Saltar para o conteúdo

Apresentado como um tratamento de rejuvenescimento, o facial de radiofrequência permite apertar a pele do rosto sem a necessidade de passar por cirurgia, conseguindo um efeito lifting que perdurará por várias semanas.

Usos e benefícios da radiofrequência facial

A radiofrequência utiliza radiação eletromagnética que é capaz de penetrar na pele, aquecendo o tecido subcutâneo até atingir 40 graus. Tudo isso faz com que as fibras de colágeno e elastina possam contrair e estimular a produção de novas fibras em um efeito conhecido como colastrinaresultando em uma pele com menos rugas.

A radiofrequência facial é capaz de recuperar a elasticidade do passado na pele da nossa face, rejuvenescendo os tecidos cutâneos da raiz. Este resultado é devido ao efeito vasodilatador do calor em si, o que pode favorecer a contribuição dos nutrientes que o nosso corpo requer.

Este resultado pode durar entre aproximadamente três e seis meses, por isso é necessário realizar sessões periódicas.

Com a radiofrequência facial também é possível acelerar a perda de gordura , sendo um tratamento mais eficaz para minimizar a flacidez ou a presença inestética de rugas.

Para realizar este tratamento, utiliza-se um gerador de energia de radiofrequência com uma cabeça que é aplicada diretamente na área após o uso de um creme.

Da mesma forma, antes de iniciar o tratamento, a fim de eliminar a gordura acumulada na superfície da pele ou sujeira que poderia impedir o tratamento em si, uma limpeza facial completa é realizada. A pessoa pode experimentar uma sensação agradável de calor.

O gerador de energia de radiofrequência é aplicado à área envelhecida com um gel, gerando altas temperaturas, como mencionado acima.

Dependendo do tratamento que você precisa, para os usos da radiofreqüência facial você pode usar tipos muito diferentes de equipamentos, como, por exemplo, um toner anticelulite, massageadores, estimuladores e tonalizadores faciais.

Os resultados que podem ser obtidos com esses dispositivos são refletidos tanto na derme quanto na epiderme, enquanto na camada celular subcutânea é menos frequente.

Quando os tecidos atingir a temperatura adequada é alcançada a contração imediata da própria pele , remodelação de fibras de colágeno existentes na colastrina, os fibroblastos estimulação, capaz de gerar novas fibras de colagénio e aquecimento do tecido adiposo.

Não devemos esquecer que a colastrina é um ingrediente fundamental para oferecer maciez e firmeza à pele. É uma proteína contida na pele que se deteriora com o tempo, especialmente após os 30 anos de idade. Esta proteína está localizada entre a epiderme e os próprios músculos, constituindo 30% da proteína total do corpo humano, de modo que a sua presença é essencial para a condição da pele, tanto o rosto e corpo. Para compensar sua perda, devemos oferecer uma contribuição complementar para melhorar nossa saúde da pele.

Por outro lado, é essencial aumentar a produção de colastrina , que será ideal para manter a estrutura da pele. É muito importante mantê-lo flexível e em perfeitas condições, já que uma diminuição nos níveis de elastina pode levar ao envelhecimento da pele.

Quando a nossa pele recebe uma contribuição desta proteína, a aparência do nosso rosto melhora notavelmente, dando origem a uma pele muito mais elástica e resistente.

O que você acha da radiofrequência facial para melhorar a saúde e a estética de sua pele? Anime-se e conte-nos a sua experiência. Nós amamos ouvir a sua opinião.

Conhecer as maiores clínicas do Brasil é fundamental para garantir a melhor assistência médica. Nelas, a população pode ter acesso a equipes de altíssima qualidade, tecnologia de ponta e um excelente atendimento.

Sem dúvida, elas são uma referência no quesito de assistência médica em todo o território nacional. Diante da importância desse tipo de serviço, ao longo deste post serão listadas as principais clínicas de saúde do país.

Assim, ao terminar a leitura, você poderá conhecer melhor todas as opções de clínicas que estão disponíveis para atender a todas as suas necessidades. Confira e analise qual o melhor serviço de assistência médica:

Docctor Med

Docctor Med é considerada como uma das maiores clínicas do Brasil, com centros médicos localizados em 15 estados brasileiros. Através deles, os usuários têm acesso a um atendimento médico-hospitalar de alta qualidade, por um preço acessível em todas as consultas.

