Pular para o conteúdo

As pulgas são parasitas que podem trazer muitos transtornos na vida de animais de estimação. Esses artrópodes buscam se esconder em regiões de gatos e cachorros que sejam de difícil acesso aos olhos humanos, como forma de se alimentar do sangue dos pets.

As pulgas, muito comuns na primavera e em períodos mais quentes do ano, trazem irritação, coceira e até erupções na pele dos cachorros e dos gatos. Mesmo após o tratamento para a remoção dos parasitas, é preciso se atentar a detalhes para se certificar de que o remédio antipulgas deu mesmo certo.

Observando o comportamento do pet

Em primeiro lugar, é preciso avaliar se o seu animal de estimação está, de fato, sofrendo com pulgas. Alguns comportamentos do bichinho podem simbolizar o seu incômodo com a situação. Portanto, observe os sintomas:

  • Lambidas, mordidas e arranhões;
  • Queda de pelo;
  • Gengivas pálidas;
  • “Sujeira” de pulga no pelo.

As pulgas são pequenas e é difícil encontrá-las. Vez ou outra, é possível identificá-las andando pela pele do pet. A picada do inseto em qualquer região do animal, muitas vezes, é um dos únicos sinais mais claros de que o seu amigo de quatro patas está sendo incomodado pelo parasita.

Tais feridas provocadas pelos insetos podem provocar até mesmo áreas de infecção pela pele do pet. Os animais de estimação podem ainda se tornar alérgicos às pulgas, o que faz com que uma simples mordida do artrópode provoque intensa coceira e feridas vermelhas e inflamadas.

Em casas muito infestadas pela praga, é possível encontrar mordidas até mesmo nas pessoas, na região dos tornozelos, por exemplo.

O tratamento e o pós-tratamento

Existem muitos produtos para matar as pulgas e impedir sua reprodução. Os produtos são seguros, eficazes e duram até cerca de um mês com apenas uma aplicação.

A maioria dos tratamentos preventivos mensais é composta por produtos aplicáveis à pele, entre as omoplatas dos gatos e dos cachorros. Também são comuns, contudo, produtos em formato de coleira ou de comprimido.

Se estiver em dúvida, não hesite em consultar um médico veterinário para que ele indique a melhor forma de tratamento para o seu animal.

Uma vez que seja feito o tratamento corretamente, ele certamente surtirá o efeito desejado e eliminará as infestações provocadas pelas pulgas. Inseticidas internos e externos também podem ser utilizados para liquidar os insetos que estiverem espalhados pela casa. Esta é outra forma de acelerar esse processo.

Você também pode fazer uma lavagem na cama dos pets e a aspiração de tapetes e estofados. Uma vez concluído o tratamento, é possível verificar se o seu pet ainda está com os sinais da infestação.

Observe se o seu amigo de quatro patas ainda está se coçando insistentemente, se possui manchas calvas ou dolorosas em regiões que faltem pelos, se a pele está irritada ou se existem manchas escuras no pelo, além de pequenos insetos escuros correndo pelo corpo.

Outra forma de fiscalizar se o tratamento foi bem-sucedido é passar um pente pelo corpo do animal, procurando ali os sinais dos parasitas. Se persistirem os sintomas, procure um veterinário.

 

Você já ouviu falar em persona? Esta palavra é um conceito muito importante do marketing digital e ajuda qualquer empresa a filtrar melhor os clientes que pretende atingir por meio das estratégias de comunicação e vendas. 

Toda empresa, ainda que seja uma clínica ou consultório, precisa se atentar à criação bem definida de uma persona como forma de aprofundar significativamente o conhecimento de um público-alvo antes de se pensar nas estratégias de marketing. Neste artigo, você vai entender melhor sobre o conceito e sobre sua importância.

Afinal, o que é uma persona?

A persona nada mais é do que um personagem ficcional criado pela própria empresa. Esse personagem tem características, sonhos, necessidades e comportamentos que se assemelham à média do público que frequenta o seu consultório e consome o seu serviço.

Essas representações são tão fiéis que possuem nomes, idades, profissões, classes sociais e estados civis. A partir de uma análise do perfil que frequenta o seu consultório, é possível criar uma persona que te ajudará a compreender melhor com que tipo de pessoa você está dialogando e quem você quer atrair para a sua empresa.

Esse personagem é capaz de guiar toda a produção de conteúdo digital que o Inbound Marketing da sua clínica ou consultório criar para prospectar novos leads. Com o comportamento dessa persona, você consegue saber quando e como você pode abordar determinado tipo de assunto.

A partir daí, é possível criar conteúdos diversos, tais como:

  • Postagens para redes sociais;
  • E-mail marketing;
  • Blogposts;
  • E-books;
  • Campanhas patrocinadas.

Exemplo prático

Para que você compreenda melhor o que é uma persona, vamos trabalhar um exercício prático de um desses personagens para uma clínica de cirurgia plástica de alto padrão.

Neste caso, a persona é Helena Guimarães, uma mulher de 52 anos, casada, arquiteta, com dois filhos e um neto. Tendo trabalhado desde a juventude no próprio escritório de arquitetura e design de interiores, Helena sempre enfrentou as dificuldades de ser autônoma, tendo que gerir a empresa, a casa e a família.

