Tudo sobre a história da saúde pública no Brasil

A história da saúde pública no Brasil passou por inúmeras mudanças ao longo dos anos, sendo a maioria delas derivadas da luta entre a população e os interesses políticos e econômicos do estado.

Hoje, o sistema único de saúde é considerado uma das maiores conquistas da população, mas são poucas as pessoas que reconhecem esse mérito. Diante disso, ao longo deste post serão apresentados alguns dos acontecimentos que mudaram o rumo da política de saúde no país.

saude publica

Breve história da saúde pública: período da república

A história da saúde pública teve como principal marco as campanhas de saúde sanitaristas idealizadas pelo médico Oswaldo Cruz. O objetivo dessas ações era impedir que as doenças e epidemias das regiões portuárias, afetassem as exportações do país e a capacidade produtiva dos trabalhadores dessas áreas.

Nesse período, também ocorreu a Revolta da Vacina que foi um ato popular contra a obrigatoriedade da vacinação contra a varíola, principal epidemia que assolava a população brasileira na época.

Surgimento das primeiras caixas de aposentadoria e pensão

Até meados da década de 1920, o sistema de saúde do país ainda era deficiente e informal. A classe trabalhadora cumpria uma carga horária exaustiva de trabalho, sem nenhum tipo de cobertura médica em casos de acidente.

Esse contexto culminou com o surgimento da Lei Elói Chaves, em 1923, por meio dela, foram criadas as Caixas de Aposentadoria e Pensão. Elas eram mantidas e administradas pelas empresas, que ofereciam serviços médico-hospitalar a todos os funcionários e seus dependentes.

 

Política de saúde na Erva Vargas

Um dos grandes marcos da política de saúde aconteceu durante a Era Vargas. Quando, em 1930, em uma tentativa de aumentar o controle sobre a população e as ações que eram dirigidas à ela, foi criado o Ministério da Educação e Saúde.

Esse órgão passou a ser o responsável por tomar as medidas para o controle sanitário. Ainda nesse período, ocorreu a substituição das CAPS pelos IAPs (Institutos de Aposentadoria e Pensão), que garantia a assistência médica e a licença-maternidade às pessoas com vínculos empregatícios.

 

História da saúde pública: Lei Orgânica

A Lei Orgânica da Previdência Social marcou a história da saúde pública no país ao unificar, em 1960, todos os IAPs que passaram a seguir um único regime. No entanto, isso só foi acontecer de fato depois do golpe militar, com a criação do Instituto Nacional da Previdência Social (INPS).

Como a demanda por assistência médica era cada vez maior, a rede pública não era capaz de suprir essa necessidade da população. Nesse momento, começaram a se intensificar os repasses de verbas do INPS para a rede privada, o que acarretou na construção de grandes conglomerados hospitalares.

Para controlar esses repasses, foi criado o Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS). Enquanto isso, as ações da saúde pública continuavam sendo meramente médico-curativo, ou seja, focado na doença e pouco na prevenção.

 

Década de 1980: movimento sanitarista e 8ª Conferência Nacional de Saúde

A saúde pública obteve grandes avanços na década de 1980. Nesse período o movimento sanitarista atuou fortemente na garantia do direito da população a um sistema de saúde democrático.

Também foi a responsável por incentivar a implantação de um novo conceito de saúde, nas políticas de saúde pública do país. O ponto ápice do movimento sanitarista foi a realização da 8ª Conferência Nacional de Saúde em 1986.

Essa conferência teve a participação da sociedade civil e dela resultou no esboço da construção de um novo modelo de saúde pública para o país, o Sistema Único de Saúde.

CONSTITUIÇÃO DE 1988

É por meio da Constituição Federal de 1988 que a saúde passa a ser estabelecida como “direito de todos e dever do estado” tornando acesso aberto socialmente a oportunidade de atendimento médico. É com base no tripé da descentralização, integralidade e da participação popular que se constitui o Sistema Único de Saúde (SUS).

Ele tem como principal objetivo o desenvolvimento de ações de prevenção de doenças, promoção, recuperação e reabilitação da saúde de toda a população do país, independente de ter vínculo empregatício.

Ao longo desse post você pode conhecer os principais marcos da história da saúde pública no Brasil, que culminaram na criação do atual sistema de saúde SUS. Ficou alguma outra dúvida sobre nossa contextualização? Deixe essa dúvida aqui nos comentários!

3 maneiras de se exercitar em qualquer lugar social

Combine exercício ao ar livre com o apoio de um parceiro ou grupo, e você terá um benefício triplo de boa saúde. Fazer atividades divertidas que você pode fazer com um grupo ou um parceiro.