Nas clínicas da Docctor Med o paciente tem acesso a mais de 20 especialidades médicas. Assim como, pode realizar exames nas mais variadas áreas por meio dos seus modernos laboratórios e centros de diagnose.

São essas e outras razões, que fazem com que essa clínica seja considerada referência em todo o território nacional.

Clínica Infinita de Diagnóstico

Clínica Infinita é uma das clínicas de diagnóstico por imagem que mais tem crescido nos últimos anos. Atualmente, ela possui unidades em estados brasileiros localizados na Região Norte e Centro-Oeste do país.

Todas as unidades da Infinita, são compostas por médicos radiologistas renomados. Assim como, por uma infraestrutura ampla e completa ideal para a realização de exames nas áreas de:

  • Ressonância magnética
  • Tomografia computadorizada
  • Mamografia
  • Raio-x
  • Ultrassonografia
  • Densiometria óssea

Nos últimos anos, a clínica tem ganhado importantes prêmios no segmento sendo considerada referência pela alta qualidade dos serviços médicos prestados. Além disso, também foi reconhecida por ser uma empresa excelente para trabalhar.

Integra

Clínica Integra é uma das maiores clínicas do Brasil no segmento da área de medicina multidisciplinar. Atualmente possui uma ampla rede, composta por 48 unidades de saúde, distribuídas principalmente em toda a cidade  de São Paulo.

Ao ser atendido em qualquer uma das clínicas da Rede Integra, o paciente tem acesso a uma ampla variedades de tratamentos e especialidades médicas. Além disso, receberá um atendimento humanizado e de qualidade em qualquer uma das unidades da clínica.

Mas, o grande destaque da Integra são os preços populares das suas consultas. Isso permite que pessoas de baixa renda, tenham acesso a uma assistência médica de alta qualidade.

Clínica Asonet

Asonet é uma clínica de medicina do trabalho que está presente nesse segmento, há mais de 20 anos. Por meio dela, são realizados atendimentos médicos e diagnósticos de alta precisão na área de saúde ocupacional.

Vale a pena destacar, que essa clínica possui uma moderna e completa infraestrutura, apta para realizar diversos tratamentos referentes a saúde do trabalho.

Com o intuito de levar a qualidade da Asonet para todo o país, recentemente a empresa aderiu ao modelo de franquia. Por essa razão, é possível encontrar uma de suas clínicas nos mais variados pontos do território nacional.

Partmed

Com mais de 13 anos no mercado, a Partmed é hoje uma das maiores clínicas do Brasil. Presente nas mais diversas cidades brasileiras, essa clínica médica presta uma assistência médica considerada de excelência a todos os seus pacientes.

Dispõe de um corpo médico formado por especialistas de várias áreas, aptos para prestar um atendimento humanizado e de qualidade. Ademais, a clínica possui uma infraestrutura moderna, garantindo o conforto dos usuários ao longo do tratamento.

Vale a pena destacar, que os preços cobrados pelas consultas nessa clínica são acessíveis a população carente. Sendo também, uma das principais marcas dessa instituição em todo o país.

Ao longo do post  você pode conhecer quais são as maiores clínicas do Brasil, como também os seus principais diferenciais. Apesar de atuarem em segmentos diferentes, elas possuem um ponto em comum: a excelência do atendimento médico-hospitalar.

Por essa razão, caso você necessite de algum tratamento médico, não hesite em procurar uma dessas clínicas. Sem dúvida, sua saúde estará em mãos de profissionais capacitados e você irá receber o tratamento que merece.

Saúde é uma das necessidades básicas de qualquer cidadão. Ser bem atendido e ter um serviço de saúde com qualidade é algo essencial para a qualidade de vida de cada pessoa, e foi pensando nisso que em 1954 surgiu a Santa Casa de Maringá, criada como entidade filantrópica por pessoas com valores cristãos e humanitários.

Sua preocupação está em manter o bem estar físico e espiritual de cada cidadão e cuidar da melhor forma dos enfermos.

No começo, em 1954, a Santa Casa de Maringá tinha apenas um ambulatório com dez leitos. Posteriormente chegou o primeiro arcebispo de Maringá, Dom Jaime Luís Coelho.

Após sua chegada, foi iniciado um intenso e longo processo de construção e desenvolvimento de estrutura física e de pessoal, que ocorre até os dias atuais.

Em 1970, Dom Jaime passou a administração do hospital para os Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora, devido a dificuldades financeiras e falta de recursos necessários para manter as obras e o hospital em funcionamento.

