais e dor muscular. Apesar de ser uma condição que não tem cura, é possível controlar algumas atividades para aliviar os sintomas.

Uma das formas de aliviar os sintomas, é levar uma vida mais saudável, controlando sintomas como estresse e ansiedade, tudo aliado à prática de exercícios.

Praticar exercícios alivia a tensão dos músculos e libera endorfina, o que pode diminuir o nível de estresse.

Além disso, é preciso realizar visitas regulares no seu dentista de confiança, para saber quanto custa um implante dentário, pois somente um profissional será capaz de te dar o diagnóstico correto e o valor correto. 

Como exercícios físicos podem ajudar na saúde bucal

Muitas pessoas não sabem, mas realizar atividades físicas pode contribuir para uma boa saúde bucal, isso porque as pessoas que praticam exercícios regularmente conseguem fortalecer sua imunidade.

A prática regular de exercícios aliada a uma dieta saudável reduz as chances de doenças inflamatórias, inclusive as bucais, o que reduz as chances de piorar possíveis sintomas de um problema na cavidade oral que possa prejudicar sua prótese dentaria

Além disso, é preciso estar sempre atento com a higiene bucal, sem esquecer do uso do fio dental. São um conjunto de ações que juntas, conseguem fortalecer o organismos para combater possíveis problemas, inclusive os problemas bucais.

A relação da saúde bucal com a saúde do corpo

A saúde do corpo e da boca funcionam como uma via de mão dupla, isso porque pesquisas apontam que doenças sistêmicas podem estar ligadas a má-higiene bucal, como as doenças cardíacas, pneumonias e até mesmo o nascimento prematuro de bebês.

Isso porque a corrente sanguínea é a responsável por essa ligação entre os diversos sistemas do corpo humano, e, quando prejudicado, pode causar um grande prejuízo à saúde geral do corpo.

Portanto, quando pensar na saúde e bem-estar do seu corpo, lembre-se que o seu sorriso também está incluído nessa soma, e que ele será beneficiado pelas suas escolhas, principalmente se você utiliza aparelho dentário invisível.

Faça da sua saúde uma prioridade, seja com exercícios ou se alimentando bem. Realize consultas com médicos de diversas especialidades, incluindo ortodontistas ou clínicos gerais de odontologia.

Somente se informando e conhecendo o próprio corpo, será possível ter uma saúde geral apropriada.

Preserve sua saúde bucal

A saúde bucal é um elemento que merece constante atenção, seja por vontade de colocar facetas de porcelana antes e depois ou para tratar algum problema bucal. O ideal é realizar consultas periódicas com o seu dentista de confiança.

Quando você visita regularmente um dentista, é possível tratar os problemas com antecedência e prevenir o surgimento de outros, pois somente um profissional é capaz de avaliar as condições bucais corretamente.

Ter uma vida mais saudável influencia a saúde das pessoas em vários níveis, inclusive a sua saúde bucal, e isso inclui a prática regular de exercícios, uma alimentação saudável e uma boa higiene bucal.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

A odontologia estética é uma das áreas da odontologia que mais cresce nesse mercado. Os tipos de clareamento dental, por exemplo, estão na lista de tratamentos dessa área.

Diferente do trabalho de dentistas “tradicionais”, que atuam com a observação, limpeza e alguns tipos de tratamentos que podem ser necessários, a odontologia estética é mais uma questão de opção. 

Certamente o clareamento dental é uma das técnicas da odontologia estética mais comum e mais procuradas. 

Diferentemente de outros tipos de tratamentos, que necessitam um tempo mais expressivo para dar resultados convincentes, o clareamento dental pode ter resultados interessantes a curto prazo e por isso também costumam ser bastante visados.

Mas, você sabe sobre o que se trata esse procedimento? Como ele funciona, quais são as recomendações e quais os tipos de clareamento? Bom, é isso que veremos nesse artigo com maior precisão.

Odontologia estética

Para começar, é importante destacar o que é a odontologia estética e o por que o clareamento dental está incluído na gama de procedimentos dessa área.

De modo geral, a odontologia estética é uma área dentro da odontologia que visa a realização de procedimentos e tratamentos para melhorar a estética dentária das pessoas que procuram os profissionais. 