Tanta dedicação ao trabalho levou Helena a passar por um envelhecimento precoce. Quando mais jovem, ela já fez uma cirurgia plástica: uma mamoplastia para realçar o volume dos seus seios.

Como a arquitetura lida com a imagem e a aparência, Helena precisa agora realizar novas intervenções estético-cirúrgicas com a finalidade de corrigir imperfeições e aparentar uma idade mais jovem, já que credencia essa questão física ao sucesso do seu relacionamento com os próprios clientes e com o próprio espelho.

Como conseguir informações para criar a persona?

Personas podem ser criadas através de dados e informações concretas sobre o comportamento e características dos seus pacientes. É possível encontrar esses dados através de pesquisas feitas no cadastro dos pacientes ou mesmo na investigação de dados demográficos criados com base nas páginas pessoais dos clientes em suas redes sociais.

Também é importante criar uma persona que representa o seu paciente ideal: aquele que você mais pretende atingir para dentro da sua clínica, ainda que esse perfil, atualmente, não apareça em número tão expressivo. Apenas tome cuidado para não criar uma quantidade expressiva de personas: de três a quatro é o número ideal para o sucesso do seu marketing.

 

Há quem acredite que elas são um charme e quem tem desconfiança quando aparece uma. Em qualquer caso, a verdade é que muitas pessoas não prestam tanta atenção quanto deveriam nas pintas que surgem no seu corpo. Mas afinal, qual é a origem das pintas?

As pintas são agrupamentos de melanócitos, que são as células responsáveis pela produção de melanina, a responsável pela coloração da pele. Por isso, em geral, elas apresentam coloração preta ou marrom.

Esses melanócitos se localizam mais especificamente na camada basal, sob a epiderme e, quando há aglomerados em uma região específica, surge uma nova pinta na pele. Elas são conhecidas cientificamente como nevos, e surgem geralmente durante a infância. Contudo, no decorrer da vida mais pintas podem aparecer. 

É normal nascer muitas pintas?

No que diz respeito ao aparecimento de pintas, é importante que as pessoas conheçam sua própria pele e as pintas existentes no organismo, fazendo auto exames regularmente. Em geral, a base de referência do número de pintas em adultos varia entre 10 e 40 pintas. É possível que algumas pessoas tenham mais do que isso, mas o aparecimento de novas pintas pode, de fato, ser um sinal de alerta para riscos de saúde. 

É necessária atenção principalmente nos casos em que as pintas mudaram de cor, tamanho ou tiveram outra mudança perceptível em um pequeno espaço de tempo. Para ajudar na sua observação das pintas, existe a regra do ABCDE, que define parâmetros sobre quais aspectos você deve prestar atenção; São eles:

  • A – Assimetria: em geral, as pintas são simétricas. Se você dividi-las ao meio, os dois lados devem apresentar formas semelhantes;
  • B – Borda: a borda de uma pinta deve ser regular e bem delimitada. Caso as bordas estejam irregulares, com reentrâncias ou saliências, fique atento;
  • C – Cor: pintas com mais de uma tonalidade precisam ser investigadas; 
  • D – Dimensão: pintas benignas apresentam diâmetro de mais de 6 mm podem indicar um risco de se tornarem um tumor maligno;
  • E – Evolução: quando uma pinta passa por mudanças de forma repentina, é importante consultar um profissional capacitado, para que ele possa examiná-la.

O que fazer para evitar pintas?

As pintas têm origem principalmente genética, mas alguns fatores externos podem ser responsáveis por algumas alterações celulares. Quando se multiplicam em um padrão fora do que é considerado normal, por exemplo, os melanócitos podem se tornar um melanoma, desenvolvendo um câncer de pele.

Entre os principais fatores que podem promover essas mudanças na organização e reprodução celular está a exposição ao sol. Assim, você pode se prevenir evitando a exposição prolongada e direta à luz solar, evitando o horário das 10h às 16h e se protegendo com óculos, chapéus e protetores solares com filtro de proteção adequado.

Em alguns casos, quando se detecta algum risco à saúde, pode ser necessário também que se realize a remoção de pintas.

Qual a função da remoção de pintas?

A remoção de pintas geralmente acontece em dois casos: o primeiro, quando a pessoa possui um incômodo estético em relação à pinta, mesmo que ela não ofereça riscos.

Já a segunda possibilidade de indicação para remoção de pintas acontece quando há chances de que a evolução da pinta aponte para o desenvolvimento de um tumor maligno.

Nesse caso, ao perceber alguma mudança preocupante como as citadas, consulte um dermatologista. O especialista poderá fazer um diagnóstico preciso do seu caso.

 

 

A infertilidade é um tema que preocupa bastante muitos casais, principalmente aqueles que estão tentando ter um filho e construir uma família. Estima-se que aproximadamente 15% dos casais têm que lidar com esse problema em algum momento de sua vida. 

