Pular para o conteúdo

A infertilidade primária é aquela que afeta casais que não conseguiram engravidar após um ano de relações sexuais desprotegidas e que não tiveram filhos anteriormente.

O importante diante de um casal com infertilidade primária é determinar a causa da esterilidade e se ela afeta um ou ambos os membros do casal. Nesse sentido, são muitos os fatores que podem favorecer a infertilidade

Infertilidade feminina

Existem diferentes situações que podem causar infertilidade em mulheres, causando problemas de ovulação, o óvulo fertilizado não aderindo ao endométrio ou um aborto espontâneo:

  • Síndrome antifosfolípide e outras doenças autoimunes.
  • Malformações congênitas do sistema reprodutor.
  • Alterações no equilíbrio hormonal.
  • Miomas ou pólipos no útero ou colo do útero.
  • Cancro do útero, ovário ou colo do útero.
  • Ter feito tratamento contra o câncer.
  • Obesidade.
  • Diabetes.
  • Distúrbios da coagulação.
  • Ovário policístico.
  • Endometriose.
  • Doença inflamatória pélvica.
  • Idade avançada.
  • Doenças sexualmente transmissíveis.
  • Alcoolismo o tabaquismo.
  • Doença da tireoide.

infertilidade masculina

No caso dos homens, a infertilidade pode dever-se à ausência de espermatozóides ou por serem produzidos em número insuficiente, por terem pouca mobilidade, por apresentarem defeitos morfológicos ou por os canais seminais estarem bloqueados e não poderem ser libertados. As causas desta ocorrência podem ser diferentes:

  • anomalias congênitas
  • Alterações na produção de hormônios.
  • Disfunção erétil.
  • Obesidade.
  • Alcoolismo o tabaquismo.
  • Ter feito tratamento contra o câncer.
  • Ter sido exposto a certos contaminantes ambientais.
  • Consumo de certos medicamentos.
  • Doenças sexualmente transmissíveis.
  • Exposição a temperaturas elevadas durante períodos prolongados.

Diagnóstico e tratamento

A existência de infertilidade primária implica que pelo menos um ano de relações sexuais contínuas e desprotegidas deve transcorrer sem que a gravidez tenha ocorrido. Este seria o momento em que o casal deveria ir a um especialista como a hi saúde da mulher e passar por um estudo de fertilidade com o qual se pode determinar se é um ou ambos os membros que apresentam infertilidade, bem como as causas da mesma.

Dependendo dos resultados, o tratamento vai depender de quem é acusado. Às vezes será suficiente tratar a condição ou doença que causa a situação de infertilidade, em outras será suficiente com aconselhamento e educação sobre sexualidade, e em outras será necessário recorrer a técnicas de reprodução assistida.

Há que ter em conta que um em cada cinco casais diagnosticados com infertilidade primária consegue engravidar sem qualquer tipo de tratamento e mais de metade sem necessidade de recorrer à reprodução assistida.

 

O que é quiropraxia e quais são os seus benefícios?

A dor no pescoço, nas pernas, nas costas ou no ombro é muito incômoda quando se trata de fazer atividades cotidianas, principalmente durante o home office, com longas jornadas de trabalho muitas vezes associadas à má postura diante de um computador.

Nesse sentido, a Quiropraxia surge como uma proposta para aliviar, tratar e prevenir problemas corporais. Esta técnica de manipulação manual garante uma série de benefícios e contribui para o bem-estar dos pacientes.

A maioria das pessoas confunde quiropraxia com fisioterapia ou massagem e tem muitas dúvidas sobre o tratamento. Mas, na verdade, funciona com problemas do sistema musculoesquelético e seu efeito no sistema nervoso.

O que é Quiropraxia?

A Quiropraxia nada mais é do que o uso de técnicas de manipulação articular na região da coluna vertebral, em que se trabalha para corrigir e realinhar o eixo principal do corpo humano a fim de diminuir o risco de lesões e diminuir a dor. .

A Quiropraxia se preocupa em diagnosticar, tratar e prevenir problemas do sistema neuromuscular e outras estruturas que movem o corpo e como essas mudanças afetam a saúde geral.

A Quiropraxia é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 2005 como um ramo da medicina alternativa que trata e previne problemas do sistema neuroesquelético.

A Quiropraxia oferece uma solução abrangente para problemas associados às articulações, dores na coluna, músculos, tendões, nervos e outras estruturas importantes do nosso corpo. Promove relaxamento e bem-estar associado à contratura causada por estresse ou ansiedade.

O que é quiropraxia e quais são os seus benefícios?

A Quiropraxia pode ser combinada com outros tratamentos para melhorar os resultados do paciente.

3 benefícios da Quiropraxia

Como vimos anteriormente, a Quiropraxia auxilia em diversos tipos de dores e, por isso, seu tratamento está se tornando cada vez mais popular. Abaixo listamos 3 principais benefícios. Seguir:

1. Redução da dor

Numerosos estudos mostraram que a quiropraxia é segura e eficaz para reduzir a dor no pescoço, região lombar, coluna, etc.

2. Reduz o uso de medicamentos

Devido à dor intensa, muitas pessoas recorrem a tratamentos farmacológicos para melhorar sua qualidade de vida. Como uma prática não invasiva, a quiropraxia trabalha para melhorar a condição do paciente, o que, por sua vez, reduz o uso de medicamentos.

3. Melhora o desempenho atlético

As equipes esportivas mais famosas têm um quiroprático profissional disponível para seus atletas para prevenir lesões e melhorar seu desempenho atlético enquanto lutam por um corpo saudável e sem dor para um melhor desempenho atlético.