Exercícios regulares em qualquer lugar

Em qualquer lugar, a qualquer hora – podem fazer maravilhas pela sua saúde física e mental. Tirar sua rotina do lado de fora acrescenta um impulso adicional à saúde por passar o tempo na natureza. Combine esse exercício ao ar livre com o apoio social de um parceiro ou grupo, e você terá um benefício triplo de boa saúde. E fazer logo um exercício pela manhã aumenta sua produtividade do dia, então tome o pequeno almoço com o Fórmula 3 Herbalife a vá para sua atividade.

De fato, o estudo, publicado no Journal of Sports and Exercise Psychology, avaliou os participantes que realizaram uma série de conselhos, tanto sozinhos quanto em grupo. As pessoas que trabalham no grupo aumentaram o tempo de administração em 24%!

Com esses tipos de resultados, você pode realizar três atividades com um grupo ou parceiro:

1. Bootcamp ao ar livre

O Bootcamp é um treinamento intensivo de uma hora para todo o corpo que combina treinamento de força e um sistema cardiovascular intensivo com muito pouco descanso entre as séries.

Classes Bootcamp variam dependendo do instrutor e do objeto. Você pode usar pesos, pneus, sacos de areia, trenós, pesos e / ou pesos. O ambiente do grupo cria uma parceria e fornece o apoio necessário: se você sentir que está deitado no chão, alguém o incentivará a continuar em movimento.

2. Treinamento ABC

Abreviação de Athletic Body Conditioning, o ABC combina treinamento com pesos, levantamento de peso e movimentos coreográficos usando um passo e outros equipamentos simples. É altamente energético e muito estilizado, com treinamentos que dependem muito da música de impulsos, ritmo e resultados. Ele enfatiza a importância de alongar, desenvolver músculos, criar um núcleo forte e estável e melhorar a coordenação. Talvez o mais importante, o treinamento ABC é divertido, bem arredondado, faz bem a saúde e eficaz!

3. Junte-se a um grupo

Você já passou por um grupo de corredores no caminho para a academia? Por que eles não se juntam? Você conhecerá novas pessoas, aprenderá novas rotas e se divertirá mais do que assistirá TV na esteira.

A influência do grupo pode levá-lo a empurrar o ritmo ou executar uma rota montanhosa que você poderia evitar. Você está preocupado em deixar para trás? Não seja. Muitos clubes têm uma política de “não-descartes”, o que significa que a rota designou locais de reagrupamento ou líderes que se certificaram de que todos os corredores têm uma empresa.

cirurgia-plastica-intima

Cirurgia íntima, mais do que um capricho

Cirurgia íntima, mais do que um capricho

A cirurgia íntima pode parecer algo que apenas estrelas de cinema fazem, no entanto, é feito mais cirurgias íntimas do que se falam. Ainda existe um tabu para falar da cirurgia plástica íntima, a grande maioria das mulheres que passaram por essa cirurgia não comenta e não divulga que foi feito mesmo as que ficam extremamente satisfeitas com o resultado.

A moda da depilação completa fez com que muitas mulheres se sentissem mais conscientes de sua área íntima e dos possíveis problemas estéticos dessa zona. Um dos mais comuns é o fato de os pequenos lábios se projetarem e ficarem de fora, sendo visíveis fora dos lábios maiores.

Este problema pode ser corrigido facilmente, com uma operação que retira a pele excedente dos pequenos lábios, reduzindo seu tamanho e tornando-os esteticamente mais bonitos. Tudo isso sem internação e com um pós-operatório muito simples. Mas não podemos esquecer de salientar que é muito importante procurar por um cirurgião plástico Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Ter uma boa vida sexual é importante para muitas mulheres que, sofrendo um forte complexo nessa área, acabam tendo problemas em sua vida íntima. Intervenções estéticas podem ser uma grande ajuda para alcançar a aparência exigida e oferece total segurança às mulheres.

cirurgia-plastica-intima

Cirurgia íntima: lábios que criam complexos

Embora os pequenos lábios sejam os que criam os maiores complexos nas mulheres, devido ao fato da pele ficar aparente,  também pode acontecer que os grandes lábios causem insatisfação. Ou porque são muito grandes, muito pequenos ou porque não são simétricos.

É possível corrigir o tamanho desses lábios e dar-lhes forma para tornar a parte externa da área íntima muito mais bonita e regular. Estas intervenções cirúrgicas de aumento ou redução íntima são conhecidas pelo nome de labioplastia.