Mas quando é indicado procurar um especialista em reprodução humana para entender e avaliar os aspectos que dizem respeito à infertilidade? De acordo com especialistas da área, é recomendado procurar ajuda nos seguintes casos: 

  • Quando o casal está tentando engravidar por mais de 1 ano sem obter sucesso;
  • Quando a mulher possui mais de 35 anos;
  • Quando há suspeita de alterações significativas para a fertilidade — como ciclo menstrual irregular, síndrome dos ovários policísticos, endometriose, infecção pélvica, histórico de gestação ectópica, laqueadura tubária ou vasectomia. 

Para conseguir identificar a causa do problema, o médico irá realizar uma avaliação de infertilidade detalhada para obter um diagnóstico preciso e permitir que o casal comece o tratamento mais adequado para seu caso. 

O que é a avaliação de fertilidade e como é feita?

Realizar uma avaliação de infertilidade é imprescindível para investigar as causas do problema e analisar os fatores que podem estar relacionados a ele. Dessa forma, é possível indicar os tratamentos específicos para o caso, quando possível. Nesta avaliação são investigados:

  • O tempo que o casal está tentando engravidar;
  • Se o casal já possui algum filho;
  • Tratamentos e cirurgias realizados anteriormente;
  • Frequência do contato íntimo;
  • Histórico de infecções urinárias e nos órgãos genitais. 

Além de todo esse questionário feito pelo médico, o homem irá precisar passar todas as informações sobre presença de hérnias inguinais, trauma ou torção do testículo e as doenças que teve durante a sua infância, uma vez que em casos de caxumba podem influenciar no problema. 

A avaliação de infertilidade ainda inclui um exame físico, em que os órgãos sexuais femininos e masculinos são analisados com o intuito de identificar alteração estrutural ou sinais de infecção sexualmente transmissível — o que pode interferir na fertilidade de ambos. 

Exames solicitados para identificar o problema

Após esta avaliação inicial, são solicitados alguns exames para uma investigação mais profunda do que está causando essa dificuldade para engravidar. Dentre eles estão:

  • Exame de sangue: indicado para verificar se existe alguma alteração hormonal circulando no sangue, uma vez que isso pode interferir na fertilidade de homens e mulheres. Além disso, é realizada uma avaliação das concentrações da prolactina e dos hormônios tireoidianos, que também podem influenciar na capacidade reprodutiva do casal;
  • Espermograma: um dos principais exames para identificar e investigar a capacidade reprodutiva do homem, já que ele tem como principal objetivo fazer uma contagem da quantidade e qualidade dos espermatozoides produzidos. O indicado quando o exame for solicitado é que o homem não tenha relações sexuais por até 5 dias antes do exame e não provoque ejaculações neste período, de modo a garantir que haja nenhum tipo de interferência do resultado;
  • Biópsia de testículo: quando existe uma alteração no resultado do espermograma, o médico indica a realização de uma biópsia de testículo para verificar a presença de espermatozoides na região. Caso eles estejam presentes, mas não consigam sair juntamente com o sêmen, o homem precisará recorrer a tratamentos específicos para ter filhos;
  • Ultrassonografia: indicado tanto para homens quanto para mulheres, esse exame é feito nos órgãos sexuais. Nos homens ele é realizado para identificar se existe a presença de cistos ou tumores na região, bem como varicocele — que corresponde à dilatação das veias dos testículos. Nas mulheres, é avaliada a presença de cistos nos ovários, endometriose, inflamação no útero ou alterações como tumores ou útero septado;
  • Histerossalpingografia: exame indicado para mulheres com o objetivo de avaliar alterações ginecológicas, como trompas obstruídas, presença de tumores ou pólipos, endometriose, inflamação e malformação do útero. 

Quais são os tratamentos indicados em caso de infertilidade?

Existem diversos tratamentos possíveis para que os casais consigam realizar o sonho de formar uma família. Contudo, o método utilizado pelo especialista irá depender de caso para caso e do diagnóstico feito pelo médico. 

Um dos tratamentos indicados é a prescrição de vitaminas antioxidantes, antibióticos e medicamentos para induzir a ovulação. No caso dos homens, uma alternativa possível de tratamento é a retirada dos espermatozóides dos testículos e as cirurgias, quando a causa da infertilidade está relacionada com a varicocele. 

Outro tratamento bastante utilizado é a reprodução assistida, ele é indicado em casos de baixa quantidade ou qualidade dos espermatozoides, trompas obstruidas, baixa reserva de óvulos ou problemas de saúde como a varicocele. Alguns dos procedimentos que podem ser indicados são:

  • Fertilização in vitro;
  • Inseminação artificial;
  • Técnicas de injeção intracitoplasmática de espermatozóide (ICSI). 

Vale destacar que o tratamento vai depender diretamente da avaliação de infertilidade e do problema identificado. Já a escolha pela técnica de reprodução humana adequada deve ser feita pelo casal juntamente com a ajuda de um médico especializado, que irá mostrar e avaliar as chances de sucesso para cada tipo de tratamento. 