Atualmente a Santa Casa de Maringá conta com 260 leitos e se tornou o hospital de referência para a população da cidade e de toda a região.

Hoje, a Santa Casa de Maringá ainda é administrada pelos Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora, que contam com uma capacitada equipe de gestores composta por superintendente, gestores de áreas, gerentes, supervisores, coordenadores, técnicos, administrativos e funcionários das demais áreas do hospital.

A Santa Casa atende a comunidade em parceria da gestão pública nas esferas Federal, Estadual e Municipal. Mais de 60% dos leitos são destinados para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Dessa forma, com a parceria público-privada, o hospital oferece benefícios para a população.

A missão da Santa Casa de Maringá é cuidar das pessoas, promovendo saúde e bem-estar e sendo guiados por princípios cristãos. Sua visão é ser reconhecida pela excelência na prestação de serviços na área da saúde. E seus valores são amar ao próximo, respeito, ética, transparência, qualidade e responsabilidade social e ambiental.

Estrutura

A Santa Casa de Maringá conta com uma estrutura composta por: pronto Atendimento Adulto e Infantil, diagnóstico por imagem, laboratórios, hemodiálise, oncologia, imunoterapia, centro cirúrgico, maternidade (ala Maria Auxiliadora), pediatria (ala Menino Jesus), ala Nossa Senhora de Fátima, ala São Roque, ala São José, ala São Lucas, ala Santo Agostinho, UTI adulto, neonatal e pediátrica, centro de especialidades médicas (CEM), auditório Dom Jaime Luiz Coelho e Capela.

Serviços

A Santa Casa de Maringá oferece os seguintes serviços: serviço de diagnóstico por imagem, assistência espiritual hospitalar, CEM (centro de especialidades médicas), laboratório, recepção de internações e visitas, pronto atendimento adulto e infantil, maternidade, hemodiálise, UTI adulto, neonatal e pediátrica, pediatria, centro cirúrgico, oncologia, imunoterapia, fisioterapia, psicologia, serviço social, neurocirurgia, transplantes, visita técnica, guia médico e serviço de controle de infecção hospitalar.

Santa Casa de Maringá tem o melhor para oferecer para toda a comunidade, com qualidade no serviço e atendimento. Prezando sempre pela sua saúde e bem estar.

Quando o assunto é bronzeamento, os especialistas advertem: pele queimada não é saudável. Seja ele natural ou artificial, esse procedimento acarreta danos à saúde, provocando também o envelhecimento precoce da pele.

Os raios UVA, emitidos pelo sol ou por câmeras de bronzeamento, atingem a pele profundamente, alterando o DNA e as suas fibras. Isso pode provocar manchas e perda da elasticidade.

Em 2009, a ANVISA proibiu as câmeras de bronzeamento artificial, porque a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer levantou evidências dados que os raios ultravioletas causam malefícios à saúde.

Quais as opções de bronzeamento são seguras?

Para as mulheres que desejam ter uma cor dourada durante todo o ano, existem no mercado algumas alternativas que são mais saudáveis e seguras. Sem precisar se expor ao sol ou aos raios de câmera de bronzeamento.

Entre as opções que são utilizadas para o bronzeamento a jato, realizados em clínicas especializadas, muitos autobronzeamentos podem ser feitos em casa.

Esses processos de bronzeamento artificial são mais seguros porque os pigmentos se fixam na camada superficial da pele. Com isso, não envolve radiação ultravioleta. Veja as opções de bronzeamentos mais saudáveis:

Autobronzeamento

Segundo os dermatologistas, os autobronzeadores são considerados mais saudáveis. Eles são encontrados em creme ou spray, contendo pigmentos específicos e podem ser aplicados em casa.

É recomendado que seja feita uma esfoliação nas áreas mais grossas, como cotovelos e joelhos, antes de aplicar o produto. Assim, o bronzeamento fica uniforme. Mas lembre-se, antes de usar esses produtos é necessário fazer um teste para ver se você tem alergia.

Bronzeamento a jato

Outra opção de bronzeamento saudável é o a jato. Porém, não é possível realizar esse procedimento em casa. É importante que a pessoa que irá fazer o bronzeamento a jato procure um profissional que saiba manusear o aparelho.

Esse tipo de bronzeamento dura, em média, 7 dias. Ele pode ser feito em qualquer tipo de pele. A única contraindicação é para pessoas com dermatites ou alguma outra doença de pele.