Como é realizada a Quiropraxia?

Os quiropráticos farão primeiro um diagnóstico com base nos relatórios dos pacientes. Esses especialistas possuem conhecimentos em diversas áreas, como patologia, anatomia, radiologia, biomecânica e neurologia. Esses especialistas verificaram a necessidade de supervisão médica em combinação com a quiropraxia.

Uma vez feito o diagnóstico, o quiroprático sugere determinar um plano de tratamento mais adequado e personalizado usando técnicas quiropráticas e dividindo-o em "x" sessões. Geralmente a primeira sessão é utilizada para avaliar a resposta do paciente com a prática de movimentos manuais e técnicas para alívio da dor. Não use procedimentos invasivos ou medicamentos.

Na prática, as sessões são realizadas com as mãos, mesmo realizando algumas manobras e movimentos no paciente em diferentes velocidades. Pode acontecer que um profissional utilize algum tipo de equipamento dependendo da necessidade do tratamento, e sua frequência também varia de pessoa para pessoa.

A Quiropraxia oferece riscos à saúde?

Embora este tratamento seja utilizado em mais de 60 países, as pessoas não familiarizadas com a técnica quiroprática muitas vezes têm algumas dúvidas sobre os riscos para a saúde e as pessoas que podem ou não utilizar a prática.

Sim, a quiropraxia pode representar riscos à saúde. De acordo com pesquisas médicas, um movimento quiroprático mal executado pode causar o colapso da artéria, o que pode levar a um acidente vascular cerebral no paciente. As pessoas estão cientes dos grandes benefícios da quiropraxia e acabam não se importando com os efeitos colaterais.

Lembramos também que a quiropraxia não é indicada para pessoas com instabilidade na coluna, hérnia de disco grave, fraturas que ainda estão em processo de recuperação e outras contra indicações que precisam ser avaliadas.

Obviamente, em comparação com outros tratamentos, a quiropraxia, por exemplo, não requer procedimentos cirúrgicos ou invasivos como os citados acima e pode prevenir problemas causados ​​por disfunções das vértebras.

 

Interessado na área? Confira o Curso de Quiropraxia!

 

Continue lendo nosso site!

A sensibilidade nos dentes é um problema que atinge milhares de pessoas ao redor do mundo e pode ser originada por diversos fatores, como a má higienização, a somatização, cáries ou até mesmo como efeito colateral de tratamentos estéticos odontológicos.

E isso acontece porque o dente é composto por três camadas principais: o esmalte dentário, a dentina e a polpa. Sendo que as camadas mais internas – dentina e polpa – possuem tecidos nervosos que são conectados com a raiz das estruturas dentárias.

Assim, quando o esmalte sofre algum tipo de erosão que deixe as camadas mais sensíveis do dente expostas, ou quando existe algum tipo de doença que provoca a retração gengival, o contato direto com a alimentação pode causar dores e desconfortos importantes.

No entanto, problemas com o estresse diário ou as cáries também são capazes de provocar a sensibilidade dental, por meio do desenvolvimento de condições como o bruxismo – ato inconsciente de ranger os dentes – ou através da formação de cavidades cariogênicas.

Sintomas e prevenção

As dores de dente causadas pela exposição da dentina costumam ser intensas, curtas e acionáveis sempre que o paciente tiver contato com alguns tipos específicos de alimentos ou com o ar frio – por meio da respiração oral.

Deste modo, os pacientes precisam ficar atentos às comidas e hábitos diários como:

  • Ingestão de frutas e sucos cítricos;
  • Consumo de refrigerantes e vinhos;
  •  Alimentação rica em doces;
  •  Refeições com temperaturas extremas;
  • Bebidas muito geladas ou muito quentes;
  • Aplicação de muita força durante a escovação.

A melhor forma de prevenir os desconfortos é mantendo visitas regulares com o dentista – por meio de um plano dentario para mei, por exemplo – para o acompanhamento constante das estruturas e para a garantia quanto à integridade do esmalte dental e das gengivas.

Essas consultas, que devem ser realizadas uma vez a cada seis meses, servem para a efetuação da limpeza profissional e a remoção da placa bacteriana e do tártaro acumulado, que pode danificar os dentes e as gengivas.

Além disso, o dentista responsável pode tratar precocemente a ação das cáries e de outros problemas que estejam causando o desgaste do esmalte dentário e a quebra das estruturas dentais, impedindo o desenvolvimento de complicações mais sérias.

Formas de tratamento

O tratamento da sensibilidade dental irá depender do que está causando o desconforto no paciente. Assim, o procedimento pode incluir mudanças simples na rotina de higienização individual ou até a reforma de restaurações antigas e procedimentos mais complexos.

Por isso, é importante que esses pacientes saibam como funciona o plano odontologico da empresa – ou qualquer outro tipo de assistência médica dental –, para que esses serviços permitam a conclusão de todas as intervenções.

Entre as principais formas de tratamento, temos:

  • Troque o creme dental escolhido

A preocupação com a aparência dos dentes e a beleza do sorriso tem feito com que muitos pacientes optem pela utilização de cremes dentais que promovam o clareamento dos dentes e combatam as manchas e o envelhecimento natural das estruturas.

No entanto, essas pastas de dente podem ser muito abrasivas e danosas quando utilizadas por longos períodos. 

Por isso, é fundamental alternar o uso dos materiais branqueadores com os cremes dentais com alta concentração de flúor, que combatam o problema da sensibilidade.