 

 

Como resultado de doenças físicas ou mentais, muitos homens sofrem de disfunção erétil. A impotência tem um efeito negativo na parceria e no seu próprio bem-estar. Os sintomas geralmente podem ser combatidos com uma dieta saudável e balanceada. Alguns alimentos são particularmente potentes.

A potência nos homens

A potência ou função erétil descreve o processo físico nos homens para conseguir um endurecimento do membro por meio da excitação sexual. A ereção é alcançada aumentando o fluxo sanguíneo no tecido erétil, que é estimulada pelo parceiro, de diversas maneiras, desde carícias até usando produtos sexshop online. A impotência vem em duas formas:

  • Incapacidade de ter relações sexuais
  • Incapacidade de gerar.

O coeficiente de impotentia descreve a incapacidade de realizar relações sexuais. Quando se fala de impotência, geralmente se quer dizer desta forma. O gene randi da Impotentia ocorre quando a qualidade do esperma é especialmente baixa falha.

O que é disfunção erétil?

Os distúrbios de potência podem ter várias causas. Uma impotência temporária já pode ocorrer como resultado de uma infecção de gripe. Assim que a gripe passa, a energia sexual também retorna. 

No entanto, doenças crônicas como a arteriosclerose ou diabetes também podem ser a causa. Então, mudar a dieta só ajudará em certa medida. O médico deve tomar as medidas cabíveis e, se necessário, também prescrever um medicamento contra a disfunção erétil. 

O foco está sempre em eliminar as causas. A disfunção erétil também pode ser causada pelo fumo e consumo excessivo de álcool. A disfunção erétil, que também pode ocorrer com o uso de drogas ou após a ingestão de medicamentos, é conhecida acima de tudo. 

Os idosos são particularmente propensos a sofrer de disfunção erétil. A causa, neste caso, é a velhice, que tem vários efeitos no corpo. Existe apenas um número limitado de contramedidas. 

Os antídotos apropriados são os esportes e um estilo de vida saudável. Os alimentos mencionados completam a dieta e ajudam a ter uma ereção mesmo na velhice. A causa típica também é a falta de testosterona. 

Da mesma forma, um mau funcionamento da glândula tireóide pode ser responsável pela eréctil disfunção. A chamada impotência diabética afeta cada segundo homem que sofre de diabetes. As pessoas afetadas não conseguem mais ter uma ereção.

As causas são distúrbios no nível de açúcar no sangue e, frequentemente, outras causas associadas, como dieta pouco saudável ou obesidade. Os diabéticos que sofrem de disfunção erétil devem entrar em contato com o médico de família . Várias medidas neutralizam as reclamações.

Como funcionam os alimentos que aumentam a potência?

1. Melhor circulação sanguínea

Uma melhor circulação sanguínea promove a potência. É um pré - requisito para uma ereção e bem-estar físico. Alimentos como gengibre , banana ou ovos contribuem para vários processos corporais que promovem a circulação sanguínea.

2. Um equilíbrio hormonal equilibrado

A potência de um homem está ligada aos níveis de testosterona. Outros processos hormonais também desempenham um papel na obtenção de uma ereção. Alimentos como zinco ou potássio ajudam a manter o equilíbrio hormonal. 

Além de fontes naturais, pessoas que sofrem de disfunção erétil também podem usar suplementos dietéticos . Uma dieta balanceada é a base para uma alta potência. 

Os alimentos frescos e naturais do menu evitam a impotência. Alimentos integrais são, por exemplo, tomates, peras, maçãs, frutas cítricas, nozes e batatas. Ao mesmo tempo, líquidos suficientes devem ser ingeridos para apoiar a digestão e a circulação sanguínea. 

Alguns alimentos são considerados particularmente potentes. No entanto, também existem alimentos que inibem a potência. Estes últimos incluem gordura e açúcar, mas também cafeína e álcool. 

Pelo menos em grandes quantidades, eles têm um efeito negativo nos processos do próprio corpo. Gordura e açúcar contrai as artérias, enquanto a cafeína e o álcool podem causar pressão alta e má circulação . 

Para evitar efeitos colaterais desse tipo, o cardápio deve ser devidamente planejado e implementado. Com uma dieta pouco saudável, não rica em frutas e vegetais frescos e carboidratos suficientes, existe o risco de outras doenças e queixas, além da impotência.

Ostras e outros frutos do mar

Frutos do mar contêm zinco, proteína e outras substâncias que têm um efeito positivo na potência. A proporção de substâncias saudáveis ​​é particularmente alta nas ostras. 

O zinco também é responsável pela formação dos hormônios tireoidianos e sexuais. Eles promovem a produção de testosterona e, portanto, o hormônio sexual mais importante nos homens. 

Frutos do mar adequados incluem ostras , caranguejo , lagosta , mexilhão e salmão. Uma dieta mediterrânea também é recomendada por um estudo publicado no Central European Journal of Urology .

Aspargos, gengibre e cia.

O aspargo é um afrodisíaco bem conhecido. Seu alto teor de zinco promove a formação de testosterona. No aipo, inclui-se uma grande quantidade de androstenona - um atrativo sexual que tem um efeito positivo no bem-estar geral. 