Dicas para ter um bronzeamento saudável

Para as mulheres que não abrem mão do bronzeamento, elas devem ter o cuidado de utilizar métodos que não usem a radiação ultravioleta. No entanto, para as que não abrem mão de tomar sol, é necessário ficar atento a algumas dicas para ter um bronzeamento saudável:

  • Use sempre um protetor fator 30 ou mais, nunca menos. Se preferir, pode utilizar bronzeadores ao mesmo tempo;
  • Procure tomar sol antes das 10 horas e após às 16 horas;
  • Locais como o rosto, colo e mãos devem recebem proteção maior;
  • Alimentos ricos em vitamina C, E, luteínna e licopeno preparam melhor a pele para receber o bronzeamento. Além disso, eles evitam danos solares as células;
  • Dietas a base de frutas e legumes como mamão, cenoura, brócolis, pimentão, abóbora e outros também ajudam a manter um bronzeamento saudável;
  • É importante procurar um dermatologista para orientá-lo a como ter um cuidado a mais com a sua pele.

Gostou das dicas de bronzeamento?

Ter gota aumenta o risco de um homem para a disfunção erétil (DE) .

A gota é uma forma muito dolorosa de artrite que normalmente afeta os pés, joelhos, punhos e cotovelos. As articulações podem ficar rígidas e inchadas. Os sintomas podem ser intermitentes. Um paciente pode ter um ataque de gota por alguns dias e, em seguida, passar vários meses antes de ter outro. A gota é geralmente tratada com medicação.

O culpado por trás da gota é um acúmulo de ácido úrico, uma substância formada quando o corpo processa as purinas, que são encontradas nos tecidos do corpo e em alimentos como frutos do mar e feijões secos.

Normalmente, o ácido úrico sai do corpo com urina. Mas às vezes, o corpo não filtra o ácido úrico adequadamente. Ou, uma pessoa pode consumir muitos alimentos que contenham purinas. Em qualquer caso, o ácido úrico se acumula, formando cristais afiados que se instalam nas articulações. O resultado é gota.

Estudos mostraram que a disfunção erétil é comum em homens com gota. A gravidade do DE tende a ser pior nesses homens também.

O que a gota tem a ver com as ereções de um homem? Alguns especialistas acreditam que o excesso de ácido úrico pode danificar o revestimento interno dos vasos sanguíneos, incluindo os do pênis. Quando isso acontece, é mais difícil que o sangue flua para o pênis quando o homem está sexualmente excitado. E sem fluxo sanguíneo suficiente, uma boa ereção não pode ocorrer.

Os homens com gota devem informar ao seu médico se começam a ter problemas com ereções. Felizmente, há uma variedade de  tratamentos disponíveis.

Casos de Remoção de Glândulas Paratireoides

Pode haver uma conexão entre a disfunção erétil (DE) e as glândulas paratireoides, dizem os pesquisadores.

Essas glândulas estão localizadas perto da glândula tireoide. Eles produzem hormônio da paratireoide (PTH), que ajuda o corpo a processar o cálcio.

Quando as glândulas produzem muito PTH, haverá muito cálcio no sangue (hiperparatireoidismo). Isso pode levar a pedras nos rins e redução da densidade óssea. Às vezes, uma ou mais glândulas precisam ser removidas cirurgicamente em um procedimento chamado paratireoidectomia.

Recentemente, uma equipe de cientistas da Universidade de Pittsburgh questionou se as glândulas paratireoides poderiam estar ligadas à disfunção erétil. Eles analisaram os registros médicos de 160 homens que tiveram as glândulas removidas devido ao hiperparatireoidismo. De acordo com questionários médicos, 21 homens tiveram DE antes da cirurgia.

Seis meses após a cirurgia, 14 homens não relataram ED no questionário.

É importante notar que este estudo foi muito pequeno. Os resultados não sugerem que a remoção das glândulas paratireoides seja um tratamento para disfunção erétil.

Além disso, as chances de ED aumentam à medida que os homens envelhecem. Neste estudo, os homens com disfunção erétil foram, em média, cerca de 12 anos mais velhos que os homens sem disfunção erétil.

Ainda assim, os resultados apontam os pesquisadores de ED em uma nova direção. Mais estudos poderiam nos dizer muito mais.

Os resultados foram apresentados em maio na reunião anual da Associação Americana de Cirurgiões Endócrinos, realizada em Nashville.  Para saber mais, visite https://www.treinart.com.br/como-nao-gozar-rapido/