  • Aprimore as técnicas de higienização

Além de escovar os dentes com a frequência apropriada é muito importante que os pacientes apliquem as técnicas corretas durante as rotinas de limpeza bucal. 

Isso porque, uma escovação rápida e com força excessiva pode causar mais danos do que benefícios à saúde oral.

O atrito entre as cerdas da escova e os dentes – por tempo suficiente – já é capaz de remover as placas bacterianas e os restos de comida. 

Assim, a força necessária não deve ultrapassar o nível moderado e o paciente não deve escovar cada dente por menos de cinco segundos.

  • Laser terapêutico

O uso do laser terapêutico costuma ser necessário nos casos mais severos de sensibilidade, esse tratamento pode ser acessado por meio de um seguro de saúde – para isso pode ser importante entender o plano odontologico empresarial como funciona –.

Esse laser de baixa intensidade reduz a inflamação do tecido dental, estimula a produção de substâncias como a serotonina, altera a rede de transmissão dos nervos da polpa dentária, produz uma dentina secundária e isola os canalículos dentinários.

Assim, o dentista consegue promover um alívio das dores e de desconfortos mais intensos.

Aplique flúor

O plano odonto empresarial também pode servir para custear a aplicação periódica do gel de flúor, ou viabilizando o uso do verniz de flúor para isolar as partes em que o esmalte dentário está expondo a dentina.

No entanto, existem diversos tipos de procedimentos que podem reduzir ou curar por completo o desconforto dental. 

Para isso, é muito importante compreender como funciona plano odontologico empresarial e investir em serviços que permitam a visita constante com um dentista qualificado. 

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

A odontologia estética é uma das áreas da odontologia que mais cresce nesse mercado. Os tipos de clareamento dental, por exemplo, estão na lista de tratamentos dessa área.

Diferente do trabalho de dentistas “tradicionais”, que atuam com a observação, limpeza e alguns tipos de tratamentos que podem ser necessários, a odontologia estética é mais uma questão de opção. 

Certamente o clareamento dental é uma das técnicas da odontologia estética mais comum e mais procuradas. 

Diferentemente de outros tipos de tratamentos, que necessitam um tempo mais expressivo para dar resultados convincentes, o clareamento dental pode ter resultados interessantes a curto prazo e por isso também costumam ser bastante visados.

Mas, você sabe sobre o que se trata esse procedimento? Como ele funciona, quais são as recomendações e quais os tipos de clareamento? Bom, é isso que veremos nesse artigo com maior precisão.

Odontologia estética

Para começar, é importante destacar o que é a odontologia estética e o por que o clareamento dental está incluído na gama de procedimentos dessa área.

De modo geral, a odontologia estética é uma área dentro da odontologia que visa a realização de procedimentos e tratamentos para melhorar a estética dentária das pessoas que procuram os profissionais. 

O dente, além de ser uma estrutura essencial para o funcionamento do organismo, desempenhando um papel importante na respiração, fala e processo digestivo, também transmite um aspecto relacionado à estética da população. 

Quando o sorriso está danificado, com manchas aparentes nos dentes, dentes tortos ou outros tipos de problemas, é natural que as pessoas se sintam mal com isso, prejudicando a autoestima e causando problemas emocionais que podem ser importantes.

Nesse sentido, essa área da odontologia é responsável pelo desenvolvimento de procedimentos que visam qualificar a estética dos dentes. Existem instrumentos que são utilizados para problemas em variadas situações, tais como:

  • Coloração dos dentes;
  • Má formação da arcada dentária;
  • Fratura dentária;
  • Perda de dentes.

O uso de aparelho de dente transparente, por exemplo, é comum durante tratamentos da odontologia estética. Apesar de ser um instrumento bastante utilizado por necessidade, ajudando a corrigir problemas estruturais importantes na formação dos dentes. 

Cada modelo de aparelho funciona de uma maneira, mas normalmente possui funções específicas e semelhantes entre si. 

No caso desse modelo de aparelho, o aparelho transparente, ele é diferente, por exemplo, do aparelho fixo. 

Enquanto o fixo é mais robusto, encaixado em todos os dentes da boca e com um tempo de tratamento mais longo, o transparente é mais discreto e usado em ocasiões especiais.

De modo geral, o aparelho transparente se assemelha ao modelo móvel, ou seja, pode ser removido em situações específicas, como durante as refeições, hora de dormir, entre outros períodos do dia. 

A diferença é em relação a formação do aparelho. O transparente, como o próprio nome já indica, é quase que imperceptível, enquanto o aparelho dentário móvel é mais vistoso. 

Mulher foto criado por gpointstudio - br.freepik.com

Clareamento dental: o que é?

Já que falamos de alguns dos procedimentos odontológicos estéticos, é importante começar a discutir o principal tratamento do texto, que é o clareamento dental.

Essa técnica consiste, como o próprio nome já indica, em clarear os dentes. Por diferentes motivos, é normal que a coloração dos dentes seja modificada ao longo da vida, fique amarelada e em casos graves até com uma pigmentação mais escura, prejudicando a estética dos dentes.

A lente de contato de resina também é um procedimento que ajuda a eliminar manchas nos dentes, mas não com tanto impacto e precisão do clareamento dental. 

Nesse sentido, quando bem executada, essa técnica transforma a aparência dos dentes, essencialmente em relação a sua coloração, deixando-os totalmente esbranquiçados.

Claro, em casos em que o paciente possui cáries ou outros problemas dentários específicos que mancham os dentes, essa situação não é contornada apenas com o clareamento, necessitando de um aprofundamento maior por meio de consultas com dentistas.