No entanto, brócolis e couve - flor são mais eficazes. Os vegetais verdes aumentam a proporção de testosterona biologicamente ativa no corpo. Alternativamente, vegetais com folhas verdes, como repolho ou espinafre fresco, são ideais. 

Isso também inclui aquele Óleo de mostarda, que inibe a conversão da testosterona o hormônio feminino estradiol. A abóbora tem um efeito semelhante e aumenta o fluxo sanguíneo para o pênis. 

Como um estudo americano descobriu que a porção de abóbora já estava aumentando o fluxo sanguíneo no pênis em até 40 por cento. Diz-se que a abóbora é particularmente eficaz em combinação com a lavanda, considerada um afrodisíaco natural devido às suas fragrâncias estimulantes. 

A raiz vegetal do gengibre é considerada um afrodisíaco de alta qualidade na Ásia. O tubérculo promove a circulação sanguínea e, portanto, a capacidade de ereção. O alho, a raiz de ginseng e o manjericão, que também contêm óleos essenciais estimulantes, têm um efeito semelhante . 

Nozes como pistache e noz - moscada têm um efeito de aumento da luxúria, apoiando a circulação sanguínea. Isso é possibilitado pela arginina, proteína que mantém saudáveis ​​os vasos que levam aos órgãos sexuais masculinos. Nozes são melhor absorvidas ao longo do dia para que o conteúdo de arginina no sangue permaneça consistentemente alto.

A sensibilidade nos dentes é um problema que atinge milhares de pessoas ao redor do mundo e pode ser originada por diversos fatores, como a má higienização, a somatização, cáries ou até mesmo como efeito colateral de tratamentos estéticos odontológicos.

E isso acontece porque o dente é composto por três camadas principais: o esmalte dentário, a dentina e a polpa. Sendo que as camadas mais internas – dentina e polpa – possuem tecidos nervosos que são conectados com a raiz das estruturas dentárias.

Assim, quando o esmalte sofre algum tipo de erosão que deixe as camadas mais sensíveis do dente expostas, ou quando existe algum tipo de doença que provoca a retração gengival, o contato direto com a alimentação pode causar dores e desconfortos importantes.

No entanto, problemas com o estresse diário ou as cáries também são capazes de provocar a sensibilidade dental, por meio do desenvolvimento de condições como o bruxismo – ato inconsciente de ranger os dentes – ou através da formação de cavidades cariogênicas.

Sintomas e prevenção

As dores de dente causadas pela exposição da dentina costumam ser intensas, curtas e acionáveis sempre que o paciente tiver contato com alguns tipos específicos de alimentos ou com o ar frio – por meio da respiração oral.

Deste modo, os pacientes precisam ficar atentos às comidas e hábitos diários como:

  • Ingestão de frutas e sucos cítricos;
  • Consumo de refrigerantes e vinhos;
  •  Alimentação rica em doces;
  •  Refeições com temperaturas extremas;
  • Bebidas muito geladas ou muito quentes;
  • Aplicação de muita força durante a escovação.

A melhor forma de prevenir os desconfortos é mantendo visitas regulares com o dentista – por meio de um plano dentario para mei, por exemplo – para o acompanhamento constante das estruturas e para a garantia quanto à integridade do esmalte dental e das gengivas.

Essas consultas, que devem ser realizadas uma vez a cada seis meses, servem para a efetuação da limpeza profissional e a remoção da placa bacteriana e do tártaro acumulado, que pode danificar os dentes e as gengivas.

Além disso, o dentista responsável pode tratar precocemente a ação das cáries e de outros problemas que estejam causando o desgaste do esmalte dentário e a quebra das estruturas dentais, impedindo o desenvolvimento de complicações mais sérias.

Formas de tratamento

O tratamento da sensibilidade dental irá depender do que está causando o desconforto no paciente. Assim, o procedimento pode incluir mudanças simples na rotina de higienização individual ou até a reforma de restaurações antigas e procedimentos mais complexos.

Por isso, é importante que esses pacientes saibam como funciona o plano odontologico da empresa – ou qualquer outro tipo de assistência médica dental –, para que esses serviços permitam a conclusão de todas as intervenções.

Entre as principais formas de tratamento, temos:

  • Troque o creme dental escolhido

A preocupação com a aparência dos dentes e a beleza do sorriso tem feito com que muitos pacientes optem pela utilização de cremes dentais que promovam o clareamento dos dentes e combatam as manchas e o envelhecimento natural das estruturas.

No entanto, essas pastas de dente podem ser muito abrasivas e danosas quando utilizadas por longos períodos. 

Por isso, é fundamental alternar o uso dos materiais branqueadores com os cremes dentais com alta concentração de flúor, que combatam o problema da sensibilidade.

  • Aprimore as técnicas de higienização

Além de escovar os dentes com a frequência apropriada é muito importante que os pacientes apliquem as técnicas corretas durante as rotinas de limpeza bucal. 

Isso porque, uma escovação rápida e com força excessiva pode causar mais danos do que benefícios à saúde oral.

O atrito entre as cerdas da escova e os dentes – por tempo suficiente – já é capaz de remover as placas bacterianas e os restos de comida. 