Comum também é a lipoaspiração na área pubiana, exatamente no monte pubiano, que deixa essa parte muito visível quando é colocado um biquíni ou uma calça mais justa, o que incomoda muito a mulher, causando inclusive problemas de auto estima.

Cirurgia íntima: hímen, algo que não se fala

Nestes tempos, pode parecer que o hímen não é mais de grande importância, mas isso não acontece em certos setores da sociedade. É por isso que algumas mulheres procuram as clínicas de cirurgia intima, para reconstruir o seu hímen. A procura desse tipo de cirurgia pode ser por diversas causas.

O hímen não é apenas rompido ao fazer sexo, pode ser rompido praticando esporte, por uma queda e assim por diante. Sua reconstrução é realmente simples e há muito mais casos de garotas que passam por essa técnica do que se acredita.

Chimarrão Benefícios

chimarrao beneficios

Conheça alguns Benefícios do chimarrão

Atualmente o chimarrão vem ganhando força fora do Rio Grande do Sul por seus inúmeros benefícios para a nossa saúde.

Você já pode ir colocando a água para ferver. Uma pesquisa apontou que o chimarrão faz bem para o coração e ainda combate várias outras doenças. Ele possui três vezes mais polifenois que o chá verde. A erva usada para o preparo do chimarrão contém propriedades fisiológicas, medicinais e nutricionais. É considerado um alimento quase completo, pois contém cerca de 80% de todos os nutrientes necessários ao nosso organismo.

Mas o que é chimarrão?

O chimarrão ou também conhecido como mate é uma bebida por essência basicamente e exclusivamente característica do Sul do Brasil, também um hábito deixado pelos indígenas quíchuas, aimarás e guaranis. É considerado um hábito fortemente difundido no sul do Brasil, principalmente no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, parte da Bolívia, Chile, Uruguai, Paraguai e Argentina.

Confira os benefícios da erva

  • É um estimulante mental que atua nos músculos e nervos;
  • Faz um excelente trabalho na regeneração celular;
  • Rejuvenesce a pele;
  • Diurético;
  • Regula a respiração;
  • Ajuda o sistema digestivo;
  • Auxilia o funcionamento dos rins;
  • Diminuição do colesterol;
  • Ação antioxidante e anti-inflamatória;
  • Fortalece o coração;
  • Ajuda o sistema nervoso;
  • Auxilia o tratamento de pessoas em estado depressivo;
  • Possui grandes quantidades de vitamina E que ajuda nas funções sexuais;
  • Ajuda no emagrecimento;
  • Aumenta expectativa de vida.

Se você ficou animado com todos os benefícios do chimarrão traz para as nossas vidas, não se esqueça de que a água a ser utilizada nunca pode ser fervida. A água fervente pode causar câncer de boca e de esôfago, seguindo essa regrinha básica, é só desfrutar dessa deliciosa bebida e seus benefícios.

Apesar de ser uma bebida diurética, ela não substitui a ingestão de água pura, apenas ajuda o seu corpo a eliminar o excesso de líquidos retidos. O chimarrão não hidrata o seu corpo. Lembre-se de que o consumo de água dever ser de dois litros, no mínimo, diariamente, assim você mantém todos os órgãos do seu corpo funcionando saudavelmente.

Apesar de ser uma bebida deliciosa (para os sulistas), vale lembrar que o chimarrão não pode de maneira alguma ser substituído pelo consumo de água, por ser uma bebida diurética, ou seja, ele auxilia o corpo na eliminação de líquidos e por esse motivo o chimarrão não hidrata o organismo. Lembrando que o consumo de água deve ser de cerca de dois litros por dia para um funcionamento saudável dos órgãos.

Tomando um chimarrão

Tomar um chimarrão significa hospitalidade e amizade e por isso a cuia é compartilhada com amigos e familiares.

O ato de preparar o chimarrão tem várias maneiras de ser chamado:cevar o mate, fechar o mate, enfrentar o mato, tê ou amargo.

Se você fizer um chimarrão e chamar alguém para dividir a sua cuia,poderá utilizar as seguintes expressões:

  • Vamos matear?
  • Vamos gervear?
  • Vamos chimarrear?
  • Vamos verdear?
  • Vamos amarguear?
  • Vamos apertar um mate?
  • Vamos tomar mate ou um mate?
  • Vamos tomar um chimarrão?
  • Que tal um mate?

Seja qual for a ocasião ou a expressão que usar para degustar um chimarrão, lembre-se que a bebida é totalmente benéfica para a nossa saúde, além de nos unir aos amigos e familiares, trazendo assim os benefícios sociais e psicológicos.