Tipos de clareamento

Muitas pessoas não sabem, mas a técnica do clareamento dental pode ser executada inclusive na própria residência da população. 

Naturalmente, é necessário que a precisão da técnica e as substâncias utilizadas sejam recomendadas por profissionais que entendem do assunto, mas elas podem sim serem trabalhadas no conforto de sua casa.

O clareamento a laser, por exemplo, é um dos principais modelos de clareamento. Esse deve ser executado em consultórios com profissionais que possuam os instrumentos necessários, como uma máquina de laser, e as substâncias usadas no processo.

O clareamento por fitas clareadoras flexíveis de polietileno é uma das formas de realizar o clareamento dentro de casa. 

Essas fitas podem ser adquiridas facilmente, e já possuem o gel clareador recomendado pelo tratamento, sem a necessidade de ir para uma consulta particular ou em uma clinica implante dentário

Por fim, outros modelos de clareamento são o caseiro, utilizando gel clareador, clareamento interno e por luz ultravioleta. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Os tratamentos odontológicos tem se modificado muito nos últimos tempos, de modo a se tornarem mais eficientes e seguros, tanto para os pacientes como para os profissionais que operam todas as estruturas do tratamento.

Com uma grande quantidade de procedimentos e tratamentos, como aparelho ortodôntico, clareamento, facetas de porcelana e muitos outros, muitas dúvidas surgem como: “Quais procedimentos podem ser feitos primeiro?”, “É possível fazer mais de um procedimento ao mesmo tempo?”.

Podem surgir também questionamentos quanto à segurança de fazer vários procedimentos e quais os impactos diretos na saúde, entre outros.

Para sanar essas dúvidas e dar exemplos, o presente artigo tentará mostrar a conciliação dos tratamentos odontológicos e quais as atenções que precisam ser tomadas.

Portanto, confira abaixo mais informações desse tema que é de grande importância para quem deseja realizar uma reabilitação dentária por completo, que inclua do clareamento dental até o aparelho ortodôntico.

Aparelhos ortodônticos e clareamentos dentais

Um dos procedimentos mais importantes para o alinhamento dos dentes e o conserto de suas estruturas é o aparelho ortodôntico. Na maioria dos casos, ele é o primeiro tratamento de uma série que pode ser realizada e atua a longo prazo, trazendo benefícios extremamente importantes para os pacientes.

Entretanto, muitas pessoas ficam em dúvida se é possível realizar outro tipo de tratamento dos dentes enquanto estiver com o aparelho, principalmente o clareamento dental.

Isso acontece pois o uso contínuo dos fios e dos bráquetes pode tornar os dentes mais amarelados e manchados.

Assim, os pacientes ficam em dúvida se esses tratamentos podem ser feitos juntamente com o aparelho de dente para otimizar o processo e manter um sorriso bonito. 

Por isso, nos próximos tópicos abordaremos sobre a possibilidade ou não desse intercâmbio de procedimentos.

Contra indicações do clareamento durante o uso do aparelho

Existem algumas contra indicações para a realização em simultâneo do clareamento e do uso de aparelho. A primeira delas diz respeito ao deslocamento dos braquetes. 

Como o procedimento clareador é feito com uma substância à base de peróxido de hidrogênio, em sua maioria em gel, mas encontrado também em líquido ou creme, penetra no esmalte dental, que faz com com que as resinas que colam os braquetes se descolem.

Isso faz com que o aparelho necessite de mais manutenções e ajustes. Outra contra indicação é o risco de infiltrações nos dentes. 

Como vimos, a substância de peróxido de hidrogênio afeta as resinas, como as restaurações, o que pode gerar infiltrações e aparecimento de cáries.

Em pacientes com o aparelho fixo (diferente do aparelho transparente que é móvel), a higienização é mais difícil, por conta dos fios e braquetes, o que faz com que as infiltrações piorem, podendo até causar manchas por conta das estruturas agirem como uma certa barreira.

É recomendável fazer o clareamento dental antes do aparelho?

Os dentistas recomendam que o clareamento dental não seja feito antes da colocação do aparelho, principalmente porque o uso dos bráquetes escondem uma parte do dente e podem impactar em sua coloração.

Assim, as partes que foram expostas ao clareamento, escurecem com o tempo (o que é normal) e a parte dos braquetes não, dessa maneira, quando o paciente retirar o aparelho, o dente ficará com uma marca no formato do braquete mais branco do que o resto do dente.

Dessa maneira, o clareamento dental só é recomendado em pacientes que usam os alinhadores invisíveis, já que são móveis e podem ser retirados para higienização, bem como podem ser conciliados - já que as estruturas são semelhantes.

Clareamento ou facetas dentárias?

Um dos problemas para o qual os dentistas são mais procurados é quanto à coloração dos dentes. Nesse sentido, hoje existem diversos procedimentos que tratam dessa coloração e contribuem para sua recuperação/melhora.

Uma delas é o clareamento dental que vimos acima, que pode ser feito com substância clareadora tanto em formato gel como líquida. 

Apesar disso, novas opções de procedimentos surgem a cada dia e um dos mais recentes é a lente de contato dental, ou mesmo a colocação de faceta dentária.

As facetas dentárias são lâminas ultrafinas de porcelana colocadas sob os dentes e que deixam os dentes mais brancos, também atuando na modificação do formato e tamanho dos dentes.

Em alguns casos, o clareamento pode ser feito antes da colocação das facetas, em outros casos, o segundo ou o primeiro procedimento não precisam ser feitos. 