O dente, além de ser uma estrutura essencial para o funcionamento do organismo, desempenhando um papel importante na respiração, fala e processo digestivo, também transmite um aspecto relacionado à estética da população. 

Quando o sorriso está danificado, com manchas aparentes nos dentes, dentes tortos ou outros tipos de problemas, é natural que as pessoas se sintam mal com isso, prejudicando a autoestima e causando problemas emocionais que podem ser importantes.

Nesse sentido, essa área da odontologia é responsável pelo desenvolvimento de procedimentos que visam qualificar a estética dos dentes. Existem instrumentos que são utilizados para problemas em variadas situações, tais como:

  • Coloração dos dentes;
  • Má formação da arcada dentária;
  • Fratura dentária;
  • Perda de dentes.

O uso de aparelho de dente transparente, por exemplo, é comum durante tratamentos da odontologia estética. Apesar de ser um instrumento bastante utilizado por necessidade, ajudando a corrigir problemas estruturais importantes na formação dos dentes. 

Cada modelo de aparelho funciona de uma maneira, mas normalmente possui funções específicas e semelhantes entre si. 

No caso desse modelo de aparelho, o aparelho transparente, ele é diferente, por exemplo, do aparelho fixo. 

Enquanto o fixo é mais robusto, encaixado em todos os dentes da boca e com um tempo de tratamento mais longo, o transparente é mais discreto e usado em ocasiões especiais.

De modo geral, o aparelho transparente se assemelha ao modelo móvel, ou seja, pode ser removido em situações específicas, como durante as refeições, hora de dormir, entre outros períodos do dia. 

A diferença é em relação a formação do aparelho. O transparente, como o próprio nome já indica, é quase que imperceptível, enquanto o aparelho dentário móvel é mais vistoso. 

Mulher foto criado por gpointstudio - br.freepik.com

Clareamento dental: o que é?

Já que falamos de alguns dos procedimentos odontológicos estéticos, é importante começar a discutir o principal tratamento do texto, que é o clareamento dental.

Essa técnica consiste, como o próprio nome já indica, em clarear os dentes. Por diferentes motivos, é normal que a coloração dos dentes seja modificada ao longo da vida, fique amarelada e em casos graves até com uma pigmentação mais escura, prejudicando a estética dos dentes.

A lente de contato de resina também é um procedimento que ajuda a eliminar manchas nos dentes, mas não com tanto impacto e precisão do clareamento dental. 

Nesse sentido, quando bem executada, essa técnica transforma a aparência dos dentes, essencialmente em relação a sua coloração, deixando-os totalmente esbranquiçados.

Claro, em casos em que o paciente possui cáries ou outros problemas dentários específicos que mancham os dentes, essa situação não é contornada apenas com o clareamento, necessitando de um aprofundamento maior por meio de consultas com dentistas.

Tipos de clareamento

Muitas pessoas não sabem, mas a técnica do clareamento dental pode ser executada inclusive na própria residência da população. 

Naturalmente, é necessário que a precisão da técnica e as substâncias utilizadas sejam recomendadas por profissionais que entendem do assunto, mas elas podem sim serem trabalhadas no conforto de sua casa.

O clareamento a laser, por exemplo, é um dos principais modelos de clareamento. Esse deve ser executado em consultórios com profissionais que possuam os instrumentos necessários, como uma máquina de laser, e as substâncias usadas no processo.

O clareamento por fitas clareadoras flexíveis de polietileno é uma das formas de realizar o clareamento dentro de casa. 

Essas fitas podem ser adquiridas facilmente, e já possuem o gel clareador recomendado pelo tratamento, sem a necessidade de ir para uma consulta particular ou em uma clinica implante dentário

Por fim, outros modelos de clareamento são o caseiro, utilizando gel clareador, clareamento interno e por luz ultravioleta. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

A prática de atividade física deve ser acompanhada de cuidados com o corpo, inclusive em relação à saúde bucal. 

Para as pessoas que querem fugir do sedentarismo e ter uma qualidade de vida melhor, a prática de atividades físicas é muito vantajosa, em diversos aspectos.

Para isso, podem ser realizadas diferentes atividades, entre as quais podem ser divididas em treinamentos aeróbicos, ou então para o fortalecimento dos músculos e até mesmo para o fortalecimento ósseo. 