Assim, a força necessária não deve ultrapassar o nível moderado e o paciente não deve escovar cada dente por menos de cinco segundos.

  • Laser terapêutico

O uso do laser terapêutico costuma ser necessário nos casos mais severos de sensibilidade, esse tratamento pode ser acessado por meio de um seguro de saúde – para isso pode ser importante entender o plano odontologico empresarial como funciona –.

Esse laser de baixa intensidade reduz a inflamação do tecido dental, estimula a produção de substâncias como a serotonina, altera a rede de transmissão dos nervos da polpa dentária, produz uma dentina secundária e isola os canalículos dentinários.

Assim, o dentista consegue promover um alívio das dores e de desconfortos mais intensos.

Aplique flúor

O plano odonto empresarial também pode servir para custear a aplicação periódica do gel de flúor, ou viabilizando o uso do verniz de flúor para isolar as partes em que o esmalte dentário está expondo a dentina.

No entanto, existem diversos tipos de procedimentos que podem reduzir ou curar por completo o desconforto dental. 

Para isso, é muito importante compreender como funciona plano odontologico empresarial e investir em serviços que permitam a visita constante com um dentista qualificado. 

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Uma massagem após uma fase estressante tem um efeito relaxante. No entanto, isso não se deve apenas à execução física, mas também ao seu olfato. Certos óleos essenciais podem ter efeitos positivos nos músculos, mas também no bem-estar e na saúde.

Mais relaxamento, alívio de doenças e um humor melhor - todos esses efeitos foram alcançados com o uso de óleos essenciais. Certos cheiros têm um impacto em sua psique - e em seu corpo. Como funciona? Uma visão geral:

O que é aromaterapia?

Como parte da fitoterapia (fitoterapia), os óleos essenciais devem contribuir para o tratamento de doenças e distúrbios. Nesse sentido, você provavelmente já está familiarizado com banhos frios, lâmpadas de fragrância e óleos de massagem.

Óleos essenciais - efeito?

As fragrâncias podem agir em você de maneiras diferentes. Por exemplo, sobre seu olfato.

1. Sentido de olfato

A percepção sensorial tem vários efeitos colaterais: sentimentos, memórias e influências reflexivas. Uma das razões pelas quais é usado em massagens de aromaterapia.

2. Inalação

Os óleos essenciais também podem ter um efeito direto sobre você e seus órgãos quando são usados ​​para inalação ou ingestão, através de um difusor de aromas. Diz-se que o óleo de laranja e limão tem um efeito estimulante e o óleo de lavanda tem um efeito calmante.

 3. Pele 

Aplicados diretamente na pele, alguns óleos essenciais promovem a cicatrização de feridas. Por exemplo, na pele manchada ou seca e também na acne, os óleos essenciais podem obter excelentes resultados devido ao seu efeito antioxidante. Eles também são particularmente úteis na luta contra as rugas. 

4. Antibiose biológica

“Antibiose biológica” significa óleos aromáticos puros e ervas, bem como especiarias com propriedades antibióticas, que são adequadas para o tratamento de infecções leves. Você pode tomá-los por via oral, inalar ou desfrutar do ar enriquecido.

De que são feitos os óleos essenciais?

As substâncias naturais são altamente concentradas e evaporam facilmente. Minúsculas gotículas de óleo são extraídas do tecido de certas plantas por destilação a vapor. Podem ser flores, agulhas, sementes e folhas.

Possíveis usos para sintomas

  • Resfriados;
  • Dor muscular;
  • Dor de cabeça;
  • Dores no corpo;
  • Insônia e apatia;
  • Náusea e indigestão;
  • Estresse, medo, inquietação;
  • Sintomas menstruais e da menopausa.

Onde e como você pode usar óleos essenciais?

Na pele

Você pode usar óleos essenciais não apenas como óleo de massagem, mas também nos cuidados faciais e corporais. É importante que você use apenas diluído na pele. Os efeitos colaterais podem se manifestar em irritação da pele ou reações alérgicas. 

Por esse motivo, os óleos essenciais devem ser totalmente evitados para crianças pequenas. Para o cuidado facial, você pode misturar óleos diferentes, dependendo do tipo de pele, uma base diferente e um óleo especial diferente são usados. Óleo de amêndoa e jojoba são particularmente adequados para a base . 

Óleo para corpo ou rosto

Se você faz um óleo para o corpo, a proporção da mistura é diferente do que para o rosto. Por exemplo, para cada 50 mililitros de óleo básico para o rosto, há apenas cerca de uma a duas gotas de óleo essencial, com um óleo de massagem pode  chegar a dez gotas.

Efeitos e áreas de aplicação de óleos essenciais

Levantamento de humor

Todos os tipos de  óleo cítrico são usados ​​aqui, seja  laranja, toranja, limão, bergamota, limão ou tangerina. Essas notas aromáticas elevam o humor, promovem a concentração e trabalham contra o estresse e a apatia. O óleo de Ylang-Ylang  ainda aumenta a produção do hormônio da felicidade serotonina - um impulso para o desempenho.