Segundo especialistas, tudo dependerá do caso do paciente, entre outros elementos como a existência de:

  • Restaurações;
  • Obturações;
  • Resinas;
  • Aparelho.

Isso porque o clareamento, por exemplo, não atua em implantes e algumas restaurações. Já outros procedimentos precisam ser realizados antes da colocação das facetas, já que - geralmente - elas possuem apenas características estéticas e não estruturais.

Já os quadros em que conciliar o clareamento e a faceta são indicados é quando a faceta visa cobrir manchas ou trincados em dentes específicos, sendo o desejo também recuperar a coloração. Assim, o clareamento é feito na dentição e a faceta - posteriormente - é colocada nas estruturas mais danificadas para recuperar o sorriso.

Deste modo, vimos que é possível fazer mais de um tratamento odontológico ao mesmo tempo, mas que é sempre preciso o aconselhamento e orientação do dentista. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, dicas e conteúdos ricos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Alcançar o estado de relaxamento corporal e se sentir à beira de entra no sono: situações que acontecem em uma sessão de hipnose. A técnica é uma ótima terapia para muitas pessoas, sendo eficaz para muitos no combate a ansiedade.

É verdade mesmo ou história furada?

O uso da hipnose foi regulamentado em 20 de dezembro de 2000 no Conselho Federal de Psicologia, permitindo o uso da técnica como mais um recurso auxiliar e técnico de trabalho aos psicólogos.

Ainda não existe no Brasil uma formação academia aos hipnológos, mas em outros países mais desenvolvidos vemos que o assunto é diferente. Estados Unidos, França e Austrália oferecem programas de graduação e pós-graduação, além de que a hipnose conta no Sistema Público de Saúde.

A hipnose é um procedimento voluntário, assim como vemos em uma aula de dança. Para que a hipnose tenha chances de dar certo, é importante que a pessoa confie e preste atenção no que o profissional a fala.

O ser humano pode adquirir um grande poder mental, tendo capacidade de se concentrar totalmente em algo se lhe interessar. Portanto é preciso confiar em quem está te atendendo e ficar relaxado o máximo que você puder.

Alguns indivíduos são hipnotizados mais rapidamente do que outros, sendo isso possível de avaliar na presença de um hipnólogo. Antes de alguém ser hipnotizado em um show, a plateia costuma ser convidada para uma rápida apresentação, conhecido como o teste de suscetibilidade hipnótica.

Perigo em pensar nas falsas memórias

A hipnose é uma considerada uma técnica inofensiva, pois trabalha com a consciência humana. Digamos que é como sonhar acordado, como se estivéssemos “caminhando” e pensando muito longe.

Porém existem perigos sim nessa prática, como criar uma falsa memória. Não é indicado a pacientes que sofreram abuso sexual, esquizofrênicos surtos e transtornos bipolares. Nesses casos a técnica pode ser invasiva e só piora a situação.

Também deve ser evitada a sua aplicação em pacientes com histórico de tendência suicida e que não estejam fazendo tratamento psicológico. A pessoa pode passar a se encorajar, mas para o pior.

Fobia de avião

Com cada vez mais pessoas tendo acesso a viagens de avião, descobrimos que o medo de viajar pelo alto é muito frequente. Para estas pessoas, recomendamos que façam um teste de hipnose prévio.

Se esta situação não for resolvida por completo, existe a chance de o medo voltar e ainda mais forte depois. A hipnose obviamente que não é uma solução mágica, mas geralmente a hipnoterapia tem efeitos parecidos com um tratamento psicológico.

A hipnose é utilizada para aliviar a ansiedade, se relevando como uma alternativa aos que tenham alergia a anestesia. Também pode ser interessante para tratar os sintomas da menopausa e tensão pré-menstrual.

Por fim, a hipnose também é recomendada aos pacientes gagos, que em média após fazerem de 6 a 12 sessões, costumam se livrar ou diminuir muito a gagueira.

Como descobrir se o paciente sofre de ansiedade?

Nos momentos que antecedem uma entrevista com o hipnólogo, é preciso questionar o paciente sobre uma possível relação com a ansiedade. Algumas pessoas demonstram a sua ansiedade de forma mais aparente, como ficarem inquietos com os pés ou transpiração excessiva.

Veja aqui os sintomas mais comuns de quem sofre de ansiedade:

  • Sudorese;
  • Taquicardia;
  • Tremedeira;
  • Falta de ar mas não apresentam problemas respiratórios na maioria dos casos;
  • Insônia;
  • Diarreia;
  • Cansaço;
  • Boca seca;

Para estes pacientes, a hipnose é aconselhada para servir como um relaxante natural e que a pessoa consiga se lembrar dos bons momentos durante a transe.

Se tens dúvidas relacionadas a este tratamento, fique à vontade para nos perguntar.

Você provavelmente sente que sua vida sexual já não é mais como costumava ser e agora se vê imerso em uma busca incessante de informação para descobrir de uma vez por todas como é possível aumentar o seu desejo sexual, a certeza de que você está em busca de dicas possíveis tratamentos que, de alguma forma e esperançosamente possam estimular o seu desejo.

Se te sente apática e sem vontade” de ter relações sexuais tão freqüentemente quanto o seu parceiro gostaria, isso não quer dizer que você tenha algum tipo de distúrbio sexual que, em nenhum caso, precisa aumentar a sua libido-já sabemos que os homens costumam ter uma libido mais forte do que as mulheres. Embora isso possa causar algum tipo de problema em seu relacionamento, não é indicação alguma de um transtorno em si.