No caso de atletas, sejam amadores e profissionais, há exercícios que servem como modalidade esportiva, como correr, nadar, andar de bicicleta, bem como praticar esportes relacionados a:

  • Basquetebol;
  • Futebol;
  • Tênis;
  • Vôlei.

Contudo, a intensidade provocada no corpo durante as atividades, principalmente as de alto impacto, pode ser prejudicial aos dentes, e isso vale tanto para pessoas que praticam atividades físicas dentro da rotina normal, quanto para aqueles que atuam profissionalmente.

Assim, se o atleta não tomar os devidos cuidados com a saúde bucal, como o uso da placa intraoral, isso pode afetar os músculos, os ossos da mandíbula ou do maxilar, prejudicando a mastigação e até mesmo a inspiração e expiração.

Correção pontual para ajudar na respiração

As pessoas que contam com um espaçamento entre os dentes, conhecido como diastema, podem precisar fazer uma correção em uma clínica odontológica.

A solução apresentada pelos profissionais da área da odontologia são as facetas de resina aplicadas sobre a superfície dos dentes e com pequena correção para reduzir os espaçamentos.

Para quem pratica atividades esportivas, isso pode ajudar na respiração, assim como na forma como se alimenta, mais ainda é necessário ter atenção aos impactos na estrutura da faceta e dentes.

Como são finas películas de resina ou cerâmica, a saúde bucal não é afetada, pelo contrário, é melhorada e ajuda no consumo de água durante a prática de atividades e exercícios físicos, mas o uso de protetores ainda podem ser necessários.

Alinhamento dentário ajuda alimentação de atletas

Para quem quer fazer atividades físicas sem prejudicar a saúde bucal e outros órgãos do corpo, é preciso tomar todo o cuidado com a dieta, evitando doces, refrigerantes e bebidas alcoólicas, contribuindo com a realização das atividades com qualidade e ainda mais saúde, visto que os diversos tecidos são favorecidos.

Os praticantes de atividades físicas que utilizam aparelho de porcelana devem tomar todo o cuidado para que sobras de alimentos e partículas diversas não fiquem presas entre o acessório e os dentes, pois isso pode ser prejudicial ao tratamento.

Por isso a higienização não deve ser descuidada em nenhum momento. Antes de partir para treinamentos ou competições, é preciso fazer a escovação com creme dental adequado, passar o fio dental e finalizar com um enxaguante bucal.

De acordo com a prática esportiva, ou atividade física que for realizada, pode ser necessário manter o aparelho ortodontico invisivel guardado. 

Isso vale para praticantes de artes marciais, por exemplo, ou boxe, em que há contato direto com o adversário.

Há acessórios que protegem os dentes durante essas competições, e podem ser encontrados em lojas especializadas ou serem desenvolvidos de forma personalizada. Tudo depende da indicação do dentista.

Cabe ressaltar que no caso dos aparelhos fixos tradicionais podem haver riscos de ferir os tecidos moles da boca. 

Por esse motivo, quem pratica esportes precisa informar isso no consultório, para que o modelo de corretivo mais adequado seja identificado, sendo os principais o modelo lingual ou o alinhador transparente, que pode ser removido.

Substituição de dentes e livre de próteses

Quem sofre algum tipo de acidente praticando uma atividade física, pode precisar fazer um tratamento que envolve as lentes de porcelana, dispensando o uso de próteses móveis que podem impactar no conforto e até na estrutura óssea facial - bem como se mover durante as práticas.

Esse tipo de procedimento é ideal para os atletas e todas as pessoas que querem tem um sorriso devidamente alinhado, e com uma aparência natural, com ainda mais qualidade e tranquilidade.

Sorriso bonito para sair na foto

Quem não é atleta amador ou profissional mas quer manter uma qualidade de vida adequada e livre de problemas, a prática de atividades físicas pode ser incorporada na rotina diária.

Caso seja possível ir até o trabalho andando, ou mesmo de bicicleta, vale a pena deixar o carro ou a moto em casa. 

Afinal, além de colocar o corpo para se movimentar, pode-se evitar o estresse do trânsito, tanto na ida quanto na volta.

A saúde bucal deve ser encarada como uma complementação em relação ao bem-estar e à autoestima.