Fortalecendo o sistema imunológico

Se quiser ficar em forma ou aliviar um resfriado durante a temporada de gripe, você pode inalar o óleo da árvore do chá, pois ajuda a fortalecer o sistema imunológico. A inalação do óleo de salva proporciona alívio dos sintomas típicos do resfriado e a  essência de eucalipto  é um bálsamo para as vias respiratórias irritadas, que alivia tosses irritantes e coriza. O eucalipto também tem efeito antibacteriano e estimula a circulação.

Alívio da dor

O óleo de camomila anti inflamatório é usado para problemas de estômago, dores menstruais, dores musculares e - porque promove a cicatrização de feridas - também para dores de dente. O óleo de hortelã-pimenta versátil é refrescante, ajuda com dores de cabeça, tonturas e dores de estômago. 

Em uma mistura, também pode ser bom para dores musculares, entorses e contusões. Como o óleo de lavanda e o óleo de  sálvia têm um efeito antiespasmódico e promovem a circulação sanguínea, eles podem ser usados ​​para cólicas menstruais.

Paz, equilíbrio e bom sono

O óleo de lavanda  proporciona paz interior, acalma e tem um efeito de equilíbrio. É por isso que é usado principalmente para inquietação e dificuldade em adormecer. O óleo de rosa tem um efeito harmonizador, ajuda nos problemas do sono e é conhecido por ter um efeito positivo no humor depressivo.

O óleo de camomila tem um efeito relaxante e calmante e é usado para distúrbios do sono e ansiedade. O óleo de sândalo e cedro deve ajudar com a tensão, o estresse e a sobrecarga.

Regeneração da pele e anti inflamatório

Por causa de suas propriedades anti inflamatórias, o óleo da árvore do chá é ótimo para combater manchas. Os benefícios anti-sépticos e anti bacterianos também são usados ​​para picadas de insetos, queimaduras de sol e pele irritada. 

A propósito, o óleo de lavanda também ajuda contra queimaduras solares e coceira. O óleo de rosa é particularmente popular no cuidado facial. O perfume delicado e as propriedades regeneradoras são responsáveis ​​pelo fato de poder ser encontrado não só em cosméticos naturais, mas também em drogarias e cosméticos de luxo. Essa popularidade por si só sugere algum efeito.

Cafeína ilimitada, uma comunidade agitada, terraços ao ar livre com wi-fi inabalável e a opção de ganhar dinheiro com um cachorro no colo. Parece um bom ambiente de trabalho?

De acordo com o relatório de coworking global do GCUG, mais de três milhões de profissionais teriam dito sim no ano passado- e o número de colegas de trabalho no mundo quase dobrará no ano que vem. Seja para evitar se tornar a carne de um sanduíche humano durante o trajeto, fingindo estar engajado durante reuniões desnecessárias ou simplesmente vinculando a produção a uma hora do dia, o aumento dos escritórios de coworking e da demanda por flexibilidade profissional não é uma tendência nova - é a nova norma.

Com mais de 30.000 espaços de trabalho flexíveis e alternativos em todo o mundo , não faltam locais de coworking para abrir uma loja. Mas o que o torna o melhor escritório de coworking e o que faz com que os empreendedores criativos voltem para um local de escritório para mais? Compartilhamos nossos três principais abaixo.

 

Uma comunidade forte

Os humanos são criaturas sociais e quando se trata de bons negócios (iniciantes e em geral) a colaboração é fundamental. De acordo com o Beework, 40% de todos os membros do espaço de cowork são indivíduos e, embora possa ser ótimo não ter mais um chefe de microgerenciamento por cima do seu ombro, trabalhar constantemente sozinho pode ser um negócio isolado.

Um bom escritório compartilhado ou ambiente de coworking conecta você com outras pessoas que pensam como você (sem política) e oferece muitas oportunidades de networking; você será capaz de sentir a energia de uma comunidade forte assim que entrar pela porta. Fique atento aos escritórios com um calendário social e eventos em grupo, como bebidas às sextas-feiras ou aulas na hora do almoço. O tênis de mesa também ajuda.

Nasia, membro do Coworking Webtrends, uma designer gráfica de 26 anos, disse: “A localização era importante para mim inicialmente, mas as pessoas são o que me faz voltar. Estar cercado por criativos divertidos, enérgicos e inspiradores é ótimo para minha produtividade - e todos eles têm ótimos conselhos de freelancer! ”

 

Uma equipe igualmente forte

Em qualquer escritório, uma boa cultura começa do topo. Em um escritório de coworking, tudo começa com a equipe - também conhecidos como gerentes de comunidade. Como afirma officernd , “a hospitalidade é o alicerce essencial dos escritórios de coworking”. Um rosto sorridente e uma saudação calorosa atrás da recepção definirão o tom do seu dia, e uma equipe forte promoverá boa energia e conexão dentro da comunidade de coworking.