De igual forma, essas subidas e descidas da libido são muito comuns entre as mulheres. Não existe uma fórmula para determinar o número de vezes que um casal deve ter relações sexuais. No entanto, se os baixos” começam a acontecer com maior frequência do que as subidas”, talvez é hora de procurar por algum método que aumente o seu desejo sexual de forma natural.

O Desejo sexual da mulher

O desejo sexual na mulher muda ao longo dos anos. As subidas e descidas da libido de uma mulher coincidir com o início ( final) das relações, mas também podem ser a consequência de ter problemas em seus relacionamentos, sejam eles pessoais, aquelas relevantes em sua vida profissional, quer a causa de eventos importantes, como a gravidez, a menopausa alguma doença.

Existem também muitos antidepressivos e outros medicamentos que podem causar um impacto notável sobre o desejo sexual da mulher.

Um bom suplemento para contornar, pode ser o gotas afrodisíacas:

Nestes casos, o problema pode ser temporário e desaparecer de forma natural. Mas se tiver uma diminuição de libido frequente e prolongada no tempo, o mais provável é que sofra de uma doença chamada frigidez congelamento da libido, um distúrbio sexual feminino, que é o equivalente a disfunção sexual a impotência no homem.

Como está o relacionamento com seu parceiro

Teu parceiro quer fazer sexo depois de ter chegado a casa e relaxar depois de um difícil e cansativo dia, mas a ti não te apetece e não sente desejo algum, mais você se sente exausta e tudo que você gostaria de fazer é dormir. Sejamos sinceros: a maioria das mulheres não querem ter sexo tão frequentemente como eu gostaria. De fato, um terço da população feminina adulta sofre de baixa libido de forma crônica, e isso é um problema que afeta bastante a sua vida sexual. Essas mulheres gostariam de poder encontrar uma forma natural de aumentar o seu desejo sexual.

Imagem relacionada
Embora seja muito mais comum do que pensamos, hoje em dia, a frigidez diminuição do desejo sexual feminino continua sem se conhecer o suficiente, e cada vez há mais mulheres que sofrem deste distúrbio sexual e que podem ser muito beneficiadas com um aumento de sua libido e assim poder viver uma experiência sexual prazerosa e satisfatória como nem sequer tivessem imaginado.

Apesar de que um aumento da libido não é mais do que um dos muitos distúrbios sexuais que podem afetar as mulheres, não deixa de ser, sem dúvida, o mais comum e o que mais problemas e prejuízos traz consigo uma relação de casal.
Nestas séries de artigos (e em nossa seção dedicada ao aumento da libido feminina) vamos falar sobre os sintomas, as causas e possíveis tratamentos para melhorar o desejo sexual.

Para uma mulher, é normal não querer falar desses assuntos com o seu parceiro, mesmo com o especialista, e a internet é uma fonte ideal de informação que se pode encontrar conselhos e suporte para aumentar o seu desejo sexual, de forma privada, embora não toda a informação disponível neste meio seja o mais preciso e confiável.

O primeiro passo a tomar para solucionar a falta de desejo sexual é reconhecer o problema. É então quando o transtorno sexual pode ser tratado para a sua solução.

Em alguns casos, como quando a falta de libido está diretamente relacionada com a relação com o seu parceiro, sim, é imprescindível que o casal se veja envolvida no processo, já que a única maneira possível para resolver o problema é dirigir-se sem rodeios à raiz que o causa.

Se o problema sexual se deve a algum problema psicológico, como a depressão, se bem que é causado pelo uso de determinados medicamentos (costumam atribuir os antidepressivos, pílulas para dormir e outros medicamentos para dormir), nestes casos, seria importante que o falar com o seu médico para conceber a possibilidade de alterar a medicação, pelo menos, a sua dose, com o fim de recuperar o seu desejo sexual. O mesmo pode ser aplicado à falta de desejo causada por alguma doença dano físico.

No entanto, em muitos casos, a falta de desejo sexual vem dada por estresse, a ansiedade, o mesmo tédio, a levar uma vida sedentária, sem muitas motivações (seja na cama e fora dela), e isso pode ser simplesmente tratado com uma mudança no estilo de vida e/ a ingestão de suplementos que ajudem a aumentar a libido.

Estes são o tipo de problemas em que nos concentraremos. Se você está procurando um aumento de seu desejo sexual, e o que é mais importante, você quer obtê-lo sem efeitos colaterais, sem importar o que está causando esse aumento da libido, a primeira coisa que você deve fazer é obter informação – é por isso que os conselhos que se estendem estes artigos servirão de grande ajuda para atingir o seu objectivo. Por isso, continue a ler e em breve você vai se sentir preparada para tomar o próximo passo, e o poder, em última instância, pôr fim ao seu problema.

A coisa mais importante que você deve saber é que aumentar a libido feminina não é uma tarefa fácil, não existem botões medicamentos milagrosos que possam resolver o problema da noite para o dia, mas é uma doença possível de tratar.

Fonte: https://www.sbsono.com.br/

O aumento do pênis é uma preocupação comum para os homens. Muitos estão desconfortáveis com o seu tamanho, mas devem considerar de maneira realista, qual é o tamanho normal. No entanto, há muitas opções para aumentar o pênis em todos os diferentes níveis que oferecem diferentes tipos de resultados. É importante encontrar um produto que seja adequado para você para determinar quais os resultados que pode obter e que, na verdade, obtenha.

Então como engrossar o pênis de forma segura e com saúde?

Os resultados finais variam de um usuário para outro. No entanto, quase todos os homens que usam esses dispositivos da maneira correta e durante o tempo recomendado, você têm relatado um aumento significativo no tamanho do pênis!

Os procedimentos e produtos para aumento do pênis não são difíceis de encontrar. As revistas para homens e a Internet estão cheios de anúncios como bombas, pastilhas, exercícios e até mesmo cirurgias que pretendem aumentar o comprimento e a grossura de seu pênis. No entanto, a maioria das técnicas que se anunciam são ineficazes, e algumas podem danificar o seu pau. Assim, pense duas vezes antes de testar alguns desses métodos para aumentar o pênis.

Imagem relacionada

Qual o Tamanho é um Pênis Normal?

O temor de que seu pênis seja muito pequeno, é muito pequeno para satisfazer o seu parceiro durante o ato sexual é algo muito comum. Mas diferentes estudos têm demonstrado que a maioria dos homens que pensam que seus pênis são muito pequenos têm pênis de tamanho normal. Além disso, estudos sugerem que muitos homens têm uma idéia exagerada do que é um tamanho de pênis “normal”.

Considere que as medidas média do pênis são de entre 8 e 13 centímetros ( cerca de 3 a 5 polegadas) quando não está ereto e entre 13 e 18 cm (5 a 7 cm quando está ereto. Um pênis é considerado anormalmente pequeno se mede menos de 8 centímetros ( cerca de 3 cm, quando ereto, uma condição chamada de micro pênis.

Como vêem as Mulheres, o Tamanho do Pênis?

Os meios de comunicação de massa e os anunciantes vão fazer você acreditar que seu parceiro se preocupa profundamente com o tamanho de seu pênis. O tema da atração é complexo, mas vários estudos sugerem que o tamanho do pênis é muito menos importante na lista de prioridades para as mulheres, muito abaixo de questões tais como a personalidade de um homem. Ao entender as necessidades e desejos de seu parceiro pode melhorar sua relação sexual em maior medida do que tentar mudar o tamanho de seu pênis.

Opções você Faz para Aumentar o Pênis

Existem técnicas para aumentar o pênis que, supostamente, podem aumentar a circunferência, comprimento da dureza do pênis humano. Os procedimentos vão desde ao uso de Xtrasize, exercícios manuais até dispositivos para esticá-lo, assim como procedimentos cirúrgicos, com relatórios de sucessos e fracassos em todo o mundo.

Embora alguns destes são conhecidos por ser totalmente ineficazes, outras técnicas podem ser relativamente bem-sucedidas. Entre as pílulas, cremes, aparelhos especiais e opções cirúrgicas é possível encontrar uma opção que ofereça os resultados que procura. Seja qual for a opção que escolher, é melhor manter a mente aberta e ter em conta que os resultados podem nem sempre ser como você quer, assim que é importante pesquisar bem antes de decidir por uma opção.

Estes dias, muitos homens já têm aproveitado os tratamentos de aumento natural do pênis. Se eu pudesse somar os centímetros que os homens ganharam devido a estes métodos, percorreria uma distância grande. Um dos princípios fundamentais para o aumento é melhorar a circulação e aumentar o volume de sangue do tecido erétil.

É um tecido erétil que se enche de sangue quando você se excita, resultando em uma ereção. A teoria é de que o tecido erétil pode ser estimulado para conter um maior volume de sangue, o que normalmente pode conter, pelo qual se consegue como resultado um maior tamanho, tanto por estar mole como quando está ereto.

Suplementos para Aumentar o Pênis

O tamanho do pênis está se tornando uma preocupação para muitos homens hoje em dia. É considerada uma forma de mostrar masculinidade. A maioria está optando por diferentes métodos para aumentar os seus caralhos. Um método de tais métodos são os suplementos para aumento do pênis…
Um dos produtos de maior crescimento é o mercado dos suplementos para o pênis , o que pode aumentar o pênis e melhorar o desempenho sexual. Desde os comprimidos receitados pelos médicos até os suplementos a base de ervas, há uma grande variedade de opções. Estas pílulas são projetadas para permitir que o pênis se possa conter mais sangue, e está mais firme durante mais tempo para uma melhor ereção.

Vários remédios herbal contêm uma mistura de ervas que são projetados para dar-lhe ereções mais completas e também aumentar a libido, tornando-o capaz de ter um melhor desempenho sexual. Os remédios herbal, como Macho Macho,  diz-se que são mais seguros porque têm menos efeitos colaterais, porque, em sua maioria são compostos apenas por ingredientes naturais.

Exercícios para Aumentar o Pênis

Um homem pode melhorar seu pênis através de exercícios que aumentam sua capacidade de retenção de sangue. Os exercícios fazem com que o tecido se expanda, o que significa que não há mais área que pode ser enchido com o sangue. Isso pode melhorar tanto o comprimento como a circunferência do pênis. O procedimento manual de espremer, também conhecido como jelging, é a forma mais comum de exercício para aumentar o pênis. Mas os exercícios de aumento do pênis são difíceis de fazer, regularmente, durante muito tempo. Você teria paciência para isso?

Extensores Aumentar o Pênis

Os extensores de pênis são uma opção recomendada por médicos e uma boa alternativa para os exercícios para aumentar o pênis e são considerados por muitos por ser mais seguro e muito menos primitivos que os exercícios, mas, no entanto, pode, às vezes, têm um grande valor, o que afasta os possíveis compradores.
Os extensores de pênis, causando crescimento usando os mesmos princípios que os exercícios, ampliando e estirar os ligamentos e aumentando permanentemente o tamanho de seu pênis.

Conclusão

Aumentar o pênis é uma daquelas coisas que a sociedade decidiu que é tabu e o que não se fala. O triste disso é que há tantos homens que vivem com uma pobre qualidade de vida apenas pelo pequeno tamanho de seus pênis.
Esta informação é fornecida exclusivamente a título informativo. Jamais deverá ser interpretada como o conselho médico tratamento de prescrição para nenhuma doença.

O que são doenças de pele contagiosas?

Sua pele é a armadura do seu corpo, protegendo-a de forças ambientais prejudiciais.

Mas, às vezes, vírus, bactérias ou fungos penetram na pele e causam infecções. Essas infecções são chamadas de doenças de pele contagiosas.

Aqui está uma lista de doenças de pele contagiosas comuns e suas causas. O site minha dieta funciona é especialista nesses assuntos, acesse-o também.

Impetigo

Esta infecção é transmitida pelo contato com as feridas de uma pessoa infectada e afeta mais freqüentemente bebês e crianças.

eczema

Molusco contagioso

Este vírus se espalha para outras partes do corpo, coçando ou de pessoa para pessoa. Nos adultos, o molusco contagioso é frequentemente adquirido através do contato sexual.

Infecções fúngicas

As pessoas têm infecções fúngicas por respirar ou escovar contra esporos de fungos no ambiente.

Na maioria das vezes, eles afetam pessoas com sistema imunológico enfraquecido.

Pé de atleta

O fungo que causa o pé de atleta é freqüentemente encontrado em superfícies úmidas, como em torno de uma piscina ou em chuveiros públicos. Também conhecido como Impinge.

Para ter acesso aos melhores tratamentos de impinge, acesse Impinge tratamento Caseiro.

Sarna

Esta infecção é causada por ácaros microscópicos que penetram na pele para viver e se alimentar.

A infecção se espalha pelo contato pele a pele ou por itens infestados, como móveis e roupas de cama.

Micose

Você pode contrair esta infecção por fungos através do contato pele a pele com uma pessoa ou animal infectado.

Telhas

as telhas se desenvolvem a partir do mesmo vírus que causa a catapora.

Sintomas

As doenças de pele contagiosas apresentam uma ampla gama de sintomas. Alguns têm semelhanças como erupções cutâneas, mas a maioria é muito diferente.

Impetigo

Feridas vermelhas ao redor do nariz, boca, mãos e pés. Crostas cor de mel se desenvolvem após a ruptura das feridas.

O impetigo pode causar coceira e dor leves.

Molusco contagioso

Solavancos pequenos e firmes, cor-de-rosa ou cor de pele com um centro ondulado.

Eles ficam vermelhos quando o sistema imunológico combate a infecção. Alguns inchaços podem coçar, mas são indolores.

Molusco contagioso geralmente aparece no rosto, pescoço, mãos, braços e axilas.

Infecções fúngicas

Erupção cutânea em áreas úmidas do corpo, onde a pele esfrega contra a pele, como entre os dedos dos pés, sob os seios e na área genital.

Pé de atleta - erupção cutânea rachada ou com bolhas que causa picadas, coceira e queimação e, possivelmente, um odor desagradável.

Geralmente começa entre os dedos dos pés, mas também pode aparecer nas solas e nas laterais dos pés, e pode se espalhar para as unhas dos pés, virilha e axilas.

Sarna

Comichão que mantém você acordado à noite, erupções cutâneas pequenas que parecem colmeias, feridas por arranhões que podem ser infectados e áreas com crostas em casos graves.

Os ácaros podem cavar em qualquer parte do corpo, mas preferem entre os pulsos, cotovelos, dedos, unhas, nádegas, linha do cinto, pênis e mamilos.

Micose

Uma infecção fúngica que começa como uma área escamosa vermelha. A área se espalha para fora e forma um anel circular com uma borda levemente ondulada.

A parte interna do círculo pode parecer clara, escamosa ou irregular e vermelha. Às vezes, vários anéis aparecem e se sobrepõem.

Telhas

dor, queimação, dormência ou formigamento, erupção cutânea vermelha, bolhas que rompem e crustam e coceira.

Na maioria das vezes, aparece como uma única tira de bolhas que envolve o tronco, mas também pode se desenvolver ao redor dos olhos, pescoço ou rosto.

As telhas também podem causar febre, dor de cabeça, fadiga e sensibilidade à luz.

Opções de tratamento

Algumas doenças de pele contagiosas são claras por si próprias. Por exemplo, o molusco contagioso em crianças tende a se resolver dentro de 12 a 18 meses.

Mas a maioria exige tratamento sem receita ou prescrição médica.

Tópicos

Pomadas antibióticas para impetigo; pós ou sprays antifúngicos para o pé de atleta; Cremes ou unguentos antifúngicos para o pé e a micose de atletas;

Cremes ou loções para prescrição de sarna; ácidos e soluções de bolhas para destruir solavancos de molusco contagioso; cremes esteróides para aliviar a coceira e a vermelhidão.

Medicamentos orais

Antibióticos para impetigo; medicamentos antifúngicos para pé de atleta e micose; medicamentos antivirais para telhas.

Cirurgia

Criocirurgia, curetagem e cirurgia a laser para remover inchaços do molusco contagioso.

Você sabia que nem todos os nossos problemas físicos, emocionais ou de saúde podem ser resolvidos pela medicina? Em muitos casos a explicação para o problema não está apenas nesse plano e, assim, uma Limpeza Espiritual pode ajudar a melhorar esses aspectos. ...continuar lendo "Limpeza Espiritual pode ajudar a melhorar a sua saúde"