Do mesmo modo, a colocação de alinhadores ortodonticos invisiveis pode devolver a coloração natural, desde que seja feita com o acompanhamento de um dentista.

Além disso, aos finais de semana, em vez de ficar sentado em frente à TV ou consumindo alimentos ricos em gordura, vale experimentar:

  • Caminhada no parque;
  • Pedalada pela vizinhança;
  • Corrida com amigos;
  • Prática de esportes individuais e coletivos.

Enfim, vale a pena ficar longe do sedentarismo e respirar ar puro, fazendo atividades físicas que são benéficas para o corpo e a mente.

Por fim, o consumo de alimentos mais saudáveis é importante para a saúde de uma forma geral, inclusive para garantir dentes fortes e bonitos para sair na foto após competições, por exemplo.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Lógica de Mercado, uma rede de conteúdos para alavancar negócios e proporcionar mais qualidade de vida e saúde.

O Bradesco Dental é um dos serviços oferecidos pelo Bradesco Saúde que mais ganha clientes e fãs a cada dia.

Nesse sentido, recebemos algumas dúvidas de leitores sobre o tema. Afinal, será que compensa investir nesse serviço? E como podemos contratá-lo?

Se você também deseja proporcionar atendimento odontológico aos seus colaboradores ou para a sua família, precisa ler nosso post de hoje.

Enfim, confira abaixo tudo sobre o Bradesco Dental e se gostar do que ler, veja como contratar esse serviço. Tenha uma excelente leitura!

O que é o Bradesco Dental?

Antes de mais nada, saiba que o Bradesco Dental é um dos serviços oferecidos pelo Banco Bradesco.

Atualmente, se trata de um plano odontológico ideal para empresas (que tenham mais de 3 funcionários) e para qualquer tipo de família.

Nesse sentido, os planos disponíveis atendem crianças, jovens, adultos e idosos. Ou seja, é uma excelente opção para os brasileiros que querem ter uma ótima saúde bucal sem precisar gastar muito.

Benefícios de contar com o Bradesco Dental

Sob o mesmo ponto de vista, existem vários benefícios e vantagens em ter um plano desse banco. Veja só os grandes destaques e avalie se já não é hora de contratar o Bradesco Dental:

  • Primeiramente, há cobertura para consultas iniciais e diagnóstico de possíveis problemas;
  • Bem como, os planos cobrem todos os tipos de radiografias odontológicas. Inclusive as chamadas panorâmicas;
  • Ademais, há investimento pesado em prevenção. Desse modo, você poderá contar com polimentos e aplicação de flúor e/ou de selantes;
  • Restaurações e inserção de resinas também estão disponíveis para os clientes dos planos;
  • Atualmente, os planos também cuidam de áreas como Endodontia (tratamento de canal) e Periodontia (tratamento de gengiva);
  • Dentre outros tipos de coberturas. Para saber mais detalhes, você pode acessar o site do Bradesco e se inteirar do assunto.

Média de preços dos planos

Além disso, os preços dos planos que estão disponíveis atualmente chamam bastante a atenção. Dessa forma, confira os preços e os tipos de planos abaixo:

  • Plano Dente de Leite (0 a 7 anos de idade): R$ 23,90 por mês ou R$ 239,90 (Desconto + carência reduzida);
  • Plano Dental Júnior (8 a 17 anos de idade): R$ 27,99 por mês ou R$ 279,90 (Desconto + carência reduzida);
  • Plano Dental Ideal DOC (atende a todas as idades): R$ 49,90 por mês R$ 499,00 (desconto + sem carência).

Existem ainda opções super vantajosas para empresas de transporte de veículo. Entre em contato com o banco e saiba mais.

Afinal, como posso contratar o Bradesco Dental?

Por fim, você vai saber agora como pode contratar esse serviço! Para isso, você pode acessar o site e escolher a opção que melhor se enquadra para você e sua família.

Contudo, se preferir, pode também ligar para o 4004 2781 e informar que deseja contratar um plano dental. Boa sorte!

Muito bom os planos e funcionalidades do Bradesco Dental, não é mesmo? Se você gosta de saber mais sobre instituições financeiras e serviços, acompanhe o nosso portal todos os dias.

Afinal, as melhores matérias sobre esses temas estão aqui. Conte sempre conosco!