O Gerente de Marketing do Beework Jo, disse: “Eu amo o CoWorking. Principalmente pelas pessoas e flexibilidade. Eu fico rodeado e trabalho com muitas pessoas de diferentes setores. É inspirador e interessante porque você nunca sabe quem vai conhecer. Fazer parte de uma comunidade como essa definitivamente ajudou a aumentar minha rede e fiz alguns bons amigos. Existem tantas possibilidades para você e para os outros ao fazer parte de um escritório de coworking como este. ”

 

Mantenha a conveniência

Com tantos locais de coworking ao nosso alcance - ou a uma curta distância, se você tiver sorte - a conveniência é fundamental. Isso inclui:

Localização Procure por espaços compartilhados em um local acessível com muitas opções de transporte público nas proximidades. Se você aderir ao Beework, a proximidade de bares e restaurantes também deve ser considerada.

Preço Se você está trabalhando para si mesmo - ou apenas começando - ser frívolo com as finanças não é uma opção. Claro, uma decoração digna do Instagram e bebidas gaseificadas sofisticadas na torneira são legais - mas será que elas realmente justificam pagar centenas a mais por mês?

Instalações Estamos falando de cozinhas, chuveiros, wi-fi e muito mais; há muitas variações por aí - portanto, faça pesquisas para ver quais instalações de escritório são mais importantes para você.

O membro e empresário do Coworking Webtrends, de 35 anos, disse: “Eu não queria sentar em um café ou trabalhar em casa. Aqui há ótimas instalações, um ótimo grupo de pessoas, os gerentes de comunidade são solidários, é econômico e você consegue seu próprio endereço comercial. O que há para não gostar, realmente? "

O marketing digital é uma ótima opção para qualquer negócio. Na Webtrends, usamos o marketing digital para ajudar todos os tipos de negócios a crescer - de lojas familiares a universidades reconhecidas internacionalmente e muito mais. Essa é a beleza da publicidade online. Se você sabe quem deseja atingir, você pode usar o marketing digital para atingir qualquer pessoa, em qualquer lugar.

No entanto, dito isso, certos tipos de negócios se beneficiarão mais com certos tipos de publicidade digital. Como uma visão geral rápida, vamos dar uma olhada em quais estratégias tendem a funcionar melhor para empresas business-to-consumer (B2C) e business-to-business (B2B):

 

EMPRESAS B2C

De modo geral, as empresas B2C têm preços muito mais baixos do que suas contrapartes B2B. Afinal, pode ser um pouco difícil vender uma broca de R$150.000 (acredite, eles existem) para uma mãe apressada. Mas um par de calças infantis de R$10? É uma venda bastante direta.

A boa notícia é que, como as empresas B2C não estão tentando vender produtos ou serviços incrivelmente caros, elas não precisam de grandes equipes de vendas ou complicados funis de marketing. Tudo o que eles precisam fazer é apresentar seus produtos ou serviços ao público certo com a mensagem certa e o resto deve cuidar de si mesmo.

Como resultado, o objetivo principal da maioria das empresas B2C é fazer com que as pessoas entrem em seu funil de marketing e por meio dele. Por exemplo, se você conseguir colocar aquela mãe preocupada no site de roupas de seus filhos e oferecer a ela um negócio interessante, há uma boa chance de que ela compre hoje. Você não precisa construir muito conhecimento da marca ou confiança antes de fechar uma venda.

Com isso em mente, as empresas B2C costumam ver ótimos resultados de canais de marketing de funil superior, como marketing de mídia social ou publicidade social paga. Esses canais fazem um ótimo trabalho ao apresentar sua empresa a clientes em potencial que, de outra forma, talvez não soubessem que você existe.

Agora, complementar com outras estratégias de marketing digital como pesquisa paga ou SEO é sempre uma boa ideia, mas se você tiver que escolher um canal para começar, publicidade social paga ou gestão de mídias sociais são ótimas opções para B2C.

 

EMPRESAS B2B

Em contraste, a pesquisa paga é uma ótima opção para empresas B2B . A maioria das empresas B2B tem públicos de nicho muito específicos que podem ser difíceis de atingir usando a mídia social. No entanto, se você vende brocas de R$ 150.000 e alguém pesquisa "fabricante de brocas de perfuração para petróleo com ponta de diamante", você deseja ser o primeiro resultado que eles veem. Sim, você pode pagar mais por seu clique do que pagaria com publicidade social paga, mas com um preço de R$ 150.000, é um dinheiro bem gasto.

Além disso, a maioria das empresas B2B tem um ciclo de vendas muito mais longo e envolvido do que as empresas B2C. Se você está vendendo uma broca de R$150.000, a maioria das pessoas provavelmente não vai ao seu site, liga para você e diz “Eu quero uma”. Como resultado, estratégias de longo prazo, como marketing de conteúdo ou marketing por e-mail, costumam ser necessárias para fechar um negócio.

É claro que a combinação certa de táticas de marketing digital varia de setor para setor e business-to-business, mas simplesmente comparar o B2C ao B2B deve ajudá-lo a ter uma ideia de como diferentes estratégias podem ser melhores para determinados negócios. Nem toda estratégia é certa para todos os negócios, mas com um pouco de tentativa e erro, você deve ser capaz de identificar a abordagem mais lucrativa para sua empresa.

Mais em: Agência Digital