A disfunção erétil pode ser um sintoma de um futuro ataque cardíaco

Especialista observa que os problemas de impotência antecipam a saúde cardiovascular deficiente. A chave é consultar a tempo de iniciar um tratamento.

Um ataque cardíaco ocorre quando as veias ou artérias que transportam sangue para este músculo estão obstruídas, impedindo a irrigação e fazendo com que parte do tecido morra. Na disfunção erétil, o sangue não é capaz de preencher os corpos cavernosos do pênis, por isso não se ergue completamente.

Em muitos casos isso acontece porque os vasos sanguíneos estão bloqueados e isso é um sinal claro de que a saúde cardiovascular não está funcionando bem.

“Existem fatores de risco que alteram a ereção, como diabetes, dislipidemia, hipertensão, obesidade e sedentarismo. Todos eles afetam a saúde das artérias do corpo, eles são cobertos.

Primeiro eles cobrem os mais finos, como os do pênis e depois das coronárias. Se ocorrer impotência, em três ou cinco anos mais um ataque cardíaco pode aparecer “, diz o urologista do Hospital Dipreca, Rodrigo Leyton.

No estudo, que é parte de uma campanha sobre a saúde sexual em homens pela Sociedade Chilena de Urologia e laboratório Lilly, 325 homens entre 45 e 70 são controlados em policlínicas preventivas de DIPRECA Hospital entre junho foram pesquisados e agosto deste ano. 51,4% deles reconheceram algum grau de disfunção erétil, 40,9% (133 pacientes) apresentaram disfunção erétil leve, 8,4% (27 pacientes) leve a moderada; 1,5% (5 pacientes) moderado e 0,6% (2 pacientes) grave.

Já conheça o Xtrasize, o melhor remédio para impotência masculina? Acesse o link a seguir para comprar Xtrasize pelo melhor preço.

Segundo Leyton, 20 ou 30 anos atrás, os homens quase não consultavam por causa da vergonha ou porque a cultura machista não os deixava ver que isso era um problema de saúde. Além disso, também não havia muitas alternativas de tratamento. Mas na última vez, as consultas aos urologistas aumentaram.

“Em geral e como primeira medida, o que estamos tentando fazer é mudar os fatores de risco que alteram a ereção, como diabetes, dislipidemia, etc. É avaliado se existem alterações hormonais ou medicamentos que estão impedindo a ereção ”, explica Leyton. Depois disso, você pode determinar tratamentos diferentes, de medicamentos como o sildenafil, vardenafil e similares.

Se isso não funcionar, também existem injeções que são colocadas diretamente dentro do pênis e que o médico lhe ensina a administrar ao paciente para que ele possa fazê-lo pouco antes da relação sexual.

Leyton menciona que também existem outros dispositivos mecânicos, como bombas de vácuo (manuais ou elétricas).

Entre os novos tratamentos para a impotência de origem vascular, ondas de choque através da pele do pénis e que ajuda a novos microarterias permitir a erecção após a formação são utilizados. Deve ser feito entre 5 e 15 sessões, não dói e em dois meses de tratamento você tem uma melhora de 70%. No Chile, existem quatro dessas máquinas.

“Se nenhum dos trabalhos acima, você pode instalar uma prótese peniana, eles são dois tubos que são instalados nos corpos cavernosos. Pode ser dobrado ou esticado de acordo com a necessidade. A sensação, o prazer, o orgasmo permanecem os mesmos “, diz Leyton. “Há sempre um tratamento, independentemente da idade dos pacientes. Quanto mais cedo você consultar, melhor o prognóstico “, insiste este especialista.

3 Melhores Alimentos Para Prevenção de Pedras nos Rins

Suplementos são uma conseqüência da formação de pedras nos rins, é um dos problemas mais comuns da maioria das pessoas. Maus hábitos alimentares e consumo insuficiente de água são considerados os principais motivos para a formação de cálculos urinários.

3-melhores-alimentos-para-a-prevenção-de-pedras-nos-rins

O acúmulo de minerais dissolvidos no revestimento interno do rim envolve a formação de cálculos que podem crescer de pequeno a grande porte, para uma grande bola de golfe com estrutura cristalina.

Como mencionado acima, a falta de ingestão adequada de água no corpo leva à formação de cálculos renais, devido à ingestão inadequada de água, não dilui o ácido úrico que faz com que a urina seja mais ácida, o que leva gradualmente à formação de cálculos. Os sintomas mais comuns desta doença são sangramento e sensação de ardor ao urinar, vômitos, formação de pus na urina em relação a febre e calafrios.

Médicos e cientistas sugerem que manter um estilo de vida saudável com o apoio de alimentos nutritivos e, mais importante, o consumo regular de pelo menos 8-10 copos de água ou suco saudável reduz o risco de pedras nos rins. Se estiver suficientemente hidratado, ajudará seu sistema a diluir os produtos químicos responsáveis ​​pela formação dos cálculos.

Além da água, a inclusão dos três principais hábitos alimentares na dieta pode desempenhar um papel importante na prevenção de cálculos renais.

Tome nota dessas 3 dicas abaixo

  • Aumento na Ingestão de Frutas Cítricas

As melhores fontes naturais de ácido cítrico são limão, e laranja. O ácido cítrico cria um escudo protetor contra a formação de pedras nos rins, e ajuda a destruir os possíveis blocos de pedra em pedaços menores que são rejeitados ao urinar.

Em baixos níveis de oxalato, incluindo mais cálcio na sua dieta. Os profissionais de saúde recomendam sempre extrair cálcio de fontes naturais em vez de suplementos. Leite, queijo e iogurte são considerados as principais fontes de cálcio. Além disso, legumes, nozes, sementes e vegetais verde-escuros também são fontes ricas em cálcio. Também é essencial aumentar a ingestão de vitamina D, pois ajuda a absorver mais cálcio. O nível mais baixo de cálcio na dieta, quanto maior o nível de oxalato, que é responsável pela formação de cálculos.

  • Água, Frutas e Legumes

Embora seja aconselhável beber bastante líquido para evitar água e pedras, o médico prescreve o consumo de frutas e legumes para eliminar as pedras. A inclusão de frutas e vegetais, como melancia, framboesa, laranja, pepino e abacaxi, ajuda o corpo a se hidratar, diminuindo a probabilidade de pedras nos rins e no trato urinário

O acúmulo de cálculos depende de muitos fatores, incluindo casos médicos hereditários, mas também mostrou que uma pessoa pode sofrer de pedras nos rins muitas vezes durante suas vidas, e os homens são os que mais sofrem com a doença. formação de cálculos crônicos. Evitar as causas desta complicação é um processo muito difícil, que exige alguma paciência e determinação. Os principais sintomas da formação de cálculos não devem ser negligenciados, antes do salto mortal.

Veja Mais em Viva com Saúde

hamburgues

Coma dois hamburgueres artesanais do que uma batata frita é mais saudável

“Ele acompanha batata frita?”

Não há sentido em fugir: essa oferta simples vai assombrá-lo em qualquer restaurante decente o hamburgues vem com batata frita. Em um mundo ideal – um que imagina suas artérias – você vai manter o seu ritmo cardíaco para a gordura, virar e ir para casa para preparar uma salada. Mas desde que isso não é algo que normalmente acontece, a melhor coisa a fazer, na prática, uma tática simples: manter combinação de batatas fritas na lateral e fazer uma aposta no segundo hambúrguer.

Embora pareça que alguns fãs estão convencidos do Big Mac, eles dizem que essa ideia conta com suporte técnico. Quem sugeriu a troca pela primeira vez, foi a nutricionista americana Emily Fields durante uma entrevista com a Business Insider. Em vez de classificar os alimentos como “heroína” ou “vilão”, é importante considerar se é equilibrado o suficiente para que você come para satisfazer as suas necessidades diárias. Ou seja: pior do que comer coisas não saudáveis, não é fornecer ao seu corpo os nutrientes de que necessita todos os dias.

hamburgues

Hamburgues com batata frita

Normalmente não vemos duplo sanduíche + batatinha com base em seus valores mínimos de carboidratos, gorduras e proteínas e máximo. Mas a verdade é que, para o nosso corpo, o que é considerado não um prazer, mas é um retorno nutritivo. No caso dos carboidratos, a principal função é dar energia. Enquanto gorduras ajudam a absorver as vitaminas e minerais necessários, enquanto que as proteínas são o combustível para os músculos e proporcionar saciedade, o que só pode fornecer cadeira bem conservados. No último dois têm uma função importante: eles ajudam a retardar o processo metabólico que consome energia dos alimentos, a conversão de carboidratos em açúcar.

É por isso que, quando você escolhe comer apenas cereais no café da manhã, fica com fome depois de algumas horas, explica Paul. É tudo sobre carboidratos, os principais ingredientes para a comida e fonte de energia “rápida”: embora os níveis de açúcar no sangue de pico, eles não podem manter-se com este nível – fazer alguma coisa para morder em um curto espaço de tempo. O reforço do menu de dois outros componentes, tais como gordura, presentes no iogurte, e a proteína fornece algumas nozes ou granola, vai ajudar a minimizar essa perda.

Então, há o hábito de renunciar ao notório combo gorduroso. fichas de substituição para o segundo hambúrguer, seguindo a mesma lógica, ajudará a fornecer mais proteína e proporcionalmente reduzir a quantidade de gorduras e hidratos de carbono, que compõem a maioria do que você hora no fast food. Essa troca simples pode ajudar a estabilizar os níveis de açúcar no sangue. Enquanto batata contém apenas carboidratos e gordura, hambúrgueres artesanais mais nutritivos: a carne tem proteínas, carboidratos e gordura no pão … bem, que está presente durante a sua preparação.

Com isso em mente, você pode começar seus próprios cálculos. A parte média batatas fritas Mc Donald tem 288 kcal e 35 g de hidratos de carbono, lípidos 15 g e apenas 4 g de proteína. Assim, a aposta no hambúrguer de carne simples 245 kCal é a melhor escolha. Além de quase quatro vezes mais proteína (15 g), que tem menos de gordura (13 g) e quase completamente perde o seu hidrato de carbono (30 g).

hamburgues lisboa

Hambúrguer tem menos gordura saturada do que a batata frita

Também é bom levar em conta o total de gorduras saturadas presentes no óleo usado para assar batatas quando imersas. Reduzir o número de calorias e menos carboidratos também é um bom benefício. Um estudo de 2013 também mostrou que os voluntários que foram forçados a consumir mais proteína tiveram uma maior perda de peso. É bom lembrar sempre que não consideramos aqui outro fator importante, que é um sódio comum. Mas esta é a história: em qualquer restaurante fast food não é tão muitas maneiras de executar – é claro, para a porta de saída.

Hambúrguer e batatas fritas parecem inseparáveis, é verdade. Mas se você quiser terminar a sua próxima visita ao fast food com menos peso em sua consciência (ou se você está cansado de todos os combos listados no menu), a taxa sobre essa idéia pode ser um bom primeiro passo para uma vida mais saudável. “Tente mudar e ver como se sente”, – disse Paul sobre Hamburgues

hamburgues com fritas

Amido de milho (maizena) no cabelo: conheça os benefícios

O amido de milho é um ótimo produto para cuidar dos seus cabelos e mantê-los saudáveis por mais tempo. Ele é tradicionalmente utilizado na culinária brasileira para fazer um mingau ou dar seqüência em receitas caseiras, como massas em geral.

Amido de milho já é usado, há muito para cuidar dos cabelos, já que ele pode trazer inúmeros benefícios em relação a beleza e a força das nossas madeixas. Desde então, a avó, e mais precisamente nos anos 40 a 60, as mulheres já usaram o amido de milho, para alisar e dar brilho aos fios. Era a chamada “touca de gesso”, onde os resultados foram impressionantes, pode acreditar!

Mas, afinal, será que o amido de milho no cabelo funciona mesmo? Como usar? Se você ficou curioso, leia o artigo até o fim e saiba mais sobre o uso do amido de milho, para cachos e como usá-lo, para dar efeitos prometidos.

Vamos lá?!

As vantagens de amido de milho (maizena) para o cabelo

Como já dissemos anteriormente, o amido de milho pode trazer uma série de benefícios para o cabelo, com a condição de hidratação profunda, para dar a beleza e a força do cabelo antes de alisamento natural, liberando muitas mulheres o uso de químicos ou alisar o cabelo.

Confira abaixo as principais vantagens de se usar amido de milho para o cabelo:

Hidrata o fio

O amido de milho é um excelente aliado quando se trata de hidratação do cabelo loiro. Mas se usada sozinha no cabelo ela não hidrata os fios. A dica é usar misturado a uma máscara de hidratação que você já usa para hidratar as madeixas. Por causa disso seus cabelos vão brilhar mais e ficar mais hidratados.

Tira a oleosidade do cabelo

Os especialistas indicam que o amido de milho é um importante potencializador para retirar a oleosidade dos fios. Você pode usá-lo nos casos em que não houve tempo para lavar o cabelo corretamente ou, até mesmo, como um xampu seco. É isso mesmo!

Só aplicar o amido de milho em pó sobre as raízes do cabelo e da distribuição, e também. Logo em seguida, você vai notar que o amido de milho absorva todo o óleo dos fios, dando mais livre para o cabelo.

Ajuda a reparar as pontas

O amido de milho também é frequentemente usado para restaurar fios secos, especialmente nas extremidades. Se você já estiver usando um produto para ajudar com as pontas das madeixas, use o amido de milho, para potencializar ainda mais o efeito.

Ele vai servir para selar as pontas secas, as tarefas que, normalmente, damos para alisar o cabelo, depois fazemos hidratação e, para fechar a cutícula do cabelo. Usar amido de milho vai trazer o mesmo efeito, mas sem agredir o cabelo.

Alisa o cabelo

Fazendo a famosa “touca de gesso”, o amido de milho para o cabelo, você vai notar que os fios mais suave e hidratada, e não aquele frizz causado por uso de produtos químicos. Ainda não sabe o porque, o amido de milho ajuda a alisar o cabelo, mas acredita-se que o alisamento ocorre devido a glicose em sua composição.

Amido de milho (maizena) realmente funciona?

De acordo com relatos de quem já usou o amido de milho para cuidar de cachos, o amido de milho funciona, sim. Se utilizados corretamente – o que nós vamos ensinar durante o artigo, o amido de milho pode trazer todos os benefícios listados acima, para o cabelo.

Os principais benefícios observados, são os cabelos com menos volume, mais brilho e maciez. No entanto, de acordo com especialistas, o amido de milho não deve ser usado por si só nos fios, porque ela não tem o direito de penetrar neles. A dica é misturar na máscara de hidratação ou cremes hidratantes, para obter os efeitos desejados amido de milho.

Você também pode usá-lo como uma forma de shampoo seco – como falamos anteriormente. Segundo depoimentos de quem já usou, o amido de milho tira todos os óleos, fios, deixando os cabelos mais leves e livres, enquanto você não será capaz de fazer uma lavagem normal.

Como usar amido de milho (maizena) no cabelo: passo a passo

Existem várias maneiras de usar amido de milho no cabelo. Tudo vai depender do seu objetivo e o resultado que deseja atingir com a aplicação de amido de milho em cachos. Como você já sabe, ele serve para hidratar, alisar e tirar a oleosidade dos fios.

Vale lembrar que as receitas com o amido de milho são naturais e não fazem prejudicar o couro cabeludo e nem aos fios. Assim, eles podem ser usados para hidratar ou alisar cabelos de crianças, mulheres grávidas, idosos, mulheres com o cabelo virgem ou quimicamente tratados.

Confira abaixo várias maneiras de preparar receitas com amido de milho para o cabelo e escolher a melhor forma de acordo com os seus objectivos:

Alisamento de cabelo com o amido de milho (maizena)

O amido de milho pode ser um grande aliado para as mulheres, quando se alisamento natural. Além de outros benefícios, ela pode ajudá-lo a ficar longe de produtos químicos, retificador e, portanto, menos prejudicar o cabelo. Vale ressaltar que, químicos, usados em excesso, podem danificar a fibra capilar e, consequentemente, prejudicar a saúde.

Com o alisamento natural, o amido de milho, não existe o risco de acontecer o chamado corte, química, do processo que combina vários produtos ou métodos químicos de alisamento ou relaxamento, e, que, por sua vez, provoca a queda do fio, deixando um “buraco” enorme cabeça.

No entanto, há várias maneiras de fazer receitas com o amido de milho, para alisar o cabelo, então é melhor preparar a máscara, vai depender das necessidades de cabelo de cada um.

Lembre-se que o alisamento natural, o amido de milho actua gradualmente, ou seja, o cabelo se torna mais suave à medida que vai usando constantemente a máscara. O efeito: fios de lisa começa a ser considerado após a terceira aplicação, aproximadamente.

Outra dica importante é que o alisamento de cabelo com o amido de milho deve ser feita de 30 em 30 dias. Isso porque, apesar do fato de que a queratina e o bepantol – os ingredientes utilizados para a preparação de máscaras, são extremamente importantes para a saúde do cabelo, em excesso eles podem causar queda ou quebra dos fios, causando o chamado efeito “rebote” no cabelo, ou seja, o efeito é o oposto.

3 Remédios caseiros para a gripe

O inverno chega e com ele chega o risco das gripes e resfriados, nariz escorrendo, garganta inflamada, coriza, tosse, entre outros sintomas desagradáveis que aparecem neste período.

3 Remédios caseiros para a gripe

O mais chato é que não existe uma cura para as gripes e resfriados, o que podemos encontrar são formas de amenizar os sintomas para nos sentirmos um pouco melhor.

 

Desta forma, para que os sintomas desaparecem mais rapidamente e para que possamos no sentir melhor, aliviando o cansaço e mal-estar causados pelas gripes e resfriados, podemos recorrer a alguns remédios para gripe caseiros que são muito eficazes.

 

Neste post te daremos algumas opções de remédio para gripe caseiros, que você pode facilmente fazer em sua casa. Confira a seguir:

Mel

O mel é poderoso como remédio para gripe, o mel hidrata as mucosas das vias aéreas, acalma a garganta irritada e ajuda a controlar e diminuir a tosse seca.

Pode ser consumido sozinho, ou como adoçante para chás, sendo muito útil na melhora dos sintomas da gripe.

Gengibre

O gengibre é outro grande aliado no tratamento de gripes e resfriados, ele possui propriedades expectorantes, anti-inflamatórias e antivirais, além de ser um excelente remédio para gripe com irritação na garganta.

Alho

O alho possui substâncias anti-inflamatória auxiliando nos sintomas de congestão nasal e coriza.

Pode ser consumido naturalmente, ou para quem acha que o sabor desagradável, pode ser utilizado como complemento em chás e xaropes caseiros.


Como preparar o chá de alho, gengibre e mel

Esse excelente remédio para gripe, é muito simples de preparar, e alia os benefícios que apresentamos acima, você vai precisar de:

  • 3 dentes de alho;
  • 1 colher grande de mel;
  • Raspas de gengibre;
  • ½ limão;
  • Água.

 

Para a preparação, em uma panela adicione a água, e o alho amassado e deixe ferver por 5 minutos, depois da fervura acrescente o suco do limão e o mel, deixe esfriar um pouco e beba ainda morno.

Como preparar o chá de mel e limão

Se você não gosta do sabor do alho e prefere um remédio para gripe que não tenha esse ingrediente, você pode fazer o chá de limão e mel, veja os ingredientes:

  • 1 xícara de água;
  • 2 colheres de sopa de mel;
  • 1 limão.

Para preparar é muito fácil, ferva a água, adicione o mel e mexa bem até dissolver por completo e por fim adicione o suco do limão, beba logo em seguida.

Quando o remédio para gripe não resolver

As gripes e resfriados duram em torno de uma semana, se você perceber que após este período os sintomas não passaram talvez seja o momento de procurar um médico.

Também é importante procurar um médico, quando os sintomas incluírem febre alta, falta de ar, ou outra questão que interfira com relevância em sua rotina.

As gripes e resfriados costumam passar sozinhas, mas podem surgir complicações dependendo da agressividade do vírus e da imunidade da pessoa gripada, pode virar uma doença mais grave, como a pneumonia por exemplo.

 

Então se sentir que os remédios para gripe caseiros não estão sendo eficazes, o melhor mesmo é consultar um médico, buscando por tratamentos mais fortes e específicos.

Checkup médico em viagem internacional

Em uma viagem ninguém pensa nos imprevistos que podem vir a acontecer, principalmente fora do nosso país, desta forma possuir um seguro de viagem te dará maior segurança para aproveitar suas férias dá mais tranquila possível.

É preciso entender que a necessidade de um seguro viagem vai muito além de cobrir apenas despesas médicas, no entanto essa é uma das principais vantagens.

Ajuda com questões burocráticas e lidar com o roubo ou extravio de bagagens são outros serviços que você encontra em um seguro deste nível.

Principalmente para você que viagem com frequência para o exterior, você possui muito mais chances de um dia sofrer com isto.

Porém, as coberturas médicas são as mais usadas, principalmente em locais mais frios onde nós brasileiros não estamos habituados.

Com este texto esperamos ajudar você a entender que um seguro viagem, por exemplo, pode até mesmo cobrir seus gastos em um checkup médico em uma viagem internacional.

Checkup médico em viagem internacional

Porque possuir um seguro viagem

Assim como falamos no início deste texto, um seguro viagem pode te ajudar a resolver muitos problemas chatos na sua viagem.

Quando estamos de férias não queremos nos preocupar com burocracias e achamos, até mesmo que não estamos suscetíveis a doenças.

Porém, não há como prever que algo de ruim possa acontecer a alguma pessoa, o que precisamos fazer é nos precaver e buscar soluções prévias para possíveis problemas possíveis.

Um seguro viagem internacional te dá maior segurança e tranquilidade para viajar, onde em até mesmo em alguns países a sua contratação é obrigatória na apresentação da imigração.

Deste modo, nos seus planejamentos de férias pesquise se o país que você deseja viajar exige o uso deste seguro, e quais abrangências o mesmo precisa ter.

Ainda mais em países muito frio, ou se você pretende viajar para praticar algum esporte, um seguro viagem pode te ajudar a cobrir gastos com despesas médicas ou hospitalares, que é uma das principais questões no exterior.

 

Checkup médico em viagens

Você pode imaginar que não vai precisar de um checkup médico em sua viagem, afinal o que poderia acontecer de ruim.

Porém, é sempre melhor se precaver, ainda mais que os gastos com exames médicos no exterior podem possuir valores altíssimos.

A conversão da moeda local para o Real pode tornar tudo ainda pior, para se ter uma ideia, nos Estados Unidos, um simples exame de raio-x pode chegar a custar mais de U$ 700,00.

Imagine agora converter esses valores para a nossa moeda, pois então, em caso de uma necessidade um seguro de viagem irá te ajudar com estas questões.

O checkup médico antes de uma viagem, por exemplo, pode ser solicitado para comprovar que você possui condições físicas de viajar.

Já que muitas companhias aéreas não recomendam que se viaje doente, principalmente se esta for contagiosa.

Um checkup médico inclui vários exames e se só um raio-x custa pode custar um absurdo, imagine quanto não pode sair todos em conjunto.

Na hora de escolher um seguro viagem para você ou empresa, de preferência por um que possui esta abrangência.

Assim, você terá muito mais segurança para realizar exames de sangue, urina e consultas no exterior, sem se preocupar com o rombo financeiro que isto pode causar.

Mesmo com todos os problemas de nosso país, podemos considerar que possuímos uma das saúdes mais baratas e acessíveis do mundo.

 

Pesquise bem antes de escolher um seguro viagem

Tudo o que apresentados até agora deve ser usado por você na hora de pesquisar e escolher um bom seguro de viagem.

As questões de saúde deve ser a sua principal prioridade, quanto mais ampla for a abrangência do seguro viagem melhor, para isso, sugerimos usar um comparador que exiba todas as opções disponíveis, e dessa maneira, poder comparar, como é o caso do www.multiseguroviagem.com.br.

Já que, não se pode prever questões de saúde, se seu seguro viagem deve ser o mais completo possível neste quesito, cobrindo gastos com checkup médico e internações.

Veja se o seguro viagem possui tudo para tornar as suas férias a mais tranquila possível, assegurando você contra questões burocráticas, roubo ou perda de bagagem e claro gastos médicos.

E você? Possuía estes conhecimentos que exames médicos no exterior podem custar uma pequena fortuna?

Saiba que contratar um seguro viagem é muito mais que apenas uma chatice pré viagem e sim uma forma de assegurar que você receba os cuidados necessários fora do seu país.

Como Evitar Problemas na Coluna

O ser humano vive um verdadeiro dilema quando o assunto são as dores: na cabeça, na coluna, e em várias outras partes se tornam um incômodo real no dia a dia.

E para evitar problemas na coluna, existem algumas dicas primordiais, principalmente para quem precisa trabalhar durante o dia a dia fazendo esforços repetitivos.

Atividades como cozinhar, varrer e outras normais do dia a dia em casa podem ajudar a causar as dores de coluna. Precisamos sempre estar de olho nos movimentos em que fazemos para evitar futuros problemas.

Para quem trabalha sentado, ou fica muitas horas no celular ou computador, também é preciso abrir o olho para não estar criando um problema de saúde futuro.

Como evitar problemas na coluna: as dicas primordiais

Todas as atividades precisam ser feitas da forma correta. Quanto mais o seu corpo precisa fazer esforços, mais você precisa tirar a carga de um braço, por exemplo, e distribuir para o outro.

A atividade física, para quem trabalha sentado, também é uma excelente aliada, evitando o sobrepeso e lesões por esforços repetitivos.

Para quem tem o trabalho diário de varrer, por exemplo, precisa ter sempre a sua coluna ereta, evitando fazer da vassoura uma bengala. Evitar se esticar para alcançar um canto da casa também evita dores indesejadas.

Cozinhar é uma outra atividade que requer bastante atenção. Quando se fica de pé por muito tempo, é necessário ter atenção em relação ao peso do corpo.

O peso precisa ser mantido sobre as duas pernas. A gente precisa apoiar o corpo de forma equilibrada. Torcer o tronco para evitar andar um pouco mais é um problema, vá ao local desejado de forma direta, não evite movimentos, evite torcer a coluna.

Flexionar os joelhos também é um bom costume na hora de agachar para buscar algo num armário baixo, por exemplo.

Prevenir problemas de coluna começa nas pequenas ações do dia a dia. De acordo com especialistas, tomar cuidado nas ações diárias fará com que seu corpo esteja mais preparado.

A falta de prevenção é um grande problema para os pacientes e isso pode causar danos irreparáveis ao longo dos anos.

O trabalho é sempre um lugar crítico para algumas pessoas que podem ter problemas de coluna. Se for o caso da enfermidade já ter se instalado, talvez seja o caso de um afastamento periódico.

Assim, para tratar melhor a sua coluna, você poderá fazer uma perícia no INSS e ficar afastado durante um período, até que o problema melhore.

Evitar problemas na coluna: outras dicas importantes

Como já foi dito neste texto, a prevenção é sempre o melhor remédio para evitar futuros problemas envolvendo a coluna e vários outros problemas de saúde.

O exercício sempre é um forte aliado neste ponto. Para que a coluna esteja sempre saudável, o alongamento, exercícios de aeróbica como natação, yoga, musculação, caminhadas e outros, ajudam a reforçar os músculos, reduzindo as chances de que existam futuras lesões.

Ficar longe do cigarro também é uma boa dica. Especialistas desta região do corpo afirmam que os estudos já mostram que os fumantes são pessoas com maiores chances de sofrerem de problemas de coluna.

O fumo é responsável por restringir fluxo de sangue para os discos que amortecem as vértebras. O cigarro atrapalha na absorção do cálcio, um problema para quem busca a regeneração dos ossos.

Portanto, tenha sempre em mente que para que sua coluna não tenha um problema sério no futuro, é necessário sempre estar alerta em relação aos seus próprios hábitos, como o trabalho, exercícios e outros

Como exercitar a memória na velhice

Alcançar a velhice não significa perder sua memória. No entanto, como tudo, se você não se exercita, perde. É por isso que queremos ensiná-los a exercitar essa ferramenta essencial da vida cotidiana.

Desde cedo, todos exercitamos nossa memória sem saber . Embora na escola certas exigências dos professores pareçam inúteis, elas visam exercitar a capacidade de aprender e lembrar. No entanto, depois perdemos o hábito consciente de exercitar a memória . Aqui apresentamos técnicas úteis para não perder memórias.

Leia também: ActionPro, suplemento para memoria

1. Preste atenção

Às vezes, o esquecimento não tem nada a ver com a capacidade de memorizar, mas sem ter prestado atenção suficiente. Então, o que você precisa fazer é exercitar a capacidade de prestar atenção. “Cuidadosamente a ação.”

2. A repetição

Se você conscientemente quiser manter algo em sua memória por um longo período de tempo, esteja ciente deles e repita-o

3. Divida e lembre-se

Não memorize grandes quantidades de informações, tente separá-las e aprendê-las em partes.

4. Sempre que puder, associe-se
Use notas mentais para associar o que estiver mais familiarizado com tudo o que você deseja memorizar. Uma estratégia é associar palavras a números. Por exemplo, lembre-se do número 3 5 9 com a frase peixe (3) menino (5) quando chover (9), ou associe o nome de uma rua com o de um ator ou jogador de futebol.

5. Organização
Estabeleça um local fixo para telefones importantes, chaves, documentos valiosos, para que você possa encontrar tudo isso quando precisar e mais facilmente.

6. LPRET
“L”: Leia o texto de uma maneira geral. Refere-se a ler o texto de maneira geral para identificar os pontos principais.

“P” Sugere que você faça as perguntas que identificam os pontos essenciais que você gostaria de aprender.

“R” Indica que você deve reler o material para poder responder às perguntas feitas anteriormente.

“E” Requer que você estude e compreenda as respostas às perguntas feitas sobre as ideias centrais.

“T” está relacionado ao teste das respostas para ter certeza de compreendê-las.

7 . Escreva sempre que puder:
use diários, postagens e cadernos para registrar listas do que está pendente.

Quais são suas estratégias para lembrar de tudo?

Dia do orgasmo e dicas

O dia do orgasmo foi criado informalmente por uma rede de sex shop britânica com intuito de aumentar as vendas de produtos eróticos e também aprofundar mais no assunto do orgasmo feminino e masculino.

Essas lojas desejavam mostrar as inúmeras maneiras que os produtos vendidos nos sex shop podem colaborar com o maior conhecimento do corpo e, consequentemente, com mais orgasmos.

O dia do orgasmo é comemorado todo dia 31 de julho.

O orgasmo tanto feminino como masculino é o mais alto nível do prazer durante o ato sexual, masturbação ou qualquer outra forma estimulante direta ou indireta do pênis ou do clitóris. Qualquer estimulação desses órgãos podem resultar no orgasmo. Nesse momento nosso sistema nervoso entra em ação causando várias reações físicas no corpo. As reações podem variar de pessoa pra pessoa, podem ou não ter a liberação de líquido, na maioria das vezes são picos rápidos de uma imensa sensação de prazer, sendo totalmente inenarrável tal sensação.

O orgasmo também pode ser atingindo através de outras zonas erógenas, e também sem nenhum tipo de estimulação física, o que é chamado de polução noturna, onde o orgasmo é atingido por estimulação psicológica. No momento do orgasmo liberamos um hormônio chamado prolactina que causa a queda de nossa pressão arterial e também uma perda temporária das atividades que são exercidas pelo córtex cerebral.

O orgasmo masculino, é algo mais comum e mais falado no mundo inteiro. Pode ou não vir acompanhado de ejaculação. É mais fácil de ser atingido do que o das mulheres mas existem também homens que tem ausência do orgasmo o que é chamado de anorgasmia. A maioria dos homens após ejacular, perdem a ereção e necessitam de alguns minutos para ter uma nova ereção. O tempo para a nova ereção varia de homem para homem.

A maior parte das mulheres pelo mundo nunca chegou ao orgasmo, isso foi comprovado após a pesquisa realizada por essa rede de sex shops que criou o dia do orgasmo. Isso ocorre por inúmeros fatores:

Motivos da mulher não chegar ao orgasmo

1) A maioria das mulheres não conhecem o próprio corpo,

2) muitas são reprimidas sexualmente e nunca se tocaram

3) os homens com que se relacionam não se importam em lhes proporcionar prazer

4) as mulheres demoram a chegar no clímax, desestimulando o parceiro

5) seu parceiro tem ejaculação precoce

Todos esses fatores, tem solução.

O dia do orgasmo foi criado para tentar colaborar com essas mudanças. Com a criação de produtos eróticos muitas mulheres quebram os tabus pois elas conseguem atingir o orgasmo sozinhas ou colaboram com os problemas masculinos, como a ejaculação precoce. Há também vários acessórios para apimentar a relação sexual e estimulantes masculinos onde muitos tem a função de retardar a ejaculação do homem para que a mulher consiga um tempinho a mais para chegar ao clímax.

Então, que seja bem vindo o dia do orgasmo, afinal de contas, todos nós curtimos e gostamos muito de sexo, é ou não é? No próximo 31 de julho, não se esqueça de celebrar o dia do orgamos e gozar muuuuiiito.

Se você gostou desse artigo, coloque seu nome e email no formulário abaixo. Assim, sempre que publicarmos um artigo novo, você saberá em primeira mão.

Acho que já deu (sem trocadilhos por favor) para perceber que gostamos muito de trocar ideias sobre sexualidade e relacionamento. Então, deixe o seu comentário aqui embaixo! Vamos gostar muito!

Para mais informações: https://www.artesdecura.com.br/como-fazer-uma-mulher-gozar-rapido/

Um pouco sobre transplante capilar

Mercado atual de transplante no Brasil

julio-cesar-yoshimura

Com a subida incidência de casos de careca e a consequente procura pela solução deste indesejável entrave, os médicos possui se coligado qualquer vez perito evoluções tecnológicas para prosperar os resultados da cirurgia de implante capilar. Um novo aparelho chamado SA.F.. E System (Surgically Advanced Follicular Extraction) é encarregado pela extração de folículos do pele peludo de uma forma inovadora. Agora mesmo -chegado ao Brasil, esta evolução do aparelho de extração de folículos capilares deixa uma melhoria da técnica de transplante FU.. E (Follicular Unit Extration), promete além de maior exatitude no procedimento, reduzir danos ao pele viloso e proporcionar cicatrização mas rápida.
A calva é um obstáculo que afeta milhares de pessoas ao volta do planeta e está ligada a legado genética, que torna o folhelho capilar susceptível a ação do hormônio testosterona. Por este motivo, afeta mas com frequência homens do que mulheres. Segundo dados do nosocômio das clínicas da FMUSP, entre todos e cada um dos casos de calva registrados no Brasil, 63% são referentes ao sexo masculino, ficando as mulheres com 36% deste percentual. Como consequência de desta disfunção hormonal é a calvície. Uma particularidade genética que justificação a queda de cabelo pela raiz, de forma inconvertível, o que induz os pacientes a procurarem clínicas para realizarem transplantes capilares.
O SA.F.. E System foi desenvolvido e patenteado pelo cirurgião ianque Dr. James Harries, que ganhou o prêmio Golden Follicle Award em 2014 pelo seu trabalho no torrão de transplantes capilares. Com o novo equipamento é provável reduzir de 30% para 28% o percentual de danos no epiderme viloso durante o procedimento de extração dos folículos pilosos. O que proporciona a subtracção da saída de cicatrizes e um procedimento mas rápido e indolor ao paciente. A conhecimento é utilizada no transplante FUE, método que consiste na retirada de unidades de folículos a serem transplantados nas áreas calvas, diferentemente do método tradicional FUT (Follicular Unit Transplant), que os retira da localidade de trás da moleira com uma ampla incisão. Os fios são retirados com a utilização de um aparelho motorizado, que foi desenvolvido pelo Dr. Harris e utiliza um punch, também de sua autoria, e que deixa a realização da cirurgia com menor traumatismo, maior rapidez e melhores resultados nas mãos de cirurgiões com experiência nesta técnica.

Implante FUE

O implante FUE é relativamente novo no Brasil e bastante mas sofisticado se comparado ao FUT, porque retira os folículos pilosos em unidades individuais em toda a localidade da nuca e laterais da carola, com cicatrizes mínimas (08 a 10mm),, o que proporciona um resultado mas organico. Enorme vantagem do método é que quase não há a incidência de cicatriz e a restauração é rápida, em menos de 24 horas o paciente deve retornar a sua rotina geralmente. Com o auxílio do novo equipamento, o FUE promete ser um dos métodos mas revolucionários na dimensão de transplantes capilares.
Várias clínicas brasileiras passaram a comprar este equipamento (SA.F.. E. System) para sofisticar os resultados da cirurgia de Implante Capilar além de progredir a restauração pós-operatória. Como é o caso da clínica do Dr. Júlio Cesar Yoshimura, que é um cirurgião especializado no procedimento em São Paulo e optou por comprar a novidade ciência para a realização das cirurgias de transplante capilar ainda com maior primazia. Reconhecido pelo seu trabalho no plaino cirúrgico e sua preocupação pelos melhores resultados, o Dr. Júlio Cesar Yoshimura é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Externo Society of Asthetic Plastic Surgery, além de possuir mas de 15 publicações científicas entre livros e muito mais.

Como fazer sopa detox?

Você já ouviu falar na sopa detox? Elas são popularmente conhecidas por serem ricas nutrientes capazes de limpar o organismo de substâncias tóxicas, além de ajudarem a emagrecer de forma saudável.

A má alimentação, causada pelo excesso de produtos industrializados ricos em componentes tóxicos, conservantes e corantes é a responsável por trazer tantas doenças e outros problemas ligados à saúde. Por isso, é de extrema importância reavaliar a alimentação e passar a consumir alimentos de alto valor nutricional, como é o caso das sopas detox.

O que deve conter na sopa detox

Para o preparo das sopas detox são escolhidos alimentos ricos em fibras e baixo teor de calorias e gorduras trans, como por exemplo o inhame, a cenoura, o couve, o brócolis, o espinafre, o pepino, a rúcula, a escarola, o repolho, o coentro, o frango, o gengibre, a abóbora, a maçã, o alho poró, o mel, a ervilha, o grão de bico e muito mais.

O preparo da sopa detox

O ideal é preparar a sopa com até 4 ingredientes , sempre utilizando água e temperos para completar o processo. Uma boa dica para não perder os nutrientes dos alimentos é preparar a sopa sempre em fogo baixo. Além disso, também é muito importante evitar temperar a sopa com caldos de tabletes ou em pó industrializados ou quantidades em excesso de sal, já que eles tiram o sabor dos legumes e verduras e retiram os nutrientes dos alimentos.

Outra dica importante é variar os temperos com ervas, como alecrim, manjericão, orégano e hortelã. Eles ajudam a manter a sopa saudável e também dão um gostinho diferente à refeição.
É interessante, a cada sopa preparada, alternar os temperos e ver qual mais combina com o seu paladar e com os legumes selecionados.

Outras dicas para a sopa detox

  • O ideal para o preparo dos alimentos que irão compor a sopa detox é sempre refogá-los.
  • Para quem gosta, também é possível acrescentar pimenta ao temperar a sopa. Em pequenas quantidades, a sopa pode render um resultado bem interessante.
  • Evite triturar os alimentos da sopa, já que mastigá-los aumentará a sensação de saciedade, evitando as beliscadas durante o dia. São estas beliscadas as grandes responsáveis pelo chamado efeito sanfona. Quando a ansiedade e outros distúrbios ocorrem, é comum buscar alimentos que furem as refeições (geralmente alimentos mais rápidos e calóricos), ajudando a engordar.
  • E claro, opte por atrelar a alimentação das sopas detox com uma rotina de exercícios físicos; isso irá aumentar sua qualidade de vida e trazer resultados mais rapidamente.

Gostou? Então não perca tempo e invista hoje mesmo na sopa detox, elas têm o poder de transformar o seu corpo!

Guia sobre o crescimento do pênis

O tamanho do pênis tem sido uma das maiores preocupações do homem, ao largo dos tempos. Agora, graças as novas tecnologias e avanços científicos, têm surgido variados produtos muito eficazes para ajudar a todas essas pessoas que se sentem inseguras pelo tamanho do seu pênis, existindo vários métodos muito eficazes,que apresentaremos mais á frente.

Sabendo que muitos homens tem pequenos de tamanhos menores que a média, o pênis cresce até que idade? Alguns garotos jovens já procura o aumento do pênis, porem muito antes do próprio pênis terminar a fase de crescimento. Portanto recomendamos o aumento de pênis apenas para maiores de idade.

Veja uma comparação minuciosa de todos os métodos e dos principais laboratórios para o ajudar a escolher o mais adequado. Na nossa página qualificamos os métodos segundo:

  • Rendimento – Quais os métodos que geram um crescimento permanente?
  • Rapidez – Quanto tempo tem que esperar para atingir os resultados máximos?
  • Assistência – Existe um bom serviço que respalde cada produto?
  • Garantia – Que garantias oferece o produto?
  • Segurança –Os seus ingredientes são seguros e eficazes?

4 Regras básicas a ter em conta na hora de comprar este tipo de produtos:

penis cresce em que idade

Regra #1

Tenha cuidado com TODAS as outras páginas de aumento de pênis e com todos os conselhos que lhe possam dar e prometer. É impressionante a quantidade de novas páginas que apareceram na internet dando falsas esperanças e prometendo coisas impossíveis. Graças a eles, pessoas honestas como você e como nós, não sabemos em que empresas é que podemos acreditar e, sobretudo, num tema tão importante para os homens como é o tamanho de pênis.

Regra # 2

Desconfie de qualquer empresa que lhe prometa uma oferta de 50% ou que promete aumentar o pênis em mais de 7 cm! A única razão pela qual lhe prometem uma oferta de 50% em relação a outras empresas é porque os seus produtos são com certeza de má qualidade. Escusado será dizer que os produtos fraudulentos que se vendem por aí não só não produzem qualquer aumento, como podem ser nocivos para a saúde. Portanto, é preferível gastar mais dinheiro e comprar um produto de primeira qualidade. Desconfie também das empresas que prometem aumentos superiores a 7cm, pois o que pretendem é iludir as pessoas.

Regra # 3

Afasta-se de qualquer produto que tenha Yohimbe! O Yohimbe está na lista dos produtos proibidos pela FDA e catalogado como substância perigosa.

Regra # 4

Mantenha-se afastado das empresas que lhe oferecem tudo e mais alguma coisa, assim como daquelas que não garantam a devolução dos produtos (este caso só se aplica ás cápsulas).

Como emagrecer consumindo proteína Pro 20 Herbalife

Você gosta de ir ao ginásio, correr junto à estrada ou trilha sozinho? 

Com a proteína pro 20 herbalife qualquer que seja sua atividade, obterá melhores resultados.

Ou você prospera numa aula de ginástica num grupo grande com todos a respirar, mover e a tonificar sincronizados?

Não importa em que tipo de exercício você está acostumado, o importante são os resultados para emagrecer, e obter uma vida saudável, não há desvantagens em permanecer fisicamente ativo – especialmente com tanta gente que não faz o mínimo de exercício recomendado.

Mas a pesquisa sugere que se você é solitário quando trata-se de exercícios, pode estar a perder alguns benefícios para a saúde dos exercícios em grupo, assim perdes resultados  de como emagrecer.

pro-20-herbalife-como-emagrecer
como emagrecer herbalife

Exercícios de grupo versus solo

O exercício já é conhecido por ter muitos benefícios para a saúde mental, incluindo melhorar o sono e o humor, impulsionar o desejo sexual e aumentar os níveis de energia e o estado de alerta mental.

Num novo estudo, os pesquisadores analisaram se o exercício em grupo poderia ajudar os estudantes de medicina, um grupo de alto stress que provavelmente poderia usar exercícios regularmente.

Para a pesquisa, 69 estudantes de medicina juntaram-se a um dos três grupos de exercícios.

Um grupo realizou um programa de fortalecimento do núcleo do grupo e treinamento funcional de 30 minutos pelo menos uma vez por semana, juntamente com exercícios extras e usando a proteína pro20 select herbalife, se quisessem.

Outro grupo eram praticantes individuais, que trabalhavam sozinhos ou com até dois parceiros pelo menos duas vezes por semana.  Também consumiam proteína.

No grupo final, os alunos não fizeram nenhum exercício além de caminhar ou andar de bicicleta para chegar onde precisavam ir.

Os pesquisadores mediram os níveis de stress percebidos pelos alunos e a qualidade de vida – mental, física e emocional – no início do estudo e a cada quatro semanas.

Todos os alunos iniciaram o estudo aproximadamente no mesmo nível para essas medidas de saúde mental.

Após 12 semanas, os participantes do grupo viram melhorias em todos os três tipos de qualidade de vida, bem como uma queda nos seus níveis de stress e melhores resultados no projeto emagrecer.

Em comparação, os participantes individuais só melhoraram a qualidade de vida mental – embora fizessem exercício cerca de uma hora a mais a cada semana do que os praticantes do grupo.

Para o grupo de controlo, nem o nível de stress nem a qualidade de vida mudaram muito até o final do estudo.

Existem algumas restrições nesta pesquisa, como incluir apenas pequenos estudantes de medicina.

  • Os alunos também podem escolher o seu próprio grupo de exercícios. Portanto, pode haver diferenças físicas ou de personalidade entre o grupo que influencia o resultado e o praticante solo.
  • Então você tem que ver os resultados com cuidado. No entanto, a pesquisa sugere o poder de trabalhar juntos. Esta pesquisa foi publicada na edição de Novembro do The American Osteopathic Association Journal.

Trabalhando em sintonia

Outras pesquisas concentraram-se no impacto do exercício em grupo – especificamente a trabalhar em sintonia – no vínculo social, na tolerância à dor e no desempenho atlético.

Em um estudo de 2013 no International Journal of Sport e Exercise Psychology, pesquisadores recrutaram pessoas para trabalhar durante 45 minutos em máquinas de remo.

Após a sessão, as pessoas que haviam remado em grupos – e sincronizado os seus movimentos – tiveram maior uma tolerância à dor em comparação aos remadores solo. A tolerância à dor aumentou se as pessoas estavam a remar com companheiros de equipa ou com estranhos.

Indiferente da atividade física consumir a proteína pro 20 herbalife, intensifica a ganha de massa muscular e ajuda a emagrecer com qualidade de vida e de forma saudável.

Os pesquisadores acreditam que o aumento da tolerância à dor pode ser decorrente de uma liberação maior de endorfinas – as hormonas do “bom humor” – devido às pessoas que ficam em sintonia umas com as outras durante o exercício.

Esse tipo de movimento coordenado é conhecido como sincronia comportamental. Também pode ocorrer durante outras atividades em grupo, como brincadeiras, rituais religiosos e dança.

Isso também pode aumentar o seu desempenho, especialmente se você já estiver próximo de outras pessoas no grupo.

como-emagrecer-herbalife
como emagrecer com herbalife pro 20

Intensifique sua qualidade da dieta coma proteína pro 20 select herbalife.

Em um estudo de 2015 no PLoS ONE, os pesquisadores descobriram que os jogadores de rugby que coordenavam os seus movimentos durante o aquecimento tiveram um melhor desempenho num teste de resistência de acompanhamento.

Estes atletas já faziam parte de uma equipa de rugby muito unida. Os pesquisadores acreditam que os movimentos sincronizados durante o aquecimento reforçaram os laços sociais existentes entre eles. E emagrecer em equipa é muito melhor

Os pesquisadores escrevem que isso “pode ter mudado a percepção do atleta sobre a dor e o desconforto associados à fadiga … Isso permitiu que os participantes esforçassem-se mais e tivessem um desempenho melhor”.

Logo, quando você está cercado por outros ciclistas a pedalar em sincronia com batidas contínuas, ou como se fosse uma dança coordenada, você pode aproveitar o poder da sincronia.

Ou não.

Nem todas as classes de grupo são criadas igualmente

Paul Estabrooks, PhD, professor de saúde comportamental do Centro Médico da Universidade de Nebraska, descobriu que o “contexto do exercício” determina o quanto o efeito do exercício tem sobre a qualidade de vida, interações sociais, benefícios físicos e pessoas aderindo aos seus treinos.

Em uma revisão de 2006 na revista Sport and Exercise Psychology Review, Estabrooks e os seus colegas analisaram 44 estudos anteriores que compararam os benefícios de diferentes contextos de exercícios.

Os contextos incluíram o seguinte:

  • exercícios em casa, sozinho ou com contato de um profissional de saúde;
  • aulas de exercício padrão;
  • classes de “grupos verdadeiros”, onde técnicas especiais eram usadas para aumentar o vínculo social entre as pessoas.

As verdadeiras aulas em grupo proporcionaram o máximo de benefícios.

Aulas de exercício padrão – sem o vínculo adicional – foram semelhantes ao exercício em casa com ajuda.

Trabalhar sozinho em casa chegou em último lugar. Emagrecer sozinho é mais difícil.

No geral, quanto mais contato ou apoio social as pessoas tiverem durante o exercício – de pesquisadores, profissionais de saúde ou outros participantes de exercícios – maiores serão os benefícios.

Estabrooks disse à Healthline que “aulas de condicionamento físico baseadas em grupos são tipicamente mais efetivas quando usam estratégias de dinâmica de grupo.”

Isso inclui definir metas do grupo, compartilhar feedback, conversar com outras pessoas da turma, usar competição amigável e incorporar “atividades para ajudar as pessoas a se sentirem parte de algo – um sentimento de distinção”, compartilhar estilo de vida saudável, o conhecimento ajuda a emagrecer

Você pode não encontrar isso em todas as aulas de exercício.

“Geralmente, esse não é o caso da maioria das aulas de ginástica com base em grupos”, disse Estabrooks, “onde as pessoas aparecem, seguem um instrutor, não conversam muito e saem”.

Embora aulas de ginástica em grupo possam oferecer benefícios extras, nem toda gente é um tipo de pessoa de body sculpt ou power yoga.

Um estudo descobriu que os extrovertidos eram mais propensos a preferir atividades físicas de grupo e de alta intensidade, em comparação aos introvertidos. Conversam mais entre si, trocam receitas e rotinas saudáveis, consomem proteína.

Nenhuma surpresa aqui.

Portanto, encontre alguma atividade física que você goste de fazer e fique com ela – seja preparar-se para uma aula de ginástica suada ou para uma caminhada na natureza.

A Herbalife tem a proteína pro 20 select perfeita para sua dieta equilibrada e seu estilo de vida saudável.

 

Nutrição e dieta para diabetes e problemas de tireóide

Abaixo você pode ler informações sobre nutrição e dieta para diabetes e problemas de tireóide.

A herança genética desempenha um papel fundamental nas doenças relacionadas à diabetes e tireoide. O ganho de peso é um dos sintomas associados à doença da tireoide.

Outros sintomas de problemas de tireóide são colesterol alto, cabelos secos, anemia, constipação, infertilidade, depressão, surdez, etc.

livro de receitas para diabéticos
As melhores receitas para diabeticos tipo 2

Modificações dietéticas requerem a ingestão restrita de goitrogênios, que são os materiais, inerentes à comida, pois se opõem ou impedem o funcionamento da glândula e a secreção do hormônio.

Os vegetais crucíferos, como mostarda, brócolis, repolho, mostarda e nabos e produtos de soja são não recomendado, bem como outros goitrogens alimentos como espinafre, pêssego, tofu, soja, amendoim, milho e morangos. Isso ocorre porque os goitrogênios causam um aumento da glândula tireóide e isso interfere com a produção normal do hormônio da tireóide. A solução para o consumo de alimentos com goitrogênios por pacientes com hipertireoidismo é cozinhá-los, pois dessa forma seu efeito negativo é inativado.

Alimentos que contêm iodo devem ser evitados por pessoas com hipotireoidismo, como frutos do mar, multivitaminas, produtos lácteos, alimentos processados ​​e metabólicos.

Dieta saudável para diabetes e tireóide

Diabetes está associado a problemas de tireóide. A resistência à insulina está relacionada a doenças da tireoide. Recomenda-se uma dieta rica em proteínas e pobre em carboidratos.

Um equilíbrio na ingestão de fibras, carboidratos, gorduras e proteínas é fornecido por este tipo de refeições. Isso, por sua vez, leva a um aumento moderado do nível de glicose no sangue, devido à entrada progressiva de glicose na corrente sanguínea. Este processo regula a quantidade de liberação de insulina, o que provoca uma diminuição no armazenamento de calorias.

Reduzir a ingestão de certos alimentos, como biscoitos, pão branco, alimentos refinados, pãezinhos, beterraba, milho, nabo, ervilhas, cenouras, batatas, nabos, laranjas, uvas, abacaxi, mamão, banana e melancia. Arroz branco, açúcar, sêmola e produtos de panificação são necessários, no caso de doenças da tireóide e diabetes.

A condição diabética requer a ingestão de várias pequenas refeições, em vez das três refeições habituais. Cerca de cinco a seis pequenas refeições ajudam na prevenção do aumento súbito dos níveis de glicose no sangue . Também protege a pessoa de uma crise súbita de hipoglicemia .

Quanto aos alimentos protéicos, a carne magra é preferida na forma de carne branca de aves, cortes magros de carne e peixe. Perda de cabelo, um problema comum associado com doenças da tireóide é reduzido com a ingestão de proteínas.

Cerca de 25 gramas de fibra dietética são recomendados diariamente. A fibra é um carboidrato complexo, que requer ajuda na produção de insulina.

Certain ricos em fibras, como maçãs, lentilha, couve-flor, cereais, amêndoas, vegetais de folhas verdes, brócolis, feijão e peras alimentos são benéficos.

Um suplemento vitamínico múltiplo, especialmente com selênio e zinco, é eficaz.

 

Tudo sobre a história da saúde pública no Brasil

A história da saúde pública no Brasil passou por inúmeras mudanças ao longo dos anos, sendo a maioria delas derivadas da luta entre a população e os interesses políticos e econômicos do estado.

Hoje, o sistema único de saúde é considerado uma das maiores conquistas da população, mas são poucas as pessoas que reconhecem esse mérito. Diante disso, ao longo deste post serão apresentados alguns dos acontecimentos que mudaram o rumo da política de saúde no país.

saude publica

Breve história da saúde pública: período da república

A história da saúde pública teve como principal marco as campanhas de saúde sanitaristas idealizadas pelo médico Oswaldo Cruz. O objetivo dessas ações era impedir que as doenças e epidemias das regiões portuárias, afetassem as exportações do país e a capacidade produtiva dos trabalhadores dessas áreas.

Nesse período, também ocorreu a Revolta da Vacina que foi um ato popular contra a obrigatoriedade da vacinação contra a varíola, principal epidemia que assolava a população brasileira na época.

Surgimento das primeiras caixas de aposentadoria e pensão

Até meados da década de 1920, o sistema de saúde do país ainda era deficiente e informal. A classe trabalhadora cumpria uma carga horária exaustiva de trabalho, sem nenhum tipo de cobertura médica em casos de acidente.

Esse contexto culminou com o surgimento da Lei Elói Chaves, em 1923, por meio dela, foram criadas as Caixas de Aposentadoria e Pensão. Elas eram mantidas e administradas pelas empresas, que ofereciam serviços médico-hospitalar a todos os funcionários e seus dependentes.

 

Política de saúde na Erva Vargas

Um dos grandes marcos da política de saúde aconteceu durante a Era Vargas. Quando, em 1930, em uma tentativa de aumentar o controle sobre a população e as ações que eram dirigidas à ela, foi criado o Ministério da Educação e Saúde.

Esse órgão passou a ser o responsável por tomar as medidas para o controle sanitário. Ainda nesse período, ocorreu a substituição das CAPS pelos IAPs (Institutos de Aposentadoria e Pensão), que garantia a assistência médica e a licença-maternidade às pessoas com vínculos empregatícios.

 

História da saúde pública: Lei Orgânica

A Lei Orgânica da Previdência Social marcou a história da saúde pública no país ao unificar, em 1960, todos os IAPs que passaram a seguir um único regime. No entanto, isso só foi acontecer de fato depois do golpe militar, com a criação do Instituto Nacional da Previdência Social (INPS).

Como a demanda por assistência médica era cada vez maior, a rede pública não era capaz de suprir essa necessidade da população. Nesse momento, começaram a se intensificar os repasses de verbas do INPS para a rede privada, o que acarretou na construção de grandes conglomerados hospitalares.

Para controlar esses repasses, foi criado o Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS). Enquanto isso, as ações da saúde pública continuavam sendo meramente médico-curativo, ou seja, focado na doença e pouco na prevenção.

 

Década de 1980: movimento sanitarista e 8ª Conferência Nacional de Saúde

A saúde pública obteve grandes avanços na década de 1980. Nesse período o movimento sanitarista atuou fortemente na garantia do direito da população a um sistema de saúde democrático.

Também foi a responsável por incentivar a implantação de um novo conceito de saúde, nas políticas de saúde pública do país. O ponto ápice do movimento sanitarista foi a realização da 8ª Conferência Nacional de Saúde em 1986.

Essa conferência teve a participação da sociedade civil e dela resultou no esboço da construção de um novo modelo de saúde pública para o país, o Sistema Único de Saúde.

CONSTITUIÇÃO DE 1988

É por meio da Constituição Federal de 1988 que a saúde passa a ser estabelecida como “direito de todos e dever do estado” tornando acesso aberto socialmente a oportunidade de atendimento médico. É com base no tripé da descentralização, integralidade e da participação popular que se constitui o Sistema Único de Saúde (SUS).

Ele tem como principal objetivo o desenvolvimento de ações de prevenção de doenças, promoção, recuperação e reabilitação da saúde de toda a população do país, independente de ter vínculo empregatício.

Ao longo desse post você pode conhecer os principais marcos da história da saúde pública no Brasil, que culminaram na criação do atual sistema de saúde SUS. Ficou alguma outra dúvida sobre nossa contextualização? Deixe essa dúvida aqui nos